Retrospectiva: As 10 histórias mais marcantes do rock e metal em 2015

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Testa, Fonte: Loudwire
Enviar correções  |  Ver Acessos

A loudwire fez uma compilação com os casos que causaram maior repercussão no ano de 2015. Confira.

Dio: as músicas de Heavy Metal/Rock favoritas do vocalistaCâncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

10- Kerry King VS Organização do Mayhem Festival

O co-fundador do Mayhem Fest, Kevin Lyman, disse que o metal está se tornando "cinzento, gordo e careca" por causa da dificuldade de se conseguir montar festivais de metal acusando as bandas maiores de não dar qualquer desconto no cachê para ajudar a cena a ir para frente.

O guitarrista do Slayer, Kerry King, que seria headliner do festival, disse: "Se eu acho que esse festival não foi organizado corretamente? Eu absolutamente sei que esse festival não foi organizado corretamente." E ele continou a bater de frente com a organização, com a qualidade do lineup e com o pagamento dos cachês. O Slayer continuou sendo headliner, fazendo com que algumas das outras bandas do lineup atacassem o guitarrista do Slayer por suas palavras.

9- As mortes dos bateristas A.J. Pero e Phil Taylor

O metal perdeu dois bateristas renomados este ano. A.J. Pero, baterista do Twisted Sister e do Adrenaline Mob, e também Phil Taylor, baterista do Motorhead.

8- Dave Grohl entra em turnê com a perna quebrada

Após uma queda feia no palco que resultou em uma perna quebrada, o frontman do Foo Fighters, Dave Grohl, deu uma demonstração de amor e respeito aos seus fãs não cancelando a turnê marcada para a América do Norte. O vocalista se apresentava sentado. Até trono à lá Game of Thrones teve.

7- Turnê de despedida do Motley Crue

O Motley Crue anunciou oficialmente, com direito a compromisso na justiça, que 2015 marca a última turnê da banda. Os norte-americanos estão fazendo shows pelo mundo inteiro de maneira ininterrupta tendo Alice Cooper como suporte. A turnê termina na virada de ano.

6- Disturbed voltou!

O Disturbed surpreendeu a todos quando anunciou que o hiato da banda havia terminado. Para marcar ainda mais o retorno do banda, álbum novo lançado com direito a posição número 1 na Billboard. Sucesso absoluto.

5- O desastre no clube romeno

A banda de metal Goodbye to Gravity se apresentava em uma casa de shows em Bucareste quando foi usado pirotecnia. A casa começou a pegar fogo, que se espalhou rapidamente pelo local. O pânico se espalhou e muitas pessoas morreram pisoteadas. 50 pessoas morreram, inclusive toda a banda exceto o vocalista Andrei Galut, que teve 45% do corpo queimado.

4- Slash e Axl Rose voltaram a ser amigos

Essa poderia ser a história do ano se os rumores de reunião se confirmassem, mas a troca de mensagens amigáveis entre Axl e Slash deixou os fãs malucos por novidades. Slash disse que resolveu todos os problemas que tinha com Axl. As saídas de DJ Ashba e Bumblefoot só jogaram lenha na fogueira para a tão esperada reunião clássica.

3- Bruce Dickinson derrotou o câncer

Bruce Dickinson, vocalista do Iron Maiden, foi diagnosticado com câncer na garganta, o que preocupou os milhões de fãs da donzela pelo mundo. Porém, a doença foi identificada muito precocemente, o frontman passou por sete semanas de tratamento e o câncer foi eliminado.

2- Scott Weiland morreu aos 48 anos de idade

Enquanto viajava com seu grupo solo, Scott Weiland and the Wildabouts, o ex-vocalista do Stone Temple Pilots e do Velvet Revolver foi encontrado morto em seu ônibus de turnê. Muitas drogas foram encontradas em seu quarto, incluindo cocaína, pílulas para dormir e remédios prescritos para tratamento de seus problemas de esquizofrenia.

1- O ataque terrorista no Bataclan

Durante os ataques terroristas em Paris realizados pelo Estado Islâmico, o Bataclan, uma casa de shows em Paris, foi atacada por vários homens armados com fuzis. O Eagles of Death Metal se apresentava e a casa estava cheia. Os terroristas atiraram indiscriminadamente, matando todos que viam pela frente. 130 pessoas morreram no ataque. A banda conseguiu fugir.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Maiores e MelhoresTodas as matérias sobre "Eagles Of Death Metal"Todas as matérias sobre "Scott Weiland"Todas as matérias sobre "Bruce Dickinson"Todas as matérias sobre "Iron Maiden"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"Todas as matérias sobre "Slash"


Scott Weiland: Duff McKagan salvou vocalista em outra épocaScott Weiland
Duff McKagan salvou vocalista em outra época

Metallica: Slash acha Garage Days um dos melhores discos de covers em todos os temposMetallica
Slash acha Garage Days um dos melhores discos de covers em todos os tempos


Dio: as músicas de Heavy Metal/Rock favoritas do vocalistaDio
As músicas de Heavy Metal/Rock favoritas do vocalista

Câncer na língua: entenda a doença de Bruce DickinsonCâncer na língua
Entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Rafael Testa

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, tem 23 anos, é estudante de sistemas de informação e torcedor fanático do Vasco da Gama e do Tupi Football Club. Se interessou por rock/metal depois do grande tio Roney mostrar-lhe o Iron Maiden. Tem o gosto musical muito variado, curte do thrash metal do Slayer ao metalcore do All That Remains. Acredita que existem bandas boas atualmente e faz questão de apresentá-las.

Mais matérias de Rafael Testa no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor