Matérias Mais Lidas


Joey Jordison: ele estava fora do Slipknot desde 2013 devido a problemas de saúde

Por Igor Miranda
Postado em 27 de julho de 2021

Joey Jordison, falecido aos 46 anos na última segunda-feira (26), estava fora do Slipknot desde 2013. O baterista teve sua saída anunciada pela própria banda, sem razão revelada - somente algum tempo depois, foi divulgado que ele estava com problemas de saúde.

Slipknot - Mais Novidades

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mais especificamente, Jordison foi diagnosticado com mielite transversa, uma inflamação neuroimune que o impediu de tocar bateria por um tempo. O problema de saúde causa, de acordo com o site Tua Saúde, sintomas como dor na coluna, formigamento ou sensação de queimação no corpo, fraqueza nos membros e dificuldade para segurar urina ou fezes, entre outros.

Segundo o site Doctoralia, o problema de saúde pode causar a morte de um paciente ao impedir o funcionamento correto de alguns órgãos, na fase aguda, ou gerar infecções, ou em fase crônica.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A causa da morte de Joey não foi confirmada oficialmente. Em nota, a família do baterista disse apenas que ele "faleceu pacificamente enquanto dormia". "A morte de Joey nos deixou com o coração vazio e sentimentos de tristeza indescritível. Aqueles que conheceram Joey, entenderam sua sagacidade, personalidade gentil, coração gigante e seu amor por todas as coisas familiares e musicais", complementa o texto.

Joey Jordison falou sobre saída do Slipknot e saúde

Em 2016, o próprio Joey Jordison contou ao público que a razão para sua saída do Slipknot se deu por problemas de saúde. Apesar disso, ele afirma não saber por que foi demitido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - GOO
Anunciar no Whiplash.Net Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Quando alguém está internado, seja um familiar ou alguém que você gosta, você costuma visitar a pessoa. Ninguém foi me ver. E logo depois fui demitido. Não sei o motivo. Não entendo o que aconteceu. Há muitos rumores e boatos, mas tenho documentado tudo que aconteceu comigo. Tudo bem, a vida segue. Não deixei o Slipknot, eu jamais deixaria a banda, nunca", disse.

Em entrevista ao Metal Wani, em 2018, Joey Jordison declarou que estava "de volta" às atividades na música. "Estou 100% de volta e mais forte do que nunca. E não estou apenas falando por falar, mas levou muito tempo para me recuperar minhas forças. Nunca senti algo como isso. A gente conhece a gripe, o resfriado e coisas do tipo, mas isso que tive não é nada parecido. Acordei um dia com as costas pegando fogo, minhas pernas bambas, e entrei em colapso. Foi a coisa mais assustadora da minha vida".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - CLI
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em 2014, o vocalista Corey Taylor, ex-colega de Joey no Slipknot, havia dito que a dispensa do baterista ocorreu porque "não dava mais para trabalhar com ele". "A única maneira que eu tenho sido capaz de resumir é que algumas vezes você está na mesma estrada e você chega a uma encruzilhada. Algumas vezes vocês seguem juntos, algumas vezes vocês se separam. E dessa vez nos separamos. Simples assim. Nós não éramos mais capazes de trabalhar juntos", comentou, na ocasião.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - WHIP
Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Além do Slipknot, banda que o alçou ao estrelato e o consagrou como um dos bateristas mais importantes do heavy metal nas últimas duas décadas, Joey integrou o Murderdolls, Vimic, Sinsaenum e Scar the Martyr, entre outros projetos.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps




publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Igor Miranda

Jornalista formado pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), com pós-graduação em Jornalismo Digital pela Universidade Estácio de Sá. Começou a escrever sobre música em 2007 e, algum tempo depois, foi cofundador do site Van do Halen. Colabora com o Whiplash.Net desde 2010. Atualmente, é editor-chefe da Petaxxon Comunicação, que gerencia o portal Cifras, Ei Nerd e outros. Mantém um site próprio 100% dedicado à música. Nas redes: @igormirandasite no Twitter, Instagram e Facebook.
Mais matérias de Igor Miranda.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS