Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemDave Mustaine, eufórico, compara James LoMenzo com Cliff Burton

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemCinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA

imagemAvenged Sevenfold e o álbum do Guns N' Roses que deveria ser mais valorizado


Stamp

Van Halen: a nobre razão pela qual Wolfgang topou substituir Michael Anthony

Por Igor Miranda
Em 09/06/21

Com apenas 15 anos de idade, Wolfgang Van Halen aceitou desempenhar uma dura tarefa: substituir Michael Anthony como baixista do Van Halen. O filho do guitarrista Eddie Van Halen foi anunciado como novo integrante da banda em 2006, permanecendo até o último show do grupo, em 2015.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por que Wolfgang topou entrar em uma fogueira desse porte? Em entrevista à Spin, o jovem músico, prestes a lançar o primeiro álbum de seu projeto solo Mammoth WVH, destacou que havia uma motivação muito mais nobre por trás de tudo aquilo.

"Olhando cinicamente no papel, enquanto uma criança substituindo um integrante veterano, é como... sim, você deveria me odiar. Mas é muito mais sutil que isso. Não é como se meu pai falasse: 'vá se f*der, saia daqui'. Meu pai não estava bem e Mike estava se divertindo com Sammy Hagar (ex-vocalista do Van Halen, que também acabava de sair da banda)", relembrou Wolfgang, inicialmente.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na época, de fato, Eddie Van Halen estava lidando com os vícios, tendo uma recaída no alcoolismo. O guitarrista estava em péssima forma durante a turnê que marcou a volta de Sammy Hagar, entre 2004 e 2005, o que fez a banda rachar de vez.

Primeiro, Hagar deixou a formação, abrindo espaço para um retorno de David Lee Roth. Em seguida, foi a vez de Anthony.

"Sam já não estava na banda. Claro, é um pouco arriscado e complicado, mas ele não fazia parte mais. Eu entendo completamente o fato de ele não querer mais estar perto do meu pai quando ele estava daquele jeito. De minha parte, nunca foi como se eu chegasse no meu pai e falasse, com voz de vilão: 'eu deveria ser o baixista'. Nesse ponto, eu só queria manter meu pai vivo", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Muitos me pedem desculpas"

Em outra entrevista, à Forbes, Wolfgang Van Halen revelou que muitos internautas pedem desculpas a ele, hoje em dia, por terem o odiado na época da mudança de formação do Van Halen. Os fãs costumam dizer que não conheciam Wolfie de verdade, apenas não curtiam o fato de Michael Anthony ter deixado a banda.

"Não acho que foi algo pessoal. Acho que foi o amor deles por Michael Anthony, não tinha a ver comigo como pessoa. É que muitos preferiam vê-lo, sem pensar na história por trás de como (a reunião com David Lee Roth) não teria acontecido, provavelmente, sem mim. Meu pai estava muito sem inspiração e quando ele estava sóbrio, tinha um problema enorme de ansiedade. Quando eu estava com ele, ele ficava confortável e criativo", declarou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em seguida, ele completou: "Agora que as pessoas estão começando a saber o que aconteceu, muitos me pedem desculpas diretamente no Twitter, tipo: 'ei cara, eu te odiava antes, mas percebi que não te conhecia, apenas te odiava por uma razão fora de seu controle e queria pedir desculpas'. É algo grande para as pessoas fazerem, especialmente na internet".

imagemVan Halen: Eles não autorizaram retirar Michael Anthony de capas de álbuns

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.

Mais matérias de Igor Miranda.