Matérias Mais Lidas

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagemA bonita homenagem que Angra fará a Andre Matos em novo álbum, segundo Fabio Lione

imagemMarko Hietala anuncia retorno ao mundo da música e fãs pedem volta ao Nightwish

imagemEx-vocalista do Mötley Crüe não bota fé na aposentadoria de Mick Mars

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagem"Não há reunião do Pantera sem Vinnie e Dime", afirma espólio de Vinnie Paul

imagemJohn Lennon sentia que seu filho Julian "queria que Paul McCartney fosse seu pai"

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemRed Hot Chili Peppers virá ao Brasil no próximo ano, diz José Norberto Flesch


Stamp
Summer Breeze

O segredo do Darkthrone para produzir tantos discos

Por Emanuel Seagal
Postado em 22 de novembro de 2022

A dupla norueguesa, formada pelo baterista Fenriz e o multi-instrumentista Nocturno Culto, lançou seu vigésimo álbum, "Astral Fortress", em outubro. Este lançamento é fruto de uma das mais longas parcerias do metal, a do grupo com a Peaceville Records, gravadora por onde passaram nomes como Anathema, My Dying Bride, Katatonia, Paradise Lost e Opeth, e que lançou toda a discografia do Darkthrone desde sua estreia com o álbum "Soulside Journey" em 1991.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foto: Jorn Steen
Foto: Jorn Steen

Em entrevista realizada por Andrew Kapper, da Wall of Sound,Nocturno Culto contou o segredo da longevidade do relacionamento com a Peaceville.

"O segredo é não ser impaciente, mas trabalhar devagar e ter respeito mútuo, e devo dizer que todos esses anos tem sido absolutamente excelentes para nós. A Peaceville é transparente e justa, e continuaremos este relacionamento até o fim. Isso se eles nos quiserem, é claro", afirmou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O músico foi questionado se a inspiração simplesmente vem até ele ou se é preciso se forçar a compor para manter a máquina de produzir discos do Darkthrone. "A inspiração está sempre ali, sempre tenho ideias flutuando na minha cabeça, então quando a barragem finalmente se rompe, meses intensos de composição começam. Você meio que vive em uma prisão por algum tempo, e para explicar como lançamos vinte álbuns até agora e como somos tão eficientes é fácil. Nós não nos importamos com outras coisas ligadas ao Darkthrone, como performances ao vivo ou aparecer para receber atenção. Escolhemos o caminho difícil para trilhar, ou seja, deixar a própria música fazer a maior parte do trabalho, os álbuns. O Darkthrone cresceu MUITO lentamente nos últimos 35 anos", explicou.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando o entrevistador sugeriu que o formato dos álbuns pode ter dificuldade em se manter relevante com a nova geração, Nocturno Culto discordou veementemente. "Não concordo de forma alguma com a premissa desta questão, pois a próxima geração entenderá a importância dos álbuns. As pessoas PRECISAM deles, e a juventude é inteligente o suficiente para entender e apreciar o formato. Ele viverá enquanto houver música, especialmente nos gêneros rock/metal, as pessoas querem esse formato, por toda a eternidade", pontuou.

O Darkthrone é importante, consistente, e com uma carreira de dar inveja, mas por trás disso tudo está uma banda simples, "raíz", sem planos mirabolantes, o que Nocturno deixa claro ao falar sobre o legado do grupo. "Até agora só olhamos para frente, mas não há como negar que já pensei sobre o nosso longo caminho juntos. Estivemos ativos por todos esses anos e espero que possamos fazer mais álbuns, mas nunca se sabe. O próximo maior acontecimento é entrar em estúdio novamente em abril. Estamos empolgados com isso, e o resultado disso, quem sabe?"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]

O segredo do Darkthrone para produzir tantos discos

Darkthrone: Nocturno Culto prefere isolamento e nega oferta que o deixaria rico

Integrante do Darkthrone diz que deixou de ser rico por não tocar ao vivo

Darkthrone lança "Astral Fortress", seu vigésimo disco; ouça aqui

Darkthrone divulga "Caravan Of Broken Ghosts", faixa do próximo álbum

Darkthrone anuncia seu disco "mais sombrio" e "fervendo com o inferno"

Metal: confira os lançamentos do mês de outubro

Metal norueguês: as dez melhores bandas segundo o About.com

Darkthrone: Nocturno Culto prefere isolamento e nega oferta que o deixaria rico

Darkthrone: Fenriz fala sobre Sepultura, Sarcófago, Gal Costa e Caetano Veloso

Punk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGN

Black Metal: cinco bandas do lado depressivo do satanismo


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com Iron Maiden e Black Sabbath até chegar ao metal extremo e se apaixonar pelo doom metal. Considera Empyrium e X Japan as melhores bandas do mundo, Foi um dos coordenadores do finado SkyHell Webzine, escreveu para outros veículos no Brasil e exterior, e sempre esteve envolvido com metal, seja com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa. Escreve para o Whiplash! desde 2005 mas ainda não entendeu a birra dos leitores com as notícias do Metallica. @emanuel_seagal no Instagram.

Mais matérias de Emanuel Seagal.