Sammy Hagar: vocalista anuncia primeiro show com The Circle após início da pandemia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

O vocalista Sammy Hagar e sua banda, The Circle, farão o primeiro show desde o início da pandemia do novo coronavírus. Marcada para o dia 18 de setembro, a apresentação será em um evento beneficente, chamado "Rockin' Fore the Kids", promovido pelo Rock and Roll Hall of Fame, em Cleveland, nos Estados Unidos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Atrações como Ohio Weather Band, Brother Trouble e Ira Dean, além de personalidades do esporte como Jim McMahon e Bret Saberhagen, também fazem parte da programação. De acordo com o site da revista "Rolling Stone", toda a renda obtida com o show será destinada ao hospital infantil Akron e seus esforços contra o câncer, o MusiCares com sua campanha em prol dos músicos e profissionais de turnês afetados pela pandemia e bancos de comida locais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A organização garante que o evento será produzido "de acordo com todas as diretrizes do combate ao Covid-19". Porém, não foram reveladas quais medidas serão tomadas para evitar que aglomerações sejam formadas no local e impedir o contágio pela doença.

O último show de Sammy Hagar e The Circle aconteceu em 7 de fevereiro, nos Estados Unidos. O quarteto, que também traz Michael Anthony no baixo, Jason Bonham na bateria e Vic Johnson na guitarra, viria ao Brasil em março, na semana em que a pandemia foi anunciada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), para shows em Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Porto Alegre e São Paulo. As datas foram canceladas e Hagar prometeu que voltaria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sammy Hagar: Cancelados oficialmente os shows no BrasilSammy Hagar
Cancelados oficialmente os shows no Brasil

Sammy Hagar disse que faria shows antes de vacina

No último mês de maio, Sammy Hagar gerou polêmica ao dizer que voltaria a fazer shows antes de ser produzida uma vacina contra a Covid-19. O cantor faz parte do grupo de risco da doença, por ter 72 anos de idade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Se as coisas se acalmarem e parecer tudo ok, não ligaria em tocar em anfiteatros ao ar livre. Já falei com produtores e poderes que cuidam desses espaços. Falei: 'E se colocarmos esterilização por todo o espaço? Desinfetantes para as mãos também. E distribuir máscaras faciais. É para quando tudo voltar a funcionar novamente. Em uma grande área ao ar livre, venderíamos apenas 10 mil ingressos de 19 mil. Deve acontecer quando não estiver mais em crescimento de casos. Quando estiver caindo e as coisas estiverem indo embora", afirmou, na ocasião, em entrevista à Rolling Stone.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sammy Hagar: comparando Covid-19 a gripe, ele voltaria com shows antes de vacinaSammy Hagar
Comparando Covid-19 a gripe, ele voltaria com shows antes de vacina

Em junho, o site da revista divulgou mais um trecho da entrevista onde Sammy Hagar reforçou que voltaria a fazer shows mesmo antes de se ter uma vacina. "Farei uma declaração radical. É difícil dizer isso sem incitar alguém, mas eu pessoalmente prefiro adoecer e até morrer, se for necessário. Precisamos salvar o mundo e nosso país dessa coisa econômica que vai matar mais pessoas em longo prazo", afirmou, sem citar qualquer projeção ou estudo que confirme essa hipótese.

publicidade

Ele completou: "Prefiro ver todo mundo voltando ao trabalho. Se alguns de nós tiverem que se sacrificar por isso ok. Morro para que meus filhos e netos tenham uma vida próxima da que eu tive nesse país maravilhoso. É como me sinto com relação a isso. Não vou sair por aí espalhando a doença, mas pode haver um momento em que tenhamos que fazer sacrifícios. Quer dizer... quantas pessoas morrem na Terra todos os dias? Não tenho ideia. Lamento em dizer isso, mas todos vamos morrer, cara".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sammy Hagar: ele prefere pegar Covid e morrer do que ter economia paradaSammy Hagar
Ele prefere pegar Covid e morrer do que ter economia parada

As declarações repercutiram mal e Sammy Hagar fez uma publicação em suas redes sociais para tentar contextualizar. "A Rolling Stone publicou uma compilação de suas entrevistas de quarentena. Dei uma entrevista a eles há um mês e meio e as coisas mudam rapidamente, então, quero esclarecer e contextualizar. A entrevista foi dada em 8 de maio, quando já estávamos em casa há várias semanas, algo que minha família e eu levamos muito a sério, e as coisas estavam começando a melhorar, a curva começando a se achatar", disse, inicialmente.

Sammy Hagar: vocalista se explica após dizer que morreria de Covid pela economiaSammy Hagar
Vocalista se explica após dizer que morreria de Covid pela economia

O cantor explicou que, diante disso, foi perguntado se ele ficaria confortável em fazer um show antes de ter uma vacina disponível. "Eu fiquei cautelosamente otimista e disse: 'sim, não tão cedo, quero ter certeza de que não está aumentando - quando estiver caindo e parecendo que vai acabar'. Em termos gerais, trata-se de voltar a trabalhar de uma forma segura e responsável, fazendo a economia girar novamente", afirmou.

Hagar destacou que busca fazer a parte dele, já que emprega 200 pessoas diretamente, além de outras de forma indireta nas turnês. "Como tudo hoje, é uma questão de parar e ver o que vai acontecer nos próximos meses. Porém, nos mantemos cautelosamente otimistas que, com as melhorias e as medidas de segurança corretas, poderemos fazer shows neste ano. Dito isso, à medida em que as coisas mudarem, para melhor ou pior, vamos ajustar nossos planos adequadamente", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Mônica Guedes: seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhandoMônica Guedes
"seus heróis morreram de overdose, os meus morrem na estrada, trabalhando

Planno D: 10 coisas que irritam metaleiros (vídeo)Planno D
10 coisas que irritam metaleiros (vídeo)


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

CliHo Cli336 Cli336 Cli336 Cli336 WhiFin Cli336 Cli336