Matérias Mais Lidas

Fabio Lione: Por que acha que eu não queria participar do livro sobre Andre Matos?Fabio Lione
"Por que acha que eu não queria participar do livro sobre Andre Matos?"

Iron Maiden: quais eram os discos favoritos de Steve Harris e Adrian Smith em 1985Iron Maiden
Quais eram os discos favoritos de Steve Harris e Adrian Smith em 1985

Jimmy Page: quando o guitarrista arregou para Pepeu Gomes em canja no BrasilJimmy Page
Quando o guitarrista arregou para Pepeu Gomes em canja no Brasil

Scorpions: a reação de Klaus Meine ao ouvir versões forró para músicas da bandaScorpions
A reação de Klaus Meine ao ouvir versões forró para músicas da banda

Duff McKagan: ele não curtia hardcore, com carecas que agrediam e faziam sieg heilDuff McKagan
Ele não curtia hardcore, com carecas que agrediam e faziam sieg heil

Download: Bruce Dickinson vai pedalar 280 kms para ir a FestivalDownload
Bruce Dickinson vai pedalar 280 kms para ir a Festival

Cannibal Corpse: George Corpsegrinder é fã de Cranberries e ouve country no busãoCannibal Corpse
George "Corpsegrinder" é fã de Cranberries e ouve country no busão

Supertramp: A bizarra coincidência entre o 11 de setembro e o álbum de 1979 da bandaSupertramp
A bizarra coincidência entre o 11 de setembro e o álbum de 1979 da banda

Cannibal Corpse: vocalista não entende interesse dos internautas por seu largo pescoçoCannibal Corpse
Vocalista não entende interesse dos internautas por seu largo pescoço

Dream Theater: Ganhar dinheiro com música é muito difícil, aconselha Jordan RudessDream Theater
"Ganhar dinheiro com música é muito difícil", aconselha Jordan Rudess

Chris Wicked: estrelas do black metal em um mix de Depeche Mode e The Sisters of MercyChris Wicked
Estrelas do black metal em um mix de Depeche Mode e The Sisters of Mercy

Pitty: cantora publica foto nua na internet e bate recorde de curtidasPitty
Cantora publica foto nua na internet e bate recorde de curtidas

Metallica: assista o ex-baixista Jason Newsted tocando cover de Johnny CashMetallica
Assista o ex-baixista Jason Newsted tocando cover de Johnny Cash

Amazon: seleção de CDs, vinis e livros de rock e metal com até 70% de descontoAmazon
Seleção de CDs, vinis e livros de rock e metal com até 70% de desconto

Inesquecíveis: 20 músicas que marcaram os anos 1990- Parte 1Inesquecíveis
20 músicas que marcaram os anos 1990- Parte 1


Scorpions: Rudolf Schenker fala sobre "Humanity"

Por Marco Néo
Fonte: Brave Words
Em 03/09/07

O guitarrista Rudolf Schenker, do legendário grupo alemão SCORPIONS, falou recentemente ao Rock Confidential sobre vários assuntos, incluindo o novo álbum, "Humanity - Hour 1".

Rock Confidential: Por que demorou tanto para que "Humanity - Hour 1" saísse nos Estados Unidos?

Schenker: "O problema foi que achar a companhia certa não é tão fácil. Nós mudamos de empresário nos Estados Unidos. Desmond também não quis que nada saísse cedo demais pois estava com medo de que o material vazasse para a internet. Tivemos que ser cautelosos. Quando finalmente assinamos um novo contrato de empresariamento eles tiveram que começar imediatamente. Eu odeio isso! Na minha mente o álbum sairia mundialmente em agosto ou setembro. Nunca é bom ficar esse lapso de tempo entre lançamentos em países diferentes porque há uma perda de poder de impacto e de momento em cada mercado. Os contratos já estavam assinados para lançar o álbum na Europa porque havia grandes shows e festivais que já estavam agendados. Nós fizemos a mixagem do álbum na estrada. Após terminarmos de gravar o álbum nós imediatamente tivemos que viajar para o palácio do Kremlin, como convidados de Putin. De lá fomos para os países Bálticos, Ucrânia e então tocamos no Cazaquistão. Tivemos que mixar o álbum pela internet! Tivemos que fazer downloads do álbum e de alguma forma tentar ouví-lo em um aparelho de som adequado, para que pudéssemos fazer nossas observações para Desmond online. Foi algo bem diferente!"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RC: Foi mais empolgante compor este álbum, já que vocês tiveram um enfoque bem diferente nas composições?

Schenker: "Claro. É muito importante. Uma vez eu li uma entrevista com BRYAN FERRY em que o entrevistador perguntou como foi gravar o novo álbum. Bryan respondeu, 'Ah, foi como sempre'. Essa é a pior coisa a se fazer, nada especial pode sair disso".

RC: Já que havia uma história envolvida, você compunha primeiro a música ou as letras para que se encaixassem à história?

Schenker: "Foi mais um trabalho de equipe. Alguém vinha com uma idéia e nós trabalhávamos todos juntos nela, a terminávamos e fazíamos com que ela soasse como os SCORPIONS".

RC: Algumas músicas dos Scorpions sempre foram bastante pessoais para algumas pessoas, especialmente canções como "Wind of Change". Você acha que tem músicas no "Humanity" com potencial para tocar as pessoas tão fundo?

Schenker: "Uma música que é bastante forte nesse novo álbum é a 'Humanity'. Ela tem a mesma qualidade de 'Wind of Change' - musical e liricamente - e tem uma mensagem. Se não mudarmos nosso modo de vida, poderemos terminar em uma situação terrível. A mensagem por trás do álbum e de todas as músicas é uma mensagem bem simples dos anos sessenta: 'Faça amor, não faça a guerra'. 'Humanity' é um chamado para que as pessoas acordem".

A entrevista completa (em inglês) pode ser lida neste link.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

💬 Ler e postar comentários


Stamp
publicidade
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Scorpions: a reação de Klaus Meine ao ouvir versões forró para músicas da bandaScorpions
A reação de Klaus Meine ao ouvir versões forró para músicas da banda

Robert Fripp & Toyah Willcox: Breaking The Law, do Judas Priest, com Fripp no refrãoRobert Fripp & Toyah Willcox
"Breaking The Law", do Judas Priest, com Fripp no refrão

Scorpions: vídeo oficial de Dynamite ao vivo em 2015Scorpions
Vídeo oficial de "Dynamite" ao vivo em 2015

Sony Festa: Versão solo de "Wind of Change" em frente a mural do artista Eduardo Kobra

Scorpions: vídeo ao vivo tocando Rock 'N Roll Band em Nova IorqueScorpions
Vídeo ao vivo tocando "Rock 'N" Roll Band" em Nova Iorque

Scorpios: em vídeo, um medley acústico em Nova Iorque

Scorpions: banda libera medley de show em Nova IorqueScorpions
Banda libera medley de show em Nova Iorque

Scorpions: vídeo ao vivo de medley com clássicos dos 70sScorpions
Vídeo ao vivo de medley com clássicos dos 70s

Scorpions: The Zoo e Coast To Coast ao vivo em 2015 no canal oficialScorpions
"The Zoo" e "Coast To Coast" ao vivo em 2015 no canal oficial

Metal Hammer: de Scorpions até Rammstein, os 10 melhores álbuns do metal alemãoMetal Hammer
De Scorpions até Rammstein, os 10 melhores álbuns do metal alemão

Luiz Caldas: tocando Wind of Change, do Scorpions, e reforçando seu elo rockLuiz Caldas
Tocando "Wind of Change", do Scorpions, e reforçando seu elo rock

Scorpions: banda toca The Zoo e Can't Get Enough em apresentação na TV de 1983Scorpions
Banda toca "The Zoo" e "Can't Get Enough" em apresentação na TV de 1983

Motorhead: Mikkey Dee rejeitou a banda, até que caiu a ficha que ele era do MetalMotorhead
Mikkey Dee rejeitou a banda, até que caiu a ficha que ele era "do Metal"

Mikkey Dee: por que tocar com o Scorpions é mais difícil do que com o MotörheadMikkey Dee
Por que tocar com o Scorpions é mais difícil do que com o Motörhead

Scorpions: Em 1983, tocando Make It Real ao vivo em programa de TV da AlemanhaScorpions
Em 1983, tocando "Make It Real" ao vivo em programa de TV da Alemanha


Scorpions: não estamos presos nos anos 80Scorpions
"não estamos presos nos anos 80"

Monsters of Rock: o lendário Castle Donington de 1980Monsters of Rock
O lendário Castle Donington de 1980

Gleyfy Brauly: confira versão do tecladista para clássico do ScorpionsGleyfy Brauly
Confira versão do tecladista para clássico do Scorpions


Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Anthrax: Scott Ian apresenta a solução para o Phil AnselmoAnthrax
Scott Ian apresenta a solução para o Phil Anselmo


Sobre Marco Néo

Nascido na primeira metade dos anos 70, teve seu primeiro contato com sons pesados quando o Kiss veio para o Brasil, em 83, mas não compreendeu bem o que era aquilo. A contaminação efetiva ocorreu um ano depois, quando conheceu Motörhead, Judas Priest, AC/DC, Iron Maiden. Desde então, tornou-se um apaixonado colecionador de tudo o que se refere a Metal e Rock'n'Roll, independentemente de subestilos.

Mais matérias de Marco Néo no Whiplash.Net.