RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA atitude ousada da Legião Urbana ao peitar Globo e Faustão no meio de uma grande crise

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemA razão que levou Humberto Gessinger a decidir não usar mais nome "Engenheiros do Hawaii"

imagemPor que Gisele Bündchen e Ivete Sangalo deturparam "Imagine", segundo André Barcinski

imagemDiva Satânica explica qual foi a razão que a fez deixar a banda Nervosa

imagemO último show de Bon Scott com o AC/DC, três semanas antes de sua morte

imagemA hilária reação de Keith Richards ao encontrar músicos do Maneskin

imagemDavid Coverdale relembra parceria com Jimmy Page, e fala sobre relançamento

imagemAs duas razões que levaram RPM a passar por segunda separação em 2003

imagemEm entrevista, Tony Iommi contou como aprendeu a tocar guitarra

imagemAlém do Moonspell, São Paulo Metal Fest anuncia Beyond Creation em seu cast

imagemAngra parabeniza a aniversariante Sandy nas redes sociais

imagemJimmy Page sobre o "Presence": "Não se faz músicas como aquelas caindo de bêbado"

imagemGuitarrista do Offspring continuou em seu emprego normal mesmo depois da fama

imagemPrika explica por que nova vocalista da Nervosa não é brasileira e promete single em março


Stamp

Black Crowes: Kate Hudson não foi a Yoko Ono da banda, diz Steve Gorman

Por Igor Miranda
Fonte: Jay and Dan Podcast / Bmouth
Postado em 30 de dezembro de 2019

O ex-baterista do Black Crowes, Steve Gorman, negou o rumor de que a atriz Kate Hudson, então casada com o vocalista Chris Robinson, teria promovido o fim da banda em 2002. Ele falou sobre o assunto em entrevista ao podcast "Jay and Dan Podcast", com transcrição via Blabbermouth.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Notável por trabalhos em flimes como "Quase Famosos" e "Como Perder um Homem em 10 Dias", Kate Hudson casou-se com Chris Robinson em 2000. Dois anos depois, o Black Crowes entrou em hiato, voltando apenas em 2005. Na época, muitos fãs comentavam que Kate teria agido como "a Yoko Ono" da banda, supostamente promovendo brigas entre os integrantes e fomentando um direcionamento artístico considerado "estranho".

A teoria foi negada por Steve Gorman. Na verdade, o baterista destacou que a influência de Kate Hudson na vida de Chris Robinson foi positiva.

"Na maior parte do tempo, ela não estava ali. Quando ela se envolveu com Chris, o impacto foi imediato. Ela disse para ele parar de usar drogas e fazer as pazes com o irmão (o guitarrista Rich Robinson). E ele concordou", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Gorman brincou que os demais integrantes do Black Crowes pensaram até em "fazer uma estátua" de Kate Hudson. "Aquilo era tudo que queríamos. Tipo: 'vamos parar de perder 7 dias por semana... e por que você não para de tentar matar seu irmão?'. Ela chegou e, imediatamente, aquilo parou por um tempo", disse.

O baterista reconheceu que muitas pessoas falam, sem conhecimento, sobre o suposto envolvimento da atriz com as atividades da banda. "É engraçado, porque falam que Kate foi essa 'força disruptiva'. Não, outras pessoas na vida dele foram. Kate Hudson não era uma delas, posso te garantir", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Curiosamente, também dois anos após a reunião do Black Crowes, que retomou as atividades em 2005, Kate Hudson e Chris Robinson se divorciaram. Ela se relacionou com Matthew Bellamy (Muse) entre 2010 e 2014, até juntar-se, em 2017, com seu atual parceiro, Danny Fujiawa. Já ele casou-se com Allison Bridges em 2009, com separação em 2018. Hudson e Robinson tiveram um filho, Ryder, em 2004.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze

Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1990

Para entender: o que são jam bands?


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.