Matérias Mais Lidas

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemDave Mustaine quis tirar foto com moça que usava vestido do Megadeth, mas...

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemAC/DC: Angus Young comenta a capa de "Highway to Hell" e a morte de Bon Scott

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagemYngwie Mamlsteen diz que ex-vocalistas de sua banda sentiam como se fossem Elvis Presley

imagemPink Floyd: Roger Waters relembra o dia que conheceu John Lennon - e se arrependeu


In-Edit

James LaBrie relembra problema nas cordas vocais; "detonou minha autoconfiança"

Por Emanuel Seagal
Em 31/01/22

James LaBrie, vocalista do Dream Theater, foi entrevistado por Dave Reynolds, da revista Rock Candy, onde divulgou o novo álbum do grupo, "A View From The Top Of The World", e relembrou um dos períodos mais difíceis de sua carreira, quando em 1994 ele sofreu uma intoxicação alimentar que rompeu suas cordas vocais.

Foto: Carlos Delgado @ wikimedia
Foto: Carlos Delgado @ wikimedia

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Foi horrível. Antes disso eu era capaz de cantar qualquer coisa sem esforço. Estávamos muito ocupados com a banda naquela época, mas minha recuperação foi muito lenta e árdua. Todos os especialistas que consultei me disseram que o melhor seria não cantar — ou mesmo falar — por seis meses. Como éramos uma banda relativamente jovem, simplesmente não estávamos numa posição de fazer isso", afirmou o vocalista.

"Foi só na turnê 'Train Of Thought', em 2004, 10 anos depois, que finalmente me senti confiante com minha voz novamente. Qualquer cantor lhe dirá que, como a voz é um instrumento orgânico, você já lida com muitos 'demônios psicológicos', mas por conta das cordas vocais rompidas eu sempre tinha que realmente prestar atenção no que fazia, e isso era bem exaustivo. Minha voz poderia ser incrível uma noite e nada incrível na outra — sem motivo aparente! Isso realmente detonou minha autoconfiança. Eu sempre dei valor à minha voz até aquele momento, então, como você pode imaginar, esse foi um período muito sombrio", concluiu.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em entrevista anterior, concedida ao "LSS - Lead Singer Syndrome" em 2018, James contou que sofreu com os "trolls da Internet" que criticavam sua voz sem saber o que ele passou. Ele disse: "Você é apenas um humano, com sentimentos, fica triste e pensa: 'você não faz ideia do que passei'. É um instrumento orgânico e tentas tirar o melhor dele. Não importa qual cantor seja, todos eles passaram por isso, com pessoas os cortando de todos os lados. É uma situação horrível. Mas penso: que seja... você não vai satisfazer todo mundo. Não precisam saber pelo que você passa. Se ficam melhor criticando alguém quando estão mal, que seja. Espero nunca conhecer pessoas assim, pois são apenas superficiais."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O novo álbum de estúdio do Dream Theater, "A View From The Top Of The World", foi lançado no dia 22 de outubro pela InsideOut Music. Confira todos detalhes do disco no link abaixo.

imagemDream Theater: confira "A View From The Top Of The World", novo álbum da banda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais informações sobre

Mais matérias de Emanuel Seagal.