Matérias Mais Lidas

imagemSlash falhou em seguir o conselho de Keith Richards, que mesmo assim foi lá e o apoiou

imagemA visionária melhor música do Genesis na opinião de Steve Hackett

imagemJulian Lennon relembra quando Paul McCartney escreveu "Hey Jude" para ele

imagemRandy Rhoads gostava de tocar as músicas do Black Sabbath?

imagemTony Iommi: surpreendendo ao eleger seu "Deus do Rock"

imagemA opinião de Rita Lee sobre a fenomenal Cássia Eller

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemAmilcar Christófaro diz que chegou a sondar Vitor Rodrigues para retornar ao Torture Squad

imagemNoel Gallagher revela seu único arrependimento em sair do Oasis

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagem"Raimundos nunca quis ser manual de conduta para ninguém", diz Digão

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemTuomas Holopainen achou que o Nightwish fosse acabar após saída de Marko Hietala

imagemDicionário do Metal: cinco bandas com a letra A


Summer Breeze
Samael Hypocrisy

Journey: Após Jeff Scott Soto reclamar, Neal Schon responde; "drama e choradeira"

Por Emanuel Seagal
Postado em 05 de janeiro de 2022

Como publicado anteriormente Jeff Scott Soto (Sons of Apollo, Trans-Siberian Orchestra, ex-Yngwie Malmsteen) foi entrevistado pelo jornalista argentino Lucas Gordon, e no bate-papo afirmou não ter ideia do motivo pelo qual foi demitido do Journey. Ele havia se juntado ao grupo em 2006 durante uma turnê com o Def Leppard, após Steve Augeri ter problemas vocais.

Jeff Scott Soto quer paz e saber porque Journey o demitiu; "14 anos e não sei"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Se eu soubesse qual era o problema, se soubesse o motivo pelo qual fui demitido, então pelo menos eu poderia ficar em paz com isso, poderia encontrar uma forma de discutir ou falar sobre isso, mas legalmente eu não devo falar sobre isso. Chegou ao ponto em que tivemos que encarar o lado jurídico das coisas, mas para fugir disso assinei um documento que não falaria sobre nada negativo, nada de ruim sobre eles. E eu não quero falar nada negativo; não quero falar sobre nada de ruim. Mas se eu soubesse o motivo… E isso não é ruim — não estou dizendo nada de ruim sobre eles, estou apenas dizendo a verdade. Minha verdade é que se me contassem por que fui demitido, se me dissessem 'sua voz é uma merda', se me dissessem que matei um dos cachorros dos caras, se irritei alguém da família deles, se me contassem o motivo pelo qual fui demitido, eu poderia ficar em paz com isto. Até hoje, 14 anos depois, eu não sei. Eu não tenho as respostas", declarou o vocalista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Neal Schon, guitarrista do Journey, em comentário na página do site de notícias Blabbermouth explicou a razão da demissão. "Foi lamentável, mas a voz de Steve Augeri falhou. Estávamos no meio da turnê do Def Leppard, então eu estava trabalhando com Jeff em um projeto paralelo e sugeri que ele viesse e ajudasse a terminar a turnê finlandesa. Ela correu bem, mas nem todos estavam convencidos quanto a ideia dele ser o vocalista principal após compor uma música e ouvi-la. Jon e eu concordamos que não soava bem — ou melhor, não era o que queríamos. Espero que isso acabe com o drama. Não deu certo."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O guitarrista escreveu posteriormente outro comentário, dizendo: "Isso tudo é chato e uma choradeira excessiva de 14 anos atrás. No máximo uma tentativa de se promover. Zzzzzz Jeff tentou nos processar depois que o demitimos e ter tocado conosco por apenas uma turnê. Isso não caiu bem e foi possível perceber os conflitos de personalidade rapidamente. Boa noite".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Lift Detox
Stamp


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O dia em que rockstar internacional roubou boné de Bruno Sutter em pleno show

Após declarações, Jeff Scott Soto afirma que está de boa com guitarrista do Journey

David Ellefson e Jeff Scott Soto liberam single "The Reason"

Jeff Scott Soto: memórias ruins de quando cantou para Malmsteen

Yngwie Malmsteen: por que Mark Boals dubla Jeff Scott Soto em clipes dos anos 80 e 90

O álbum mais injustiçado da carreira de Jeff Scott Soto, segundo o próprio

Bateristas: os dez músicos mais loucos de todos os tempos

Iron Maiden: "pequena falha" em outdoor na Russia em 2011


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais matérias de Emanuel Seagal.