Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu e os cinco grandes vocalistas que o mundo do Rock não dá valor

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemA música do Metallica que James não queria apresentar aos outros integrantes

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemOzzy Osbourne revela que Lemmy Kilmister era um leitor voraz

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemAngra e Shaman, Edu Falaschi fala sobre a treta que havia entre as bandas

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemPor que som do Angra não era novidade em 1993, segundo Alex Holzwarth

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

imagemDave Lee Roth revela qual é seu álbum preferido do Van Halen

imagemMúsico de Los Angeles compartilha foto recente de Alex Van Halen

imagemO curioso motivo pelo qual Bob Dylan não usa seu verdadeiro nome

imagemPantera tocará no festival Knotfest Brasil, segundo jornalista


2022/08/18
Stamp

Robert Smith e o álbum do The Cure (parcialmente) gravado num banheiro sujo

Por André Garcia
Em 27/06/22

Ao longo de sua carreira à frente do The Cure, Robert Smith conquistou as rádios com alegres canções pop: "Boys Don't Cry", "Let's Go to Bed", "Just Like Heaven", "Close to Me" e "Friday I'm in Love" são alguns exemplos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas a trajetória da banda também é marcada por momentos sombrios, depressivos e perturbadores. Conforme publicado pela Far Out Magazine, um dos álbuns que melhor representam esse lado obscuro do The Cure, "Pornography" (1983), chegou a ter músicas gravadas num banheiro sujo.

Em entrevista para a Rolling Stone em 2004, seu líder e fundador Robert Smith contou: "Durante [a gravação de] 'Pornography' [1983], a banda estava desabando por causa da bebida e das drogas. Eu estava bem seriamente estressado na maior parte do tempo, então não tenho certeza se minhas recordações estão corretas."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"O que eu sei é que nós gravamos algumas das músicas num banheiro, para obter um sentimento realmente horrível, porque os banheiros eram sujos e sinistros. Simon [Gallup, baixista] não se lembra de nada disso, mas eu tenho uma foto minha sentado no vaso, vestido, tentando finalizar alguma das letras. É uma foto trágica."

"Nós mergulhamos no lado mais sórdido da vida", acrescentou, "o que certamente teve um efeito muito prejudicial sobre todo mundo na banda. Nós arrumamos alguns filmes muito perturbadores e imagens do tipo para nos colocar no clima. Posteriormente, eu pensei: 'Aquilo realmente valeu a pena?' Nós tínhamos apenas vinte e poucos anos, e aquilo nos chocou mais do que eu percebia — o quão desprezível as pessoas podiam ser; o quão malignas as pessoas podiam ser.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu não tenho boas recordações de 'Pornography', mas para mim, é uma das melhores coisas que já fizemos — e aquilo jamais teria sido feito se não tivéssemos levado as coisas ao extremo. As pessoas frequentemente dizem: 'Nada do que você fez tem a mesma intensidade ou paixão.' Mas eu não acredito que dê para fazer muitos álbuns como aquele, porque você não sobreviveria", concluiu ele.

E não apenas a gravação de "Pornography" levou os integrantes do The Cure ao abuso químico e ao fundo do poço da saúde mental, mas também sua turnê. Após os shows, não era raro ver o vocalista Robert Smith deixar o palco chorando, e ao final da excursão ele teve um sério colapso nervoso. Após passar muito perto de acabar, a partir dali a banda adotaria uma sonoridade mais pop e alegre.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/07/09


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Robert Smith comenta "The Top", o quinto álbum do The Cure

The Cure: A música em que Robert Smith decidiu que queria "ser um pop star"

Robert Smith comenta o fúnebre terceiro álbum do The Cure, "Faith"

Robert Smith comenta o segundo álbum do The Cure, "Seventeen Seconds"

Robert Smith comenta o primeiro álbum do The Cure: "Um dos meus menos preferidos"

Robert Smith e o álbum do The Cure (parcialmente) gravado num banheiro sujo

O hit do The Cure que para o vocalista Robert Smith é uma "canção pop idiota"

O melhor cover de The Cure segundo seu líder, Robert Smith: "Ficou fantástico!"

The Cure: Suas 30 maiores músicas, segundo a Mojo

Ultimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os tempos

The Cure: As 10 melhores músicas da banda

Fotos de Infância: Gene Simmons, do Kiss

Marilyn Manson: ele removeu costelas para praticar autofelação?


Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.

Mais matérias de André Garcia.