Nickelback: por que tanta gente odeia a banda, de acordo com baixista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Igor Miranda
Enviar Correções  

O baixista Mike Kroeger expôs sua visão sobre o ódio de tantas pessoas contra o Nickelback. A banda é uma das mais bem-sucedidas do rock nos anos 2000, com álbuns como "Silver Side Up" (2001) e "All the Right Reasons" (2005) chegando cada um a mais de 10 milhões de cópias vendidas, mas as críticas e piadas na internet se intensificaram de forma proporcional ao sucesso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista à rádio WSOU, com transcrição do Ultimate Guitar, Mike Kroeger destacou que tem "várias interpretações" sobre esse tema. "Primeiro de tudo, acontece quando você se torna conhecido. As pessoas sentem que já tiveram o suficiente de você e que é hora de seguir em frente", afirmou, inicialmente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O músico destacou que, no início, ninguém se importa com seu trabalho na música. "Você luta muito para fazer aquilo que deseja e começa a fazer fãs do nada, um de cada vez. Esses fãs formam um time, eles torcem por você, querem que você faça sucesso e trabalhe em grandes coisas, pois eles sentem que nem todos sabem sobre sua banda", disse.

Com o sucesso comercial, muitas pessoas passam a ver a mesma banda com outros olhos, segundo Mike. "Quando você começa a fazer sucesso, deixa de ser o 'azarão', já que todos pensavam antes que você não conseguiria fazer sucesso. Agora, você faz parte daquilo que está sendo empurrado goela abaixo de todos, pois é o que a indústria faz. Aqueles primeiros fãs se sentem alienados, já que a banda deixou de ser algo exclusivo delas, e passam a não curtir mais", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O baixista pontuou que o nível de sucesso atingido pelo Nickelback foi tão grande que os até os fãs mais dedicados à banda se voltaram contra eles. Enquanto isso, chegam novos fãs, que são fugazes e "vêm e vão rapidamente". "É uma faca de dois gumes: você perde os fãs dedicados e todos os tipos de fãs chegam para perseguir os mais radicais. Daí, quando a moda passa, esses fãs novos também te deixam, apesar de que alguns permanecem com a banda", disse.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com todo esse dilema, é natural que as pessoas queiram que o Nickelback simplesmente pare de aparecer. "Elas já estão cansadas de você, sentem que estão sendo forçadas a ouvir as músicas da banda e que agora você é redundante", concluiu Mike Kroeger.

Nickelback: as bandas de heavy metal que Mike Kroeger mais gostaNickelback
As bandas de heavy metal que Mike Kroeger mais gosta

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Nickelback: banda lança cover de clássico countryNickelback
Banda lança cover de clássico country


Ultimate Guitar: 12 bandas que nunca mudamUltimate Guitar
12 bandas que nunca mudam

Black Keys: Rock está morrendo e a culpa é do NickelbackBlack Keys
"Rock está morrendo e a culpa é do Nickelback"


Led Zeppelin: as crianças da capa do álbum Houses Of The HolyLed Zeppelin
As crianças da capa do álbum Houses Of The Holy

Photoshop: Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e maisPhotoshop
Luan Morrison, Ivete Osbourne, Axl Teló e mais


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 GooInArt Goo336 Cli336 Goo336