Nightwish: "já tenho os títulos das músicas do novo álbum"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Leila Oschvat, Fonte: Terrorizer, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 


A revista Terrorizer do Reino Unido recentemente fez uma matéria com o tecladista do NIGHTWISH, Tuomas Holopainen. Alguns trechos da entrevista seguem abaixo:
1600 acessosTarja Turunen: trazendo novamente ao Brasil uma boa turnê solo5000 acessosDead Fish: A proposta mais indecente que a banda já recebeu pelo Facebook

Terrorizer: Você conseguiu. O último show da turnê 'Dark Passion Play' acabou. Você está oficialmente de 'férias'. Como se sente?

Tuomas: "Não dormi na noite anterior e nem na noite passada. Você sabe que é uma coisa estranha, dois anos na estrada e chega o último show onde você está muito assustado e ao mesmo tempo excitado. E tudo vai bem como o planejado, é um grande alívio, e uma grande sensação de tristeza ao mesmo tempo que você nem sabe como se sentir. É como se você estivesse na melhor prisão da Terra e depois de dois anos quando finalmente está livre não soubesse o que fazer. O show de ontem [na Hartwall Arena em Helsinki], eu acho que foi um dos três melhores que já fizemos".

Terrorizer: Então, agora é voltar para o estúdio, procede?

Tuomas: "Sim, mas antes, em mais ou menos duas semanas eu vou para o Mediterrâneo para fazer uma viagem de barco com o meu pai e meu tio. É uma coisa de família, os homens e o mar, é isso. Vai ser divertido, no Mediterrâneo, na Turquia e na Grécia, e uma semana depois disso nós vamos para a Austrália por seis semanas, depois disso já é quase Natal. Então em janeiro eu vou para Orlando para visitar o Pato Donald, o Pateta e o Mickey e depois disso vou ver os caras..."

Terrorizer: Então... depois do "encontro anual com os personagens de desenhos", o que você fará?

Tuomas: "Bem, depois iniciarei os trabalhos do próximo álbum onde trabalharei 24 horas por dia, sete dias por semana e nós já temos marcado o próximo local de ensaio, que vai acontecer em julho/agosto no próximo ano e depois nós teremos livre o mês de setembro e vamos entrar no estúdio no começo de outubro. Esta é a ideia".

Terrorizer: A última vez que você começou um novo álbum não sabia quem seria o vocalista. Sente como se agora fosse um processo diferente? Está feliz por ter que voltar novamente à prancheta?

Tuomas: "Muito, muito feliz, é tanta luz no fim do túnel. Eu já tenho uma clara visão do próximo álbum, o que parece muito estranho mas eu já tenho o título de todas as músicas do disco. Eu sei quantas músicas serão. Eu tenho quatro já prontas mesmo sabendo que ainda é só o começo, mas eu já tenho uma idéia de como será o álbum, e ainda será Metal, mas eu acho que vai ser um pouco menos sombrio que 'Dark Passion Play'".

Terrorizer: Menos sombrio - mais músicas pop? Sem mais composições sinfónicas épicas? Deve ser uma maldição escrevê-las.

Tuomas: "Não, elas surgem facilmente para mim. Eu lembro de 'Creek Maru's Blood', são oito minutos e meio mas veio em duas horas. 'The Poet and the Pendulum' somente em alguns dias, a mesma coisa aconteceu com 'Ghost Love Score', essa veio naturalmente, eu não sei. Mas enfim, uma música como 'Nemo', eu não conseguia fazê-la. Eu trabalhei por meses
e meses e são só 4 minutos".

Terrorizer: Dez anos atrás vocês pensavam em ser headliners no Hartwall, como fizeram noite passada?

Tuomas: "Nunca pensei nisso, nenhum de nós imaginou que isso aconteceria. Eu estudava biologia na universidade e era pra eu supostamente ser um cientista maluco. Jukka estava fazendo computação na universidade e Emppu estava trabalhando em uma fábrica de carpetes em... não importa. Todos estavamos tocando por diversão e encontramos nosso próprio ritmo e tudo ficou fora de controle. Saímos da faculdade e começamos a viver disso 24 horas por dia, sete dias por semana e isso trouxe vantagens e desvantagens. A desvantagem é que sempre fomos ingênuos, mas a vantagem é que nós fomos sinceros ao mesmo tempo porque não tinhamos nenhuma expectativa e isso nunca foi uma coisa possessiva. Sabe, nós nunca tentamos ganhar nada além de prazer por tocar, e bebida de graça".

Terrorizer: Vocês sempre ficam irritados com a fama?

Tuomas: "Sim, nós ficamos, você precisa ser um pouco mais cuidadoso com o que você faz aqui do que em outros países. Eu não posso mais urinar publicamente. Bem, sempre se pode dizer que é uma questão de cuidados na escolha mas às vezes, soa como se há duas semanas atrás havia uma história de três páginas sobre a minha casa e de repente eles contratam um helicóptero pra sobrevoar a minha casa e tirar fotos. Esse tipo de coisa me incomoda um pouco, e eles sabem como chegar a minha casa".

Terrorizer: Isso é algo que tem afetado muitos músicos de Metal na Finlândia?

Tuomas: "Eu acho que Him e The Rasmus, talvez. A mídia tem sido bem legal conosco atualmente, embora às vezes magoe um pouco, especialmente este negócio da casa quando eles tem ido à minha casa para filma-la de todas as direções e filmar tudo. Assim já é demais".

A matéria completa (em inglês) pode ser lida neste link.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Tarja TurunenTarja Turunen
Trazendo novamente ao Brasil uma boa turnê solo

1311 acessosTarja Turunen: Como foi a apresentação da cantora em São Paulo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nightwish"

Separadas no nascimentoSeparadas no nascimento
Björk e Anette Olson, do Nightwish

Floor JansenFloor Jansen
Ela acha Slayer horrível e entediante

Symphonic MetalSymphonic Metal
As dez cantoras mais influentes e impressionantes

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Nightwish"

Dead FishDead Fish
A proposta mais indecente que a banda já recebeu

Raul SeixasRaul Seixas
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Teoria da ConspiraçãoTeoria da Conspiração
Slipknot troca membros em shows ao vivo?

5000 acessosMetal/Hard: Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais5000 acessosRodolfo Abrantes: "Raimundos como banda não me interessa"5000 acessosFama: 5 bandas que são grandes no exterior e nem tanto no Brasil5000 acessosRoadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadora5000 acessosJudas Priest: KK Downing fala sobre os motivos da saída5000 acessosBlind Melon: 'Dream Theater? Desliga essa porra!'

Sobre Leila Oschvat

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online