In Flames: novo álbum é um resumo de tudo que já fizeram

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fabio Diniz, Fonte: In Flames Brasil, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Steven Rosen do Ultimate-Guitar.com fez uma entrevista com o guitarrista Björn Gelotte do In Flames. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloBatom, laquê...: Como formar uma banda de Hard Rock em 69 lições

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ultimate-Guitar.com: O que levou você a voltar para o estúdio e gravar o álbum "Siren Charms"?

Gelotte: Foi uma coisa de tempo. Para esta gravação, nós sequer imaginávamos quando começaríamos a gravar. Em primeiro lugar, estávamos extremamente preguiçosos - ou eu sou - por isso, quando estamos em turnê eu não escrevo nada. Então eu meio que preciso de um tempo para começar. Como, "Vamos gravar em outubro, então é melhor começar a escrever." Eu preciso disso. Tivemos um tempo de folga e nós dissemos: "Uau, seria bom ter uma nova gravação para as turnês daqui pra frente."

Ultimate-Guitar.com: Você tem sempre alguma ideia de música para tudo?

Gelotte: Eu tinha várias ideias de riff que não usei em gravações. Mas eu comecei a fazer lentamente isso.

Ultimate-Guitar.com: Por que você decidiu gravar no Hansa Studios [U2, David Bowie] em Berlim?

Gelotte: Anders estava por lá [Berlim] e acabou visitando o lugar, e teve que ver todas as comodidades e conhecer as pessoas que trabalhavam lá e ele simplesmente ficou apaixonado. Hoje, as gravações não são a mesma coisa que era há 10 ou 15 anos atrás. Você normalmente não vai para o estúdio com isto. Você não precisa ir para um estúdio para fazer algo "ok"

Ultimate-Guitar.com: Agora você pode gravar praticamente em seu porão com um som incrível.

Gelotte: Havia algo na atmosfera. Estar em Berlim por seis semanas e estar naquele estúdio fantástico onde todas essas gravações fantásticas tinha sido feitas, acaba acrescentando algo ao som. Eu realmente não posso apontar o que realmente é. Eu sei que isso ajudou o Anders a fazer um negócio muito grande, só de estar lá e ter a atmosfera para entrar no clima certo, eu acho.

Ultimate-Guitar.com: Você estava nessa "atmosfera" também?

Gelotte: Para mim, era mais do que um "lugar legal" para estar. Eu fui em não sei quantos shows, porque toda banda do mundo parece estar em turnê por Berlim e eu consigo viver com isso. E eles têm uma ótima comida, belas cervejas e um várias pessoas incríveis. Então eu tive uma explosão por lá.

Ultimate-Guitar.com: O IN FLAMES é uma das bandas que creditam como a "criadora do death metal melódico", mas vocês são totalmente diferentes de outras bandas neste estilo.

Gelotte: É porque nós gostamos do que fazemos. Não estou dizendo que outras bandas não façam isso, mas assistimos uma porrada de coisas e você aprende muito com isso. Não só por ver outras bandas, mas sobre si mesmo, suas letras, como as estruturas da canção poderiam ser, como eles podem ajudá-lo e como o show poderia se beneficiar para ter mais dinâmica. E quando você escuta e olha para outras bandas, você aprende a partir de suas boas ideias e, talvez, até mesmo a partir do que você pode aprender sobre os seus erros. Eu acho que é muito importante tocar ao vivo. É aí que você realmente destila o seu som um pouco e também evolui.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ultimate-Guitar.com: IN FLAMES passou por uma série de mudanças importantes, e você deve estar muito orgulhoso com o que você fez no álbum "Siren Charms".

Gelotte: É o melhor que temos feito até o momento, obviamente, porque é o mais fresco. Meio que nos retrata como músicos e como estamos agora, não só tocando com inteligência, mas escrevendo com mais sensatez. Este é o lugar onde estamos agora, e é uma grande declaração e sumarização de tudo o que fizemos sem olhar para trás, para as raízes. Tudo o que fizemos nos colocou aqui, neste modo e nesta forma de escrever. Então, é claro, estou extremamente orgulhoso por este álbum.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "In Flames"


Patinhos feios: grandes álbuns que são subestimados - Parte 1Patinhos feios
Grandes álbuns que são subestimados - Parte 1

Metal Hammer: As melhores músicas da história do Death MetalMetal Hammer
As melhores músicas da história do Death Metal


Metal Progressivo: os dez melhores álbuns do estiloMetal Progressivo
Os dez melhores álbuns do estilo

Batom, laquê...: Como formar uma banda de Hard Rock em 69 liçõesBatom, laquê...
Como formar uma banda de Hard Rock em 69 lições


Sobre Fabio Diniz

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280