King Diamond: As opiniões do rei sobre Satanismo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por César Enéas Guerreiro, Fonte: Metal Asylum, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

King Diamond compartilhou em 2007 com o site MetalAsylum.net as suas opiniões sobre o satanismo, entre outros temas.

Separados no nascimento: Dave Mustaine e um Cocker SpanielRoqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar um

MetalAsylum.net: Fale um pouco sobre o Satanismo. Há tantas visões e opiniões sobre a "religião", então quais são suas opiniões, ou crenças, sobre o assunto? O que significa para você ser um satanista?

King: "É, as pessoas têm falado muito sobre isso ultimamente. O que quero dizer é que há tantas visões sobre o Satanismo quanto diferentes tipos de Cristianismo (risos). No meu caso, eu estava vivendo a minha vida dessa forma antes de ler aquele livro, você sabe, 'The Satanic Bible', escrito por Anton LaVey em 1969. Acho que o título desse livro está errado, porque quando as pessoas vêem a palavra 'Bíblia' elas automaticamente pensam em religião e esse não é o caso - é mais uma filosofia, na verdade. Você não idolatra nada quando é um Satanista. Bem, há outros tipos de Satanistas que realmente veneram algum tipo de criatura com chifres, que é um Deus Cristão se você analisar bem, porque Satã é um Deus dentro do Cristianismo e apenas um que eles (os Cristãos) não querem que você venere. Bem, eu não gostaria de venerar esse cara também. Sabe, eu também não vejo nada de positivo no Satã Cristão. Se alguém me pergunta se sou um Satanista, eu pergunto primeiro 'O que isso significa para você?'. Então se essa pessoa conseguir explicar para mim de maneira inteligente o que é um Satanista, então eu posso dizer sim ou não, dependendo do caso. Mas se disser 'Oh, você sacrifica animais e reza pro diabo', bem, isso não tem nada a ver. Esse não é o meu estilo de vida. Mas o Satanismo não é uma religião e eu mesmo não sigo nenhuma religião. Eu não acredito em um Deus e seria a última pessoa a dizer que existe um porque não há prova real de que exista um Deus e nenhuma pessoa até agora conseguiu provar ao mundo que existe um Deus. Talvez algumas pessoas acreditem que tenham provas para elas mesmas de que existe um, mas nunca houve uma pessoa que pudesse provar isso para o resto do mundo. E o que é triste é que algumas pessoas não conseguem aceitar que nem todos acreditam nas mesmas coisas, além de achar que os outros pertencem a algum tipo de espécie inferior porque não possuem as mesmas crenças. Isso não faz nenhum sentido para mim. E se as pessoas tivessem esse tipo de respeito pelas outras haveria menos guerras, porque muitas guerras acontecem devido à diferenças religiosas".

Leia a entrevista completa (em inglês) no link abaixo.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção EntrevistasTodas as matérias sobre "Satanismo e Ocultismo"Todas as matérias sobre "King Diamond"


Andreas Kisser: anticristo foi inspiração do Heavy MetalAndreas Kisser
Anticristo foi inspiração do Heavy Metal

King Diamond: ele é satanista, e não meramente marqueteiroKing Diamond
Ele é satanista, e não meramente marqueteiro


Separados no nascimento: Dave Mustaine e um Cocker SpanielSeparados no nascimento
Dave Mustaine e um Cocker Spaniel

Roqueiro poser: 100 regras essenciais para se tornar umRoqueiro poser
100 regras essenciais para se tornar um


Sobre César Enéas Guerreiro

Nascido em 1970, formado em Letras pela USP e tradutor. Começou a gostar de metal em 1983, quando o KISS veio pela primeira vez ao Brasil. Depois vieram Iron, Scorpions, Twisted Sister... Sua paixão é a música extrema, principalmente a do Slayer e do inesquecível Death. Se encheu de orgulho quando ouviu o filho cantarolar "Smoke on the water, fire in the sky...".

Mais informações sobre César Enéas Guerreiro

Mais matérias de César Enéas Guerreiro no Whiplash.Net.