Matérias Mais Lidas

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemIron Maiden faz mais um show da "Legacy Of The Beast World Tour"; veja setlist

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagem"Eu realmente não tenho fé na humanidade", diz Schmier, vocalista do Destruction

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemQuem foi o brasileiro a tocar a guitarra de três braços antes do Steve Vai?

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemTodos os discos do Nightwish, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer


Stamp

Halford: "Somos quem somos. Eu ainda sou a mesma pessoa."

Por Karina Detrigiachi
Fonte: San Francisco Chronicle
Em 01/08/09

O vocalista do JUDAS PRIEST, Rob Halford, recentemente concedeu uma entrevista ao "Chronicle" de São Francisco, e abaixo podem ser conferidos alguns trechos da conversa.

Nesta turnê vocês estão tocando o álbum "British Steel", que foi lançado há trinta anos. Houve alguma mudança referente ao camarim?

Halford: "Na verdade, nada mudou. Acho que, de certa forma, locais, hotéis e outras coisas do tipo em certo ponto alcançaram uma espécie de patamar, e nós alcançamos o nosso há alguns anos atrás. A melhor parte disso é quando você anda pelo palco e toca metal. Trinta anos depois e as músicas ainda estão ferozes. Nós vamos até lá e destruímos tudo."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como você ainda alcança as notas altas?

Halford: "Bem, eu não consigo alcançar todas as notas. Mas minha voz é um instrumento, e você tem que fazer o possível para cuidar dela. Eu parei de fumar. Eu não bebo. Eu superei todos os vícios. Eu já grito a plenos pulmões há 38 anos, mas eles ainda funcionam e estão em boa forma".

Agora as pessoas estão realmente levando o JUDAS PRIST a sério. Isto te enfurece?

Halford: "Não acho que isso seja estranho. Não tínhamos idéia de que estaríamos nessa por tanto tempo. Não fomos uma sensação passageira. Você tem que trabalhar duro pra chegar até aqui. Estamos em um bom momento, mas isso não muda nada".

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Agora que as coisas estão indo bem, você gostaria de ter permanecido na banda durante todo o tempo e que o Marky Mark não tivesse feito o terrível filme "Rock Star"?

Halford: "Acho que a última coisa que se pode querer na vida é viver com arrependimentos. Nós conversamos sobre aquela época e todos lamentamos por ela, deveríamos apenas ter dado um tempo. Mas eu era capaz de realizar os meus sonhos e ambições fazendo algumas músicas sozinho e eu utilizei todas essas experiências. Você não consegue realmente avaliar sua banda até estar fora dela".

E quando questionado se ele ficou surpreso com o fato das pessoas terem ficado surpresas quando ele anunciou seu homossexualismo em 1998 através da MTV:

Halford: "A partir da minha perspectiva, eu nunca entendi o significado. Foi um momento não planejado. Eu estava na TV e disse ‘Falando como um cara gay...’. Somente 48 horas depois eu pude perceber a explosão que tinha criado. Nunca passou pela minha cabeça que alguém ligaria para isso, eu já estava aceito. Essa parte de mim já não era mais um problema. Somos quem somos. Eu ainda sou a mesma pessoa".

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

A matéria completa (em inglês) está no link abaixo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Judas Priest: 10 composições que merecem mais atenção, pela Ultimate Guitar

Fight: "Halford precisa encontrar o momento certo para um retorno", diz Jay Jay Brown




Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi.