Matérias Mais Lidas

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemCopa do Mundo do Rock: uma banda de cada país que vai disputar a Copa do Catar

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemRafael Bittencourt se sentiu traído e cancelado após saída de Edu Falaschi

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemYngwie Mamlsteen diz que ex-vocalistas de sua banda sentiam como se fossem Elvis Presley

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagemNovo clipe do Megadeth ultrapassa meio milhão de visualizações no Youtube

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"


In-Edit

Abba e a imensa importância do Deep Purple na sonoridade de suas músicas clássicas

Por Bruce William
Em 15/05/22

Em novembro de 2021, o Abba lançou "Voyage", primeiro disco de material inédito após quatro décadas. E o guitarrista da banda, Janne Schaffer, comemorou o lançamento e o reconhecimento alcançado pela lendária banda sueca em entrevista com a Guitar World. "O Abba vendeu mais de 380 milhões de discos", diz Janne, "e eu estou em mais da metade deles, o que é muito legal!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nos seus tempos áureos, o Abba lançou 98 canções, e dessas 50 contam o guitarrista e virtuose do jazz nascido em Estocolmo que se encontrava com o Pink Floyd e Jimi Hendrix em suas primeiras turnês suecas antes de se juntar ao Abba em 1972.

Janne diz que ao rever aqueles anos de muito estrondosos sucessos, onde recordes viviam sendo quebrados, percebe que a música sempre foi boa e as atuais da banda também são ótimas. E ao ser perguntado sobre quais as músicas com guitarra mais pesada que ele gravou para o Abba, Janne responde: "Há três que me vêm à mente. 'Rock'n Roll Band', 'Watch Out' e 'King Kong Song', que pertencem ao primeiro e ao segundo álbuns. Se você prestar atenção, ouvirá muitas guitarras típicas de rock pesado nelas".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Prossegue Janne: "Naquela época ouvíamos Deep Purple e coisas parecidas. Em 'Watch Out' eu estava usando um sintetizador de guitarra para a introdução... Você pode ouvir o efeito de oitava naquela pequena frase que repito no início. Nós nos divertimos muito no estúdio, tentando coisas diferentes. No início, Björn Ulvaeus e Benny Andersson não tinham certeza de qual direção o Abba deveria tomar. Do terceiro álbum em diante, acho que Benny entendeu melhor como queria que a banda soasse..."

Janne depois comenta também que "Waterloo" é basicamente uma canção glam rock e conta se a banda ouvia o gênero: "Não tenho ideia se eles ouviam glam rock, pra ser sincero. Mas ouvíamos muito The Beach Boys. Todos sabiam que Brian Wilson era um grande compositor. Benny (Andersson) tinha um jeito de pegar suas inspirações e transformá-las em coisa sua. 'As Good As New', por exemplo, tem algo de Bee Gees nela, embora seja musicalmente bem diferente. E quanto à 'Waterloo', ajudei a fazer algumas coisas no arranjo. Vi a música começando e crescendo, e na hora percebi que seria algo especial. A maior parte dela foi arranjada em estúdio, e tenho a guitarra guardada até hoje, uma Gibson Les Paul de 1959. Escondo o instrumento pois ele é muito valioso nos dias de hoje!".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Michael Schenker: por que ele não aceitou entrar no Deep Purple, Motorhead e Ozzy?

Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.