Queen: We Are the Champions é a música mais grudenta

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Site do LoKaos Rock Show
Enviar correções  |  Comentários  | 

“We Are The Champions” do QUEEN é a música mais grudenta já escrita, de acordo com uma nova pesquisa científica publicada em outubro de 2011.

773 acessosRock: gênero é um trintão decadente, segundo Spotify5000 acessosCristina Scabbia: cantora fala sobre seus seios e Playboy

Cientistas das Goldsmiths University conduziram uma pesquisa sobre o que torna uma música memorável e compilaram uma lista das dez canções mais ‘grudentas’ de todos os tempos, diz o site da Press Association.

De modo a obter tais resultados, eles observaram milhares de voluntários cantando uma lista de faixas selecionadas.

Ao longo da pesquisa, eles descobriram que músicas para se acompanhar cantando continham quatro elementos: frases longas e detalhadas, múltiplas mudanças de tom no segmento mais destacado da faixa, vocalistas masculinos e vozes masculinas mais altas fazendo um esforço vocal notável.

Usando tal fórmula, os cientistas descobriram que ‘We Are The Champions’ foi a faixa que as pessoas mais eram propensas a acompanhar cantando. Ela foi seguida de ‘Y.M.C.A.’ do Village People, ‘Fat Lip’ do Sum 41, ‘The Final Countdown’ do Europe, e ‘Monster’ do The Automatic.

O psicólogo musical Dr. Daniel Mullensiefen comentou os resultados:

“Todo sucesso musical baseia-se em matemática, ciência, engenharia e tecnologia, da física e as frequências do som que determinam tom e harmonia, até os processadores digitais e sintetizadores de alta tecnologia que podem acrescentar efeitos e tornarem uma canção mais ganchuda.”

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores. :-)

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 30 de março de 2013
Post de 08 de novembro de 2014

Vanilla IceVanilla Ice
Rapper diz que "Under Pressure", do Queen, agora é dele

773 acessosRock: gênero é um trintão decadente, segundo Spotify686 acessosGreen Day: 65 mil cantando "Bohemian Rhapsody" durante show254 acessosQueen: veja lyric video oficial de "Killer Queen"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Queen"

SketchSheSketchShe
Uma versão de "Bohemian Rhapsody" com humor e peitos

QueenQueen
Mashup Acapella com 12 hits em 4 minutos por brasileiro

The SunThe Sun
Os dez melhores riffs da história do Rock

0 acessosTodas as matérias da seção Maiores e Melhores0 acessosTodas as matérias sobre "Queen"

Cristina ScabbiaCristina Scabbia
Cantora fala sobre seus seios e Playboy

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
Comendo oferenda de macumba no Rock in Rio I

Black MetalBlack Metal
O cotidiano fascinante dos fãs adolescentes

5000 acessosAxl Rose: sugerindo prática oral sexual a Paul Stanley5000 acessosLuxúria: uma lista de alguns dos clipes mais sexys da história5000 acessosCorey Taylor: "não comprem a playboy da Lindsay Lohan"5000 acessosKiss sobre Secos e Molhados: "há quem acredite em OVNIs"5000 acessosRodolfo Abrantes: "Raimundos como banda não me interessa"5000 acessosGuns N' Roses: assista os primórdios da banda em 1986

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online