Tony Iommi: "Às vezes gostaria de ser destro"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por LC Pereira, Fonte: Tangra Mega Rock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em entrevista concedida a Vassil Varbanov, do Tangra Mega Rock, em 2007, o guitarrista Tony Iommi (BLACK SABBATH, HEAVEN AND HELL) afirmou, dentre outras, que há momentos em que gostaria de ser destro, e explica o motivo.

148 acessosBlend Guitar: em vídeo, Top 10 Heavy Metal Bands5000 acessosWonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e crítica

TMR: Qual a principal característica em ser uma guitarrista canhoto? Não há muitos como você.

Iommi: [entre risadas] "É muito difícil, porque você não pode pegar qualquer guitarra e sair tocando. É preciso usar guitarras para canhotos. Há momentos em que eu gostaria de ser destro".

TMR: Eu pensei que você estivesse tentando ser o novo Jimi Hendrix...

Iommi: "Ah, não, sou quase da mesma época!" [risos]

TMR: Aquele álbum do Sabbath com o Ian Gillan de 1983, o “Born Again”, não foi bem aceito pela imprensa, mas eu pessoalmente acho que tinha um som revolucionário. O que você acha?

Iommi: "Na verdade, nós tivemos problemas com o som na primeira prensagem daquele disco e ele realmente parecia fraco. Saímos em turnê pela América, enquanto o álbum ainda não tinha sido lançado na Europa e Inglaterra, e antes que conseguissemos ouvi-lo ele já estava no terceiro posto das paradas, então tivemos que fazê-lo parecer melhor. Mesmo assim, eu acho que algumas faixas deste LP são muito boas".

Tangra Mega Rock: Mencionando os álbuns solos, vamos falar um pouco sobre sua carreira solo. A coisa interessante sobre Geezer e seus álbuns é que vocês estão fazendo algo como uma ponte entre as gerações, trabalhando com algumas jovens promessas da cena metal contemporânea.

Tony: "Bem, 'Iommi' foi um álbum que eu fiz há alguns anos (em 2000), e eu só queria testar alguns dos caras da mais nova geração (incluindo Henry Rollins, Dave Grohl, Phil Anselmo, Billy Corgan, Ian Astbury and Peter Steele)".

TMR: Sua música “The Devil Cried” está na lista do top 40 da Tangra Mega Rock, competindo com faixas de bandas que vocês escolheram para saírem em turnê com vocês, como o MACHINE HEAD. Você assistirá estas bandas em turnê ou apenas ficará concentrado no vestiário?

Iommi: "Eu sempre fico no vestiário e... eu quero dizer, eles têm estado em turnê com a gente por enquanto e eu posso ouvi-los do vestiário, mas, na verdade, eu não tenho assistido a eles, porque eu estou mais preocupado com o nosso show, então eu realmente fico me preparando para a nossa perfomance. Você sabe, você come e se aquece para ficar pronto para subir ao palco".

A entrevista completa está disponível em texto e em áudio no link abaixo.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

InglaterraInglaterra
Político acusado de ser nazista por causa do Sabbath

148 acessosBlend Guitar: em vídeo, Top 10 Heavy Metal Bands2258 acessosZakk Sabbath: banda de Zakk Wylde lança EP em junho521 acessosArquivo KZG: Gastão Moreira entrevista o Black Sabbath em 1992620 acessosHeavy Lero: Black Sabbath na edição #100, por Gastão e Clemente0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Billy CorganBilly Corgan
Revelando seus álbuns favoritos de Metal

Heavy MetalHeavy Metal
Cinco discos necessários dos anos setenta

Maridos traídosMaridos traídos
Não adianta: todo mundo terá seu dia de dor-de-corno

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 06 de agosto de 2016

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Heaven And Hell"

Wonder YearsWonder Years
O soundtrack deste grande sucesso de público e crítica

Thrash MetalThrash Metal
Dez novas promessas, incluindo uma brasileira

Rock StarsRock Stars
Como se pareceriam alguns se não tivessem morrido

5000 acessosBaixistas: Os 10 maiores segundo os leitores da Rolling Stone5000 acessosSex Pistols: "Sid Vicious não matou Nancy Spungen"5000 acessosHumor involuntário: as resenhas de discos da Rock Brigade na década de 805000 acessosOzzy: Sabbath não é minha banda, eu sou membro da banda Black Sabbath5000 acessosGuns N' Roses: momento 'Jackass' na Argentina em 19925000 acessosBandas: Por que ninguém está indo a seus shows?

Sobre LC Pereira

LC Pereira começou a ter preferência pelo rock já com 17 anos, por influência de amigos. Até que escutou o lendário álbum Powerslave da banda britânica Iron Maiden, e tudo mudou. A partir daí vieram o hard rock, o melódico, etc., e ele decidiu que o heavy metal seria uma de suas maiores paixões, assim como a literatura, a poesia e uma boa cerva gelada. Sete anos se passaram desde a primeira audição do álbum e LC trabalha atualmente como professor de Inglês e também como tradutor.

Mais matérias de LC Pereira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online