RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemPara Regis Tadeu, só existe uma coisa mais chata que o som do Dream Theater

imagemA única banda inédita em condições de ser headliner do metal no RIR, segundo Rick Dallal

imagemNamorada de Slash posta vídeo do Guns N' Roses ensaiando música inédita

imagemO álbum que dava medo no adolescente Kisser: "Trancava vinil no armário para dormir"

imagemCópias físicas de novo álbum do Slipknot saíram com erro no título

imagemA música de Paul McCartney que flopou nos Beatles, mas bombou em carreira solo

imagemIron Maiden anuncia "The Future Past Tour", com foco no "Somewhere in Time" e "Senjutsu"

imagemOzzy Osbourne diz que David Lee Roth era meio biruleibe das ideias

imagemEngenheiros do Hawaii não era uma banda amiga da galera, diz ex-baterista

imagemFãs assustam Serj Tankian quando o encontram e gritam "WAKE UP!" em seu ouvido

imagemQuando Raul Seixas "se vendeu ao sistema", mas deixou escondida uma sementinha anárquica

imagemFloor Jansen explica por que deixou seu cabelo mais curto

imagemGuitarrista do Deep Purple não imaginou que pudesse se tornar um dos integrantes

imagemSlipknot: o nojento porém genial motivo do apelido dos fãs da banda

imagemVídeo de vocalista brasileiro batendo cabeça em "Toxicity" atinge 1 milhão de views


Stamp

Mustaine diz que gravou clipe de clássico do Megadeth feliz com pó no nariz

Por Mateus Ribeiro
Postado em 19 de setembro de 2022

Não chega a ser um segredo que Dave Mustaine, líder da banda Megadeth, gostava de usar substâncias ilícitas no início de sua carreira. O talentoso guitarrista/vocalista/compositor, que atualmente está limpo, curtia a vida adoidado, o que custou seu cargo como integrante do Metallica, entre outros problemas.

Foto: Site Oficial - Michael Johanson
Foto: Site Oficial - Michael Johanson

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma das substâncias que Mustaine gostava de utilizar é aquele famoso pó branco, que costuma deixar as pessoas, digamos, aceleradas. Segundo o frontman do Megadeth, ele e seus ex-parceiros de banda fizeram uso da citada substância antes da gravação de um clipe.

A revelação foi feita por Mustaine em matéria publicada pela Revolver Magazine em 2010. "Se você olhar para trás em coisas importantes da minha carreira, olhando para alguns dos meus vídeos, posso olhar para o meu rosto e dizer: ‘Sim, eu estava curtindo’. O vídeo de’'Wake Up Dead’ [é um exemplo]. Chris [Poland, guitarrista] e Gar [Samuelson, baterista] tinham alguns amigos que vieram nos ver, e eles trouxeram montanhas de cocaína, e ninguém conseguia falar, eles estavam muito chapados no final daquela noite. Se você assistir ao vídeo, o começo é muito fluido e muito confortável, já no final, estávamos prontos para matar pessoas", afirmou Mustaine, em trecho da matéria republicado dia 19 de setembro de 2022.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O vídeo de "Wake Up Dead" pode ser assistido no player a seguir.

"Wake Up Dead" é a faixa de abertura de "Peace Sells… But Who's Buying?", segundo álbum de estúdio do Megadeth. Lançado em 19 de setembro de 1986, o disco foi gravado por Dave Mustaine (guitarra/vocal), Chris Poland (guitarra), David Ellefson (baixo) e Gar Samuelson (bateria).

Megadeth: "Peace Sells..." foi o álbum que reuniu heroína, cigarros e hambúrgueres

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

NFL Steve Harris


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Kiko Loureiro diz que sente-se à vontade em discordar de Mustaine

Mustaine diz que não tentou "sequestrar" ou "roubar" Steve DiGiorgio do Testament

Mustaine fala sobre o período mais comercial do Megadeth; "Saiu pela culatra"

O assalto frustrado que inspirou "44 Minutes", uma das grandes músicas do Megadeth

Quem é a pessoa a quem Kiko Loureiro sempre mostra primeiro suas músicas novas?

Mustaine revela os critérios avaliados na hora de escolher um integrante do Megadeth

Dave Mustaine cascava o bico das bandas de new metal que faziam turnês com o Megadeth

A importante lição que Dave Mustaine tirou dos turbulentos anos 1990

Megadeth: Chris Poland teve que trabalhar como garçom após ser demitido

A curiosa analogia de Kiko Loureiro sobre Uber e F1 para explicar importância da prática

Mustaine fala sobre trabalho de Steve DiGiorgio em novo álbum e não menciona Ellefson

Kiko Loureiro fala sobre o seu processo de composição de riffs

Dirk Verbeuren fala sobre David Andersson; "As coisas tomaram um rumo sombrio no final"

A música de Elton John que Dave Mustaine adoraria gravar um cover

Os dois filmes que deram origem ao título do novo álbum do Megadeth, segundo Mustaine

Dave Mustaine: quem ele levaria pra cantar no Megadeth

Megadeth: Mustaine não chamou Dave Lombardo por causa do cabelo?

Megadeth: "Symphony of Destruction" e suas curiosidades

Van Halen: o constrangedor encontro de Eddie com o Nirvana

A importância da revista Playboy na vida de alguns rockstars


Sobre Mateus Ribeiro

Fã de Ramones, In Flames e Soilwork. Ouve (quase) tudo, desde rock clássico até black metal.

Mais matérias de Mateus Ribeiro.