Matérias Mais Lidas

Sepultura: Max Cavalera admite que copiou Black Sabbath em Roots Bloody RootsSepultura
Max Cavalera admite que copiou Black Sabbath em "Roots Bloody Roots"

Michael Sweet: um post nas redes que pode ser sobre o também cristão David EllefsonMichael Sweet
Um post nas redes que pode ser sobre o também cristão David Ellefson

João Gordo: ele comenta treta com Digão do Raimundos, que o chamou de pela sacoJoão Gordo
Ele comenta treta com Digão do Raimundos, que o chamou de "pela saco"

Rodox: quando baterista estragou show da banda após João Gordo vê-lo rezandoRodox
Quando baterista estragou show da banda após João Gordo vê-lo rezando

Iron Maiden: banda não será incluída no Rock And Roll Hall Of Fame em 2021Iron Maiden
Banda não será incluída no Rock And Roll Hall Of Fame em 2021

Raimundos: Digão revela que recebeu proposta astronômica para reunião com RodolfoRaimundos
Digão revela que recebeu proposta "astronômica" para reunião com Rodolfo

Cavalera Conspiracy: Max confessa que mentiu a Iggor sobre primeiro álbum da parceriaCavalera Conspiracy
Max confessa que mentiu a Iggor sobre primeiro álbum da parceria

KK's Priest: banda divulga música, data, capa e tracklist do primeiro álbumKK's Priest
Banda divulga música, data, capa e tracklist do primeiro álbum

Max Cavalera: como ele desistiu de detonar o Sepultura em Eye for an Eye, do SoulflyMax Cavalera
Como ele desistiu de detonar o Sepultura em "Eye for an Eye", do Soulfly

Nirvana: por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da bandaNirvana
Por que, até hoje, Dave Grohl não canta músicas da banda

Iron Maiden: a reação de Steve Harris ao ouvir clássico de Bruce DickinsonIron Maiden
A reação de Steve Harris ao ouvir clássico de Bruce Dickinson

Sepultura: ideia de Refuse/Resist surgiu de uma jaqueta, conta Max CavaleraSepultura
Ideia de "Refuse/Resist" surgiu de uma jaqueta, conta Max Cavalera

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas
A história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Kiss: Vinnie Vincent está vendendo suas letras manuscritas por 50 mil dólaresKiss
Vinnie Vincent está vendendo suas letras manuscritas por 50 mil dólares

Edu Falaschi: Anunciadas datas de lançamento do álbum Vera Cruz e linha de produtosEdu Falaschi
Anunciadas datas de lançamento do álbum "Vera Cruz" e linha de produtos


Stamp
Edu Falaschi - Vera Cruz
Pentral

Henrik Flyman: entrevista com o guitarrista

Por Karina Pinotti
Fonte: Lacrimaniacos Brasil
Em 28/01/15

Henrik Flyman aceitou conceder uma entrevista a mim, então juntei as melhores perguntas e ideias e enviei a ele 8 perguntas que ele respondeu atenciosamente, ele fala sobre suas experiencias, Brasil e planos para 2015 com Evil Masquerade e Lacrimosa.

Não deixe de ler e também "Curtir, Compartilhar" e apoiar a pagina da Banda e do FC no Brasil, os links estarão no final da publicação após a entrevista.

(Tradução e Entrevista: Karina Pinotti) Agradeço a todos que enviaram as perguntas.

1 - Como você define o seu estilo musical?
HF - Eu não. Deixo isso para os ouvintes decidirem. Dependendo de onde as pessoas são, muitas vezes eles têm preferências diferentes sobre o que chamam de música. A música que eu escrevo em Evil Masquerade tem raízes claras no hard rock e no metal, mas também música clássica, música folk, rock, pop e muito mais. Eu gosto da variação.

2 - Como começou sua carreira musical, quem te inspirou musicalmente, e qual foi sua maior dificuldade no inicio da sua carreira?
HF - Eu comecei a tocar flauta com 10 anos de idade, piano aos 11, bateria aos 13, guitarra aos 14 anos e logo após também baixo e teclado. Desde os últimos 10 anos eu também canto um pouco. Eu sempre fui fascinado por canções e melodias que grudam no meu cérebro. Isso é definitivamente a minha maior inspiração. O estilo não é tão importante. Eu gosto de compositores como Benny Andersson (ABBA), Ritchie Blackmore (Rainbow), JS Bach and Tony Iommi (Black Sabbath). Junto com vários outros. Esta lista poderia ser muito longa.

3 - Quando começou a estudar música e a estudar guitarra? Possui alguma outra aptidão?
HF - Eu sou mais um autodidata. Eu tive um ano de flauta e cinco anos de aulas de piano quando era criança, uma hora por semana, mas isso é tudo. A melhor maneira para eu aprender é me manter ativo e sempre tentar melhorar.

4 - Qual é a sensação de saber que você está lá no palco tocando para um monte de fãs que estão amando e apreciando cada canção tocada com Lacrimosa e Evil Masquerade?
HF - Estou, naturalmente, muito grato por isso. É muito legal chegar a atender a todas as pessoas que estão apoiando a música. É também uma maneira fantástica de ver o mundo. Eu comecei a visitar um monte de lugares que eu nunca teria visto se não fosse pela música.

5 – Como você descreveria as diferenças entre tocar no Lacrimosa e no Evil Masquerade? Você em algum momento que sentiu alguma dificuldade em conciliar as duas bandas?
HF - É uma combinação perfeita para mim. As duas bandas são muito diferentes o que é muito importante. Recebo toneladas de inspirações de ambas as bandas. Evil Masquerade é grande porque é a minha própria banda desde o início. Comecei a banda há 10 anos e eu tenho aprendido muito como compositor, músico e produtor. Ele também tem sido extremamente educativo sendo o líder da banda, que é responsável por manter as coisas em conjunto. Lacrimosa é ótimo, porque eu comecei a jogar coisas que eu mesmo não escrevi. Eu desfruto da liberdade de ter apenas que se concentrar em tocar o meu instrumento, uma vez que todo o resto já esta sendo cuidado. Tenho viajado por todo o mundo várias vezes com Lacrimosa e eu fiz muitos novos bons amigos desde que eu comecei há 6 anos - tanto dentro como fora da banda. Eu só tenho coisas boas a dizer. Nunca houve um problema em tocar tanto no Lacrimosa e Evil Masquerade. É apenas uma questão de um bom planejamento. Eu realmente gosto de tocar em ambas as bandas.

6 - Quando você veio ao Brasil qual a imagem que teve sobre o país e as pessoas que aqui vivem? E como você pensa que seria um show de Evil Masquerade no Brasil?
HF - Sempre foi uma ótima experiência tocar no Brasil com Lacrimosa. Tenho a sensação de que as pessoas estão sinceramente interessadas em música. O Brasil também é um dos países da americalatina líder para apoiar Evil Masquerade. Até agora eu só visitei São Paulo, mas eu realmente gostaria de ver mais do Brasil, assim que eu tiver a chance de fazê-lo. Eu sei que vocês têm alguns festivais muito legais ai que seriam perfeitos para Evil Masquerade. Eu me sinto bastante seguro de que oEvill Masquerade seria bem recebido no Brasil. E eu, claro, também estou ansioso para voltar com Lacrimosa.

7 - Poderia nos dizer quais são seus próximos planos e projetos?
HF - Neste momento estamos a reservar os primeiros shows para 2015 com o Evil Masquerade. Temos alguns outros projetos interessantes chegando, bem como - e eu também estou compondo para o nosso sétimo álbum de estúdio, que espero que venha a ser lançado este ano. Vamos ver como vai ser. Lacrimosa não anunciou nada oficial ainda, mas desde que 2015 é um ano de aniversário Eu acho que é provável que algo emocionante vai acontecer. Em outras palavras, esse vai ser um ano muito ativo para mim.

8 – Deixe uma mensagem para os seus fans no Brasil.
Muito obrigado por apoiar a música. Estou ansioso para voltar.

EVIL MASQUERADE - https://www.facebook.com/evilmasquerade
Suporte e Fanclube Brasil - https://www.facebook.com/evilmasqueradelacrimaniacospage

Essa entrevista foi realizada por Karina Pinotti especialmente para o FanClube Lacrimaniacos Brasil - Se deseja publicar a entrevista em sua página ou blog pode usar desde que coloque a fonte.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

MOPD
Arte Musical
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista


Sobre Karina Pinotti

Sou Karina Pinotti e escuto música clássica e rock desde sempre graças a meus país e avô, amo a combinação desses dois estilos e a minha banda favorita é Lacrimosa da qual eu coleciono qualquer coisa como CD, DVD, Vhs, Fitas k7, Revistas, Vinyl e itens raros. Também tenho um Fanclube dedicado a eles, o Lacrimaniacos Brasil, que vem recebendo reconhecimento e um carinho imenso da banda.

Mais matérias de Karina Pinotti no Whiplash.Net.