Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemVeja Iron Maiden tocando músicas do "Senjutsu" pela primeira vez ao vivo

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park


Stamp

Scum Webzine: as mulheres brasileiras com as vozes mais brutais

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Fonte: Scum Webzine
Em 28/02/13

O Scum Webzine fez uma pequena lista com mulheres que, à frente de bandas de metal, teriam vocais mais brutais que muitos colegas do sexo masculino. Como toda lista é naturalmente limitada, inclua mais bandas lideradas por mulheres nos comentários.

Conheça abaixo o Top 5 de mulheres brasileiras com vocais brutais escolhido pelo site.

5- MIASTHENIA

Gênero: Black Metal
Vocal: Hécate
Contato: https://www.facebook.com/miasthenia

4- NO REST

Gênero: Punk/Crust
Vocal: Aline
Contato: http://tramavirtual.uol.com.br/artistas/no_rest


3- VALHALLA

Gênero: Death Metal
Vocal: Caroline
Contato: http://www.myspace.com/valhalladeathmetal

2- INSANITY FORCE

Gênero: Death/Grindcore
Vocal: Jaqueline
Contato: http://www.myspace.com/insanityforceband

1- NO SENSE

Gênero: Grindcore
Vocal: Marli
Contato: https://www.facebook.com/nosensegrindcore

A participação de Marly Cardoso (NO SENSE) em um dueto com a banda OBSKURE e em uma mesa redonda sobre a participação feminina no mundo do metal foi um dos pontos altos do festival ForCaos 2012, realizado em Fortaleza em junho de 2012. Hécate e o MIASTHENIA, por sua vez, são a atração principal do Gallery Festival, também em Fortaleza, que acontecerá em abril deste ano.

Todo o mérito das escolhas é do Scum Webzine. Para ler mais matérias produzidas pelo site, acesse:

http://scumwebzine.blogspot.com.br/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp



Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva.