Matérias Mais Lidas

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemKiss: Tommy Thayer responde se Gene Simmons e Paul Stanley se dão bem

imagemNey Matogrosso relembra como foi abrir o Rock in Rio de 1985

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemQuantos discos o Guns N' Roses vendeu no Brasil e no mundo? Veja os números

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1984 é um ano vital para o metal

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More

imagemA resposta de John Lennon quando perguntado se retornaria aos Beatles em 1975

imagemMarky Ramone sobre o CBGB: "Era como um lixão, mas era o nosso lixão"

imagemTico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

imagemEdu Falaschi e as versões de "Bleeding Heart" que "dá uma tristezinha" de ouvir

imagem"Não existe esta coisa de New Wave of British Heavy Metal", diz Paul Di'Anno

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...


Slash: guitarrista do Guns N' Roses conta qual foi motivação para buscar a sobriedade

Por Mateus Ribeiro
Em 04/03/22

O guitarrista Slash é um dos maiores ícones da história do rock and roll. Nascido na Inglaterra, o integrante do Guns N' Roses gravou músicas que fazem muito sucesso até hoje, como "Sweet Child O' Mine", "Welcome To The Jungle", "November Rain", "Don't Cry" e "Patience". Além disso, o músico também é conhecido pelo seu visual único e inconfundível.

Foto: Travis Shinn
Foto: Travis Shinn

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No parágrafo acima, você leu o lado legal da vida de Slash. No entanto, ao mesmo tempo que conquistava o mundo, Saul Hudson (nome real do artista) usou e abusou de bebidas, cigarros e outras substâncias ilícitas que prejudicam muito o copo e a mente humana.

Slash decidiu abandonar o álcool e as drogas há mais de 15 anos, mais precisamente, em julho de 2006. A sua sobriedade foi um dos assuntos abordados durante entrevista concedida ao jornalista musical Paul Elliott, publicada no site da Classic Rock.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O entrevistador perguntou para o músico se os filhos foram o motivo para ele procurar vida nova. O guitarrista citou outras razões, como é possível conferir em trecho traduzido por Mateus Ribeiro.

"Não, não era tanto por ter filhos, embora isso definitivamente tenha desempenhado um papel [considerável]. Você sabe, era tudo diversão e jogos até que não fosse mais divertido. Então, você está tentando descobrir por que você não pode continuar por esse caminho. Você está se divertindo e tudo está ótimo, e então, sem saber, você cruza uma linha em algum lugar onde [esse estilo de vida] se torna um fardo mental e físico com o qual você tem que lidar, você começa a se tornar completamente dependente e sua vida começa uma espiral fora de controle. Como músico, você começa a perder o foco do que deveria estar fazendo", respondeu Slash, que também falou sobre as dificuldades em largar os vícios.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Foi difícil pra caralho! E levou muito tempo, realmente demorou. Foi a partir da percepção de ser essa pessoa em algum lugar entre meados dos anos 90, até 2006. Passar por essa percepção de que você está muito fodido e disfuncional, você realmente luta com essa realidade. Você está em negação", finalizou.

Felizmente, Slash está recuperado e fazendo o que mais sabe. Ele e seus parceiros de banda passarão pelo Brasil em setembro, já que o Guns N' Roses é uma das atrações do festival Rock In Rio. Enquanto a banda não pisa em solo brasileiro, os fãs do guitarrista podem ouvir "4", disco novo da banda Slash Featuring Myles Kennedy And The Conspirators, lançado dia 11 de fevereiro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.