Matérias Mais Lidas

Dio: o dia em que tomou bolo da Mtv e foi tomar sopa em churrascaria no BrasilDio: o dia em que tomou bolo da Mtv e foi tomar sopa em churrascaria no Brasil

Possessed: após 30 anos em cadeira de rodas, Jeff Becerra volta a andarPossessed: após 30 anos em cadeira de rodas, Jeff Becerra volta a andar

Iron Maiden: Nicko diz a reação da banda quando um produtor fala que uma música é longaIron Maiden: Nicko diz a reação da banda quando um produtor fala que uma música é longa

Guns N' Roses: Axl Rose culpa intoxicação alimentar por performance ruim em ChicagoGuns N' Roses: Axl Rose culpa intoxicação alimentar por performance ruim em Chicago

Raimundos: por que Rodolfo não queria gravar Selim e como foi convencido do contrárioRaimundos: por que Rodolfo não queria gravar "Selim" e como foi convencido do contrário

Lista: 5 álbuns de metal que serão lançados em outubro e merecem sua atençãoLista: 5 álbuns de metal que serão lançados em outubro e merecem sua atenção

Kirk Hammett: ele descreve com detalhes briga de Axl Rose e Kurt Cobain no VMA 1992Kirk Hammett: ele descreve com detalhes briga de Axl Rose e Kurt Cobain no VMA 1992

Judas Priest: confira show em Michigan cheio de raridadesJudas Priest: confira show em Michigan cheio de raridades

Metallica: por que The Blacklist foi gravado por artistas de tantos estilos?Metallica: por que "The Blacklist" foi gravado por artistas de tantos estilos?

Freddie Mercury: um relato detalhado sobre as suas últimas horasFreddie Mercury: um relato detalhado sobre as suas últimas horas

Rush: como eles dividiam grana das composições e como eram os egos, segundo Geddy LeeRush: como eles dividiam grana das composições e como eram os egos, segundo Geddy Lee

Soulfly: Marc critica inatividade na pandemia; poderiam ter feito como o SepulturaSoulfly: Marc critica inatividade na pandemia; "poderiam ter feito como o Sepultura"

Matanza: do dinheiro ao cansaço, Jimmy London conta por que a banda acabouMatanza: do dinheiro ao cansaço, Jimmy London conta por que a banda acabou

Metallica: Hetfield reage a torcida que cantou Enter Sandman e distorceu sismógrafoMetallica: Hetfield reage a torcida que cantou Enter Sandman e distorceu sismógrafo

Sepultura: quando Steve Vai ficou travado ao tentar tocar Roots Bloody RootsSepultura: quando Steve Vai ficou travado ao tentar tocar "Roots Bloody Roots"


Tunecore 2

Extreme: "sempre soubemos que nos reuniríamos um dia"

Por Thiago Coutinho
Fonte: Blistering.com
Em 14/08/08

O vocalista do EXTREME, Gary Cherone, falou recentemente com o site Blistering.com a respeito da volta do grupo, que lançou ontem seu novo álbum de estúdio, "Saudades de Rock". Confira os principais excertos do bate-papo logo a seguir.

Blistering.com — Por que a banda decidiu que agora era o momento certo para reativar o EXTREME?

Gary Cherone: "Na verdade, é bem engraçado. Não houve brigas quando o EXTREME acabou. Sempre fomos como irmãos, e fãs mútuos dos projetos que realizamos ao longo dos anos. Sempre soubemos que o EXTREME estaria junto novamente. Nunca foi uma questão de ‘se’ aconteceria. Era mais uma questão de ‘quando’. E nos últimos anos estávamos nos colidindo com mais freqüência. Fizemos diversos shows entre 2005 e 2006, mas nos últimos três ou quatro anos isso ficou mais assíduo. E foi quando comecei a ficar mais em cima do Nuno sobre isso! [risos] Eu lhe disse que se íamos fazer as coisas, então que fizéssemos de uma vez! Simples assim. Ele tinha saído do projeto com o Perry Farrell, o SATELLITE PARTY. Para dizer a verdade, até que ele saiu antes do que eu esperava. Então, começamos a gravar no fim de 2007. Mas mesmo antes disso, compusemos bastante coisa. Tínhamos diversas sessões de composição quando ele vinha a Boston ou eu a Los Angeles. Foi sempre esse tipo de relação. Mas o que sempre nos motivou a voltar com o EXTREME foi um trato feito entre mim e o Nuno. Ambos decidimos há muito tempo que se voltássemos com a banda deveríamos apresentar música nova. E agora era a hora, e até nos surpreendemos com a quantidade de material que compusemos".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Blistering.com — Então, mesmo com vocês se reunindo ao longo dos anos, não esperaram se juntar em um sala para começar a compor?

Gary Cherone: "Foi exatamente isso. Bettencourt e eu nos reuníamos para essas pequenas sessões de composição com um violão ou um piano. Mas quando entramos em uma sala de ensaios e ligamos tudo, todas as idéias fluíram. Por toda minha carreira sempre tentei me manter pra cima com a inspiração de Bettencourt. Havia muita música saindo dele, muitas idéias. E acredite ou não, compúnhamos diversas músicas em apenas um dia! Havia uma quantidade enorme de material que saiu dessas sessões. A pior parte na hora de gravar o novo álbum do EXTREME foi editar essas faixas, fazer o creme crescer. Tínhamos um bom balanço de baladas e faixas mais rock, e um balanço delas com outras músicas mais ecléticas. Acho que gerenciamos muito bem isso".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Blistering.com — Enquanto os álbuns passados do EXTREME tinham sua própria característica, "Saudades de Rock" traz algo diferente para a banda, com suas treze faixas tocando todas as facetas do passado da banda, não acha?

Gary Cherone: "Quer saber? Você acertou. Acho que essa é a descrição perfeita. Levou um tempo para chegarmos a esse entendimento, pois estávamos na barriga de uma baleia compondo este material. Tínhamos pessoas de fora que ouviam e diziam que 'Star' podia ter saído do 'Pornograffitti’ ou do ‘III Sides To Every Story’. E talvez ‘King Of The Ladies’ tenha aquele espírito engraçado que se encaixaria em nosso primeiro álbum. Ou talvez as faixas mais cruas se encaixem no ‘Waiting For The Punchline’. São esses elementos clássicos que não demoramos a compor. Na verdade, nunca pensamos muito a respeito disso. Apenas compúnhamos o que se encaixava naquela música, todo o material veio bem naturalmente. Mas alguns elementos mais novos se refletiram onde estivemos nos últimos dez anos. Acho que isso mostra as diversas influências que tivemos ao longo desse tempo, que acabaram aparecendo nesse novo material. Músicas como 'Take Us Alive,’ ‘Learn To Love,’ ou mesmo ‘Sunrise’ são apenas algumas das novas direções para que fomos. Novamente, acho que isso é uma combinação de músicas e químicas e talvez, interiormente, o nosso novo baterista, Kevin Figueiredo, com sua personalidade. Tenho dito a mim mesmo que fizemos um álbum egoísta. Fizemos um álbum para nós mesmos. E acho que foi algo que nos libertou. Não que nunca tivéssemos feito isso no passado! [risos] A parte mais fácil foi realmente se juntando".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Extreme: Nuno Bettencourt grava Radiohead em memória ao falecido David ZExtreme
Nuno Bettencourt grava Radiohead em memória ao falecido David Z

Massachusetts: 15 grandes bandas que surgiram no estado de nome complicadoMassachusetts
15 grandes bandas que surgiram no estado de nome complicado

Inesquecíveis: 20 músicas que marcaram os anos 1990 - Parte 3Inesquecíveis
20 músicas que marcaram os anos 1990 - Parte 3

Michael Wagener: produtor que trabalhou com Ozzy, Skid Row e mais se aposentaMichael Wagener
Produtor que trabalhou com Ozzy, Skid Row e mais se aposenta


Extreme: Jack Black e Jimmy Fallon recriam More Than WordsExtreme
Jack Black e Jimmy Fallon recriam "More Than Words"

Inesquecíveis: 20 músicas que marcaram os anos 1990 - Parte 3Inesquecíveis
20 músicas que marcaram os anos 1990 - Parte 3

Extreme: sempre soubemos que nos reuniríamos um diaExtreme
"sempre soubemos que nos reuniríamos um dia"


Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho.