Matérias Mais Lidas


Stamp

De Kate Bush a Can, John Lydon lista seus 12 álbuns preferidos de todos os tempos

Por André Garcia
Postado em 14 de março de 2023

Idolatrado por uns e desprezado por outros, ninguém pode negar que John Lydon é uma das figuras mais influentes do rock inglês: foi tanto um pioneiro do punk rock como líder dos Sex Pistols, nos anos 70, quanto do post-punk, liderando o Public Image Ltd na década seguinte.

Sex Pistols - Mais Novidades

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

A Far Out Magazine listou os 12 álbuns preferidos de todos os tempos do vocalista, apresentando um comentário dele sobre a maioria das escolhas.

The Kinks - The Kinks

"O irmão mais velho de alguém tinha esse, lembro que era na Pye Records. E, meu Deus, aquela guitarra insana [de 'You Really Got Me'] começou tudo para mim. Mas tenho que ter cuidado ao compartilhar meus gostos musicais, porque isso volta para assombrar você…"

For Your Pleasure - Roxy Music

"Eu entendo o que Bryan Ferry estava tentando fazer: experimentar um mundo bizarro, enquadrando o que encontra no seu estilo, sua linguagem e artilharia. É um conceito exótico e intrigante, e ele é o único que faz isso. Essa música ['In Every Dream Home a Heartache', uma declaração de amor a uma boneca inflável] revela um canto de sua psique que poucas pessoas gostariam de admitir que existe. A mente se aventura em lugares escuros e o corpo segue. É uma ilusão romântica e é um material fascinante para uma música."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

The Raincoats - The Raincoats

"Eu me importava profundamente com o que estávamos fazendo com os [Sex] Pistols, foi doloroso ser colocado no pacote do punk, ao lado de seres inferiores. Mas os Raincoats ofereceram uma maneira completamente diferente de fazer as coisas, assim como o X-Ray Spex. Todos os livros sobre o punk falharam em perceber que aquelas mulheres estavam envolvidas por nenhum outro motivo além de serem boas e originais."

Tago Mago - Can

"Tago Mago"(1971), do Can, é amplamente considerado um clássico do rock experimental por sua mistura peculiar de rock psicodélico, jazz, música eletrônica e improvisação livre.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

The Kick Inside - Kate Bush

"Seria ridículo não mencionar Kate Bush como alguém que cria uma paisagem de sonhos poderosa e um grande clima. Mas eu também amo Traffic, as texturas pop de Marc Bolan, e todos os tipos de techno."

Trout Mask Replica - Captain Beefheart

"Trout Mask Replica" (1969) é considerado uma obra-prima do rock experimental, chegando a ser comparado aos trabalhos mais ousados de Frank Zappa. É uma visceral, desafiadora, surrealista e bizarra mistura de blues, jazz, avant-garde e rock psicodélico.

Move It! - Cliff Richard

"Meus pais tinham uma coleção [de discos] fantástica! Não tinha só músicas folclóricas irlandesas e acordeões, tinha Beatles e muito Cliff Richard também. O primeiro disco que quis comprar foi 'Move It!', de Cliff Richard. Era uma música muito boa na época, e ainda é. O material antigo de Cliff Richard era uma espécie de rebelião, e ele fazia movimentos que deixaram uma boa impressão em uma criança de cinco anos."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

OK - Tavil Singh

"Pessoas que criam suas próprias tapeçarias sonoras sempre me intrigaram. Talvin Singh levou sua formação clássica a novos lugares, e isso não é nada mal. Mas meus gostos musicais são resultados do acaso: eu vou para a biblioteca e descubro algo que poderia ter ouvido há anos, mas nunca peguei para ouvir. Foi isso o que aconteceu outro dia com Talvin Singh."

Pretties For You - Alice Cooper

"Eu frequentava duas lojas de discos antigamente. Uma delas ficava em Finsbury Park, era administrada por uma adorável senhorinha de cabelos brancos, que só tinha Jimi Hendrix e um dub pesado, profundo e denso — estava sempre cheia de jamaicanos. A outra era administrada por dois caras de cabelos longos e gordos, de ótimo gosto musical. Foi lá que eu descolei o 'Pretties for You', do Alice Cooper. Foi muito antes dele ficar popular. 'Pretties for You' é um ótimo exemplo de arte ruim."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 5

Raw Power - The Stooges

"Eu nunca considerei os Stooges como os primeiros punks, ou alguma coisa assim. Isso é manipulação midiática dos fatos. Eu os amava, sempre ficava chocado com o cabelo comprido deles."

The Man-Machine - Kraftwerk

"No ano passado, conheci um dos membros do Kraftwerk e fiquei muito surpreso: eles não eram nada como eu os imaginava pelas capas dos álbuns! Eles estavam usando o que eu chamaria de camisas dos Beach Boys. De um jeito estranho e distorcido, eles disseram que eu tive uma certa influência sobre eles; eu não acreditei nem por um segundo, mas vou aceitar. Eu amava tudo deles! Sua maneira fria e sem emoção de apresentar a música pop sempre me divertiu — era tão novo, irônico, cínico e meio que acolhedor... tão à frente de seu tempo."

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 6

Killer - Alice Cooper

"Killer" (1971) é o quarto álbum de estúdio de Alice Cooper, um dos primeiros a apresentar o hard rock teatral que se tornou a marca registrada de seu vocalista. Inclui clássicos como "Under My Wheels" e "Be My Lover".

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Sex Pistols: John Lydon ajudou a aumentar venda de manteiga

Bandas: em vídeo, dez trolagens épicas feitas no palco


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre André Garcia

Sou redator e tradutor freelancer e escritor, autor do livro de contos Liber IMP. Ouço rock desde pequeno, leio coisas sobre bandas desde sempre e escrevo sobre ela já tem anos. Cresci como fã de Iron Maiden e paladino do rock, mas já me tratei. Hoje sou fã de nomes como Beatles, David Bowie, The Cure, Kraftwerk e Velvet Underground, e de cenas como a Londres psicodélica, a Nova Iorque proto-punk e a Manchester pós-punk. Escrevo notas e notícias rápidas para o Whiplash.Net visando compartilhar conteúdo relevante sobre música e cultura pop.
Mais matérias de André Garcia.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS