Megadeth: David Ellefson revela como consegue seguir na banda até hoje

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Ver Acessos

David Ellefson voltou ao Megadeth em 2010 como funcionário assalariado, diferente de sua primeira passagem, entre 1983 e 2002. Em trecho de seu novo livro, "More Life With Deth" (ainda sem lançamento nacional), apresentado pelo Blabbermouth, o músico falou sobre como foi a sua sequência na banda, bem como o porquê de ter durado tanto tempo no grupo, que é conhecido pela rotatividade de integrantes.

Megadeth: veja vídeo de Nick Menza tocando In My Darkest Hour em 2014Megadeth
Veja vídeo de Nick Menza tocando "In My Darkest Hour" em 2014

Antes da fama: Atores que apareceram em clipes do Korn, Offspring, Aerosmith e outrosAntes da fama
Atores que apareceram em clipes do Korn, Offspring, Aerosmith e outros

De início, Ellefson relembrou do primeiro convite feito pelo líder do Megadeth, Dave Mustaine, para voltar à banda em 2004. A formação havia sido desmanchada em 2002, mas Mustaine retornou dois anos depois com outros músicos.

"Assim que Dave retomou com 'The System Has Failed' (álbum de 2004), ele me ligou e falou sobre voltar com ele no comando. Ele foi muito claro. E, no momento, tivemos divergências e não voltamos a tocar juntos. A maior parte disso foi financeira. Eu sabia que poderia continuar lutando ou... há duas maneiras de vencer em um cabo de guerra: você puxa o cara por cima da corda, ou solta a corda e seu oponente cai de bunda no chão. Nesse caso, você precisa deixar de lado", afirmou.

Um ou dois anos após o início da negociação, David Ellefson desistiu. Porém, em 2010, ele retornou ao Megadeth, só que de outra forma: sem envolvimento com as composições e com os negócios.

"As pessoas me perguntam: 'como você sobreviveu no Megadeth por todos esses anos?'. E a verdade é que eu sei o meu lugar. Eu estava na sala quando montamos a banda. Nenhum dos outros ao longo da jornada estavam lá - exceto o meu amigo Greg Handevidt, que estava no Megadeth por dois meses. A menos que você estivesse naquele quarto quando montamos a banda e sonhamos com tudo, você vai chegar em uma parte da história que já foi contada", afirmou.

Ellefson destacou que Kiko Loureiro, guitarrista brasileiro que integra o Megadeth desde 2015, tem bastante noção de seu lugar na banda. "Kiko é muito consciente disso, especialmente na parte da composição. Ele entende Dave como compositor. O próprio Kiko é um compositor. Ele mesmo diz: 'Dave e eu tocamos o mesmo instrumento, então é mais fácil para eu me comunicar com ele, pois sou um guitarrista, podemos falar uma língua comum'", disse.

Ellefson abriu mão de sua parte

Em entrevista anterior ao site Metal-Rules, David Ellefson disse que abriu mão de sua parte no Megadeth, enquanto sócio-proprietário da banda-empresa, para poder voltar à formação e retomar sua amizade com o vocalista e guitarrista Dave Mustaine.

"Desde o início, sempre fui igualmente um dono. Quando Dave acabou com a banda em 2002, deixamos nossas questões de negócios intactas. Quando voltamos em 2004, nossas discordâncias eram muito mais sobre participação na propriedade da banda. Relações não são estáticas. As pessoas têm essas visões de bandas e eu sei que quando se entra em uma banda, somos uma família, um time, mas cada banda é um negócio próprio, com personalidades e hierarquias em contribuições. Cada uma delas é diferente", afirmou Ellefson.

O músico reforçou, ainda, que não voltou para o Megadeth em 2004 devido a essa discordância com relação à sua função. "Não vou mentir: deixar de ser um co-fundador e me tornar um músico de apoio foi, inicialmente, por que eu não voltei em 2004. Não estava feliz com as participações apresentadas para mim. Recentemente, ao voltar, encontrei prazer em fazer música com outras pessoas que me ajudaram a me apaixonar por isso novamente. Agora, posso voltar a tocar com um propósito e um nível de remuneração", disse.

Ellefson pontuou que "ser um músico de apoio te absolve de estar envolvido em todas as outras coisas". "Nesse ponto da vida, prefiro deixar essas coisas de lado. Isso também me ajuda a manter uma amizade. Para ter uma amizade, tive que desistir de parte da propriedade", afirmou, em clara menção à sua relação com Mustaine.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Megadeth"Todas as matérias sobre "David Ellefson"


Megadeth: veja vídeo de Nick Menza tocando In My Darkest Hour em 2014Megadeth
Veja vídeo de Nick Menza tocando "In My Darkest Hour" em 2014

Em 13/09/1961: nascia Dave Mustaine, líder do MegadethMegadeth: David Ellefson sobe ao palco com Chris Poland e John Bush; veja

Megadeth: Dave Mustaine é valente, diz Kiko Loureiro sobre diagnóstico de câncerMegadeth
"Dave Mustaine é valente", diz Kiko Loureiro sobre diagnóstico de câncer

Kiko em Kaza: Gastão Moreira bate um longo papo com Kiko LoureiroKiko em Kaza
Gastão Moreira bate um longo papo com Kiko Loureiro

Megadeth: Sei onde é o meu lugar, diz David EllefsonMegadeth
"Sei onde é o meu lugar", diz David Ellefson

Em 31/08/1999: Megadeth lançava o polêmico Risk

Resenha - Memórias do Heavy Metal - Dave MustaineResenha - Memórias do Heavy Metal - Dave Mustaine

Megadeth: um disco ao vivo de verdade, sem remendosMegadeth
Um disco ao vivo de verdade, sem remendos

Ídolos imortais: Nick Menza, técnico e carismáticoÍdolos imortais
Nick Menza, técnico e carismático

Megadeth: banda volta aos palcos em 2020 com o Five Finger Death Punch - abrindo?Megadeth
Banda volta aos palcos em 2020 com o Five Finger Death Punch - abrindo?

Megadeth: mais uma cerveja com a marca da banda é lançada; Saison 13Megadeth: David Ellefson e Chuck Behler tocam juntos após 30 anos

Kiko Loureiro: trabalhando em novo disco soloKiko Loureiro
Trabalhando em novo disco solo

Drowned: versão de "Tornado of Souls", do Megadeth

Kiko Loureiro: contando como foi chamado pelo MegadethKiko Loureiro
Contando como foi chamado pelo Megadeth

Megadeth: Mustaine chegou a pensar em procurar outro baixistaMegadeth
Mustaine chegou a pensar em procurar outro baixista

Megadeth: Adler diz que Mustaine é o cara que criou isto tudoMegadeth
Adler diz que Mustaine é o cara que criou isto tudo


Antes da fama: Atores que apareceram em clipes do Korn, Offspring, Aerosmith e outrosAntes da fama
Atores que apareceram em clipes do Korn, Offspring, Aerosmith e outros

Há quem goste: As 10 bandas mais odiadas do universoHá quem goste
As 10 bandas mais odiadas do universo

Max Cavalera: Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nomeMax Cavalera
"Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nome"

Slayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeçaSlayer
Kerry King explica como se deve balançar a cabeça

Total Guitar: os 20 melhores riffs de guitarra da históriaTotal Guitar
Os 20 melhores riffs de guitarra da história

Kiss: filho de Gene Simmons desmistifica paiKiss
Filho de Gene Simmons desmistifica pai

Iron Maiden: fatos estranhos na gravação de The Number Of The BeastIron Maiden
Fatos estranhos na gravação de The Number Of The Beast


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e apaixonado por rock há mais de uma década. Começou a escrever sobre música em 2007, com o surgimento do saudoso blog Combe do Iommi. Atualmente, é redator-chefe da área editorial do site Cifras e mantém um site próprio (www.IgorMiranda.com.br). Também co-fundou o site Van do Halen, para o qual trabalhou até 2013.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336