Nervosa: banda ainda lida com machismo, dos comentários aos nudes inconvenientes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda, Fonte: G1
Enviar Correções  

A vocalista e baixista da Nervosa revelou, em entrevista ao jornalista Braulio Lorentz, do G1, que a banda ainda lida com situações de machismo, mesmo já conquistando uma posição consagrada no cenário do metal extremo, com shows marcados nos festivais Rock in Rio 2019 e Wacken 2020, entre outros. O grupo é integrado apenas por mulheres: além de Fernanda, a formação conta com Prika Amaral na guitarra e Luana Dametto na bateria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A frontwoman da Nervosa destacou que a impressão geral do público está mudando com o tempo. "Antes tinham uns olhares de desconfiança, de espanto, de intimidação vindo de um ou outro da plateia masculina. Com o tempo, isso mudou de forma muito positiva - algo muito mais suave, admirador. Isso é muito bacana", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Porém, as situações de machismo - "enraizado na nossa cultura", segundo Fernanda - seguem ocorrendo. "Vem cara pedindo foto dando beijinho no rosto e eu pergunto brincando se fossem os cara do Slayer ele também ia pedir beijinho. Daí o cara se toca que não faz o menor sentido pedir uma coisa dessa. Como o Slayer, somos musicistas e estamos ali para trabalhar, saca?", disse.

Durante a entrevista ao G1, Fernanda Lira relatou que as integrantes da Nervosa já foram barradas de entrar no próprio camarim, pois os seguranças pensaram que não poderia ser uma banda. Além disso, recebem, frequentemente, instruções técnicas óbvias sobre instrumentos e amplificadores, assunto que, claro, elas dominam como qualquer outro músico profissional.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Porém, as situações mais bizarras vêm da internet. "Vira e mexe, nas redes sociais, recebemos nude e mensagem de cara fazendo pedido estranho, tipo pra tocar descalça para poder ver nossos pés. Ou que pagaria pra ter uma foto da minha bunda. Quando posto foto de short ou biquíni, então, show de horrores nos comentários", afirmou.

Apesar disso, Fernanda Lira disse que as ocorrências de machismo "dá mais força ainda para lutar contra estereótipos e cada vez mais buscar a extinção desse modo tão primitivo de tratar as pessoas".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A Nervosa se apresenta no Rock in Rio 2019 nesta sexta-feira (4), junto de Iron Maiden, Scorpions, Helloween, Anthrax, Slayer e mais. Confira a entrevista, na íntegra, no site do G1.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista exclusiva ao Whiplash.Net, concedida em 2018, a baterista Luana Dametto também falou sobre a questão. Na ocasião, ela comentou que algumas músicas do álbum "Downfall of Mankind" têm letras "puramente feministas, falando dos problemas que muitas mulheres ainda vivem em nossa sociedade".

"Além de sermos mulheres tocando e representando nesse meio, ainda estamos abrindo espaço para que, com a nossa música, se discutam ainda mais essas questões que nos envolvem. Acredito que, sim, o metal ainda está atrasado nesse assunto. Recebemos muitos comentários machistas em cada vídeo novo que lançamos, comentando sobre a nossa aparência a todo momento, como se tivéssemos a obrigação de parecermos bonitas, mesmo que nossa única obrigação seja com a música. Esperamos um dia sermos julgadas apenas pela música e pelo trabalho, como qualquer outra banda de homem", afirmou, na época.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nervosa: em entrevista, batera fala sobre novo disco, adaptação e feminismoNervosa
Em entrevista, batera fala sobre novo disco, adaptação e feminismo




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Nervosa: como o novo álbum foi feito contra o tempo e em meio à pandemiaNervosa
Como o novo álbum foi feito contra o tempo e em meio à pandemia

Nervosa: veja clipe de Guided By Evil e detalhes do novo álbum Perpetual ChaosNervosa
Veja clipe de "Guided By Evil" e detalhes do novo álbum "Perpetual Chaos"

Nervosa: ouça Guided By Evil, novo single da bandaNervosa
Ouça "Guided By Evil", novo single da banda

João Gordo: Se esses caras ficaram putos é porque serviu a carapuça certinhoJoão Gordo
"Se esses caras ficaram putos é porque serviu a carapuça certinho"

Revolta: banda de tom político une João Gordo, Iggor Cavalera, Prika, Moyses e maisRevolta
Banda de tom político une João Gordo, Iggor Cavalera, Prika, Moyses e mais

João Müzel: assista ao cover da banda Nervosa

Sepultura: veja Fernanda Lira, Mayara Puertas e Angélica Burns na SepulQuartaSepultura
Veja Fernanda Lira, Mayara Puertas e Angélica Burns na SepulQuarta

Nervosa: nova formação se isola em estúdio na Espanha e começa a gravar álbumNervosa
Nova formação se isola em estúdio na Espanha e começa a gravar álbum


Metal Nacional: Confira bandas que se destacaram em 2015Metal Nacional
Confira bandas que se destacaram em 2015

Metal Calcinha: onze bandas lideradas por mulheresMetal Calcinha
Onze bandas lideradas por mulheres


Fotos de Infância: Yngwie MalmsteenFotos de Infância
Yngwie Malmsteen

Megadeth: Mustaine abre o jogo sobre convite a Pepeu GomesMegadeth
Mustaine abre o jogo sobre convite a Pepeu Gomes


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336 Goo728 Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 GooAdHor