Tony Iommi: "Às vezes gostaria de ser destro"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por LC Pereira, Fonte: Tangra Mega Rock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Em entrevista concedida a Vassil Varbanov, do Tangra Mega Rock, em 2007, o guitarrista Tony Iommi (BLACK SABBATH, HEAVEN AND HELL) afirmou, dentre outras, que há momentos em que gostaria de ser destro, e explica o motivo.

841 acessosBlack Sabbath: projeto Home of Metal chega a São Paulo5000 acessosGuitar World: os 100 melhores guitarristas de hard rock

TMR: Qual a principal característica em ser uma guitarrista canhoto? Não há muitos como você.

Iommi: [entre risadas] "É muito difícil, porque você não pode pegar qualquer guitarra e sair tocando. É preciso usar guitarras para canhotos. Há momentos em que eu gostaria de ser destro".

TMR: Eu pensei que você estivesse tentando ser o novo Jimi Hendrix...

Iommi: "Ah, não, sou quase da mesma época!" [risos]

TMR: Aquele álbum do Sabbath com o Ian Gillan de 1983, o “Born Again”, não foi bem aceito pela imprensa, mas eu pessoalmente acho que tinha um som revolucionário. O que você acha?

Iommi: "Na verdade, nós tivemos problemas com o som na primeira prensagem daquele disco e ele realmente parecia fraco. Saímos em turnê pela América, enquanto o álbum ainda não tinha sido lançado na Europa e Inglaterra, e antes que conseguissemos ouvi-lo ele já estava no terceiro posto das paradas, então tivemos que fazê-lo parecer melhor. Mesmo assim, eu acho que algumas faixas deste LP são muito boas".

Tangra Mega Rock: Mencionando os álbuns solos, vamos falar um pouco sobre sua carreira solo. A coisa interessante sobre Geezer e seus álbuns é que vocês estão fazendo algo como uma ponte entre as gerações, trabalhando com algumas jovens promessas da cena metal contemporânea.

Tony: "Bem, 'Iommi' foi um álbum que eu fiz há alguns anos (em 2000), e eu só queria testar alguns dos caras da mais nova geração (incluindo Henry Rollins, Dave Grohl, Phil Anselmo, Billy Corgan, Ian Astbury and Peter Steele)".

TMR: Sua música “The Devil Cried” está na lista do top 40 da Tangra Mega Rock, competindo com faixas de bandas que vocês escolheram para saírem em turnê com vocês, como o MACHINE HEAD. Você assistirá estas bandas em turnê ou apenas ficará concentrado no vestiário?

Iommi: "Eu sempre fico no vestiário e... eu quero dizer, eles têm estado em turnê com a gente por enquanto e eu posso ouvi-los do vestiário, mas, na verdade, eu não tenho assistido a eles, porque eu estou mais preocupado com o nosso show, então eu realmente fico me preparando para a nossa perfomance. Você sabe, você come e se aquece para ficar pronto para subir ao palco".

A entrevista completa está disponível em texto e em áudio no link abaixo.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 06 de agosto de 2016

Black SabbathBlack Sabbath
"Podemos fazer alguns shows pontuais", diz Iommi

841 acessosBlack Sabbath: projeto Home of Metal chega a São Paulo1808 acessosBlack Sabbath: veja unboxing da "The Ten Year War"1241 acessosDoom Metal: os 25 maiores álbuns do gênero0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
"Eu e Bill Ward éramos soldados das drogas nos anos 70"

Black SabbathBlack Sabbath
"Iommi merece a porra de uma medalha", diz Slash

Black Sabbath e ScorpionsBlack Sabbath e Scorpions
Coincidências em capas das bandas

0 acessosTodas as matérias da seção Entrevistas0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"0 acessosTodas as matérias sobre "Heaven And Hell"

Guitar WorldGuitar World
Os 100 melhores guitarristas de hard rock

Luís Mariutti para Nando MouraLuís Mariutti para Nando Moura
"Estádio não se lota com views ou likes"

Lindo DemaisLindo Demais
Conheça o London, o primeiro smartphone da Marshall

5000 acessosRock Cristão: as principais bandas nacionais5000 acessosBlaze Bayley: "é melhor ser ex do Iron que do A-HA"5000 acessosSlayer: as preferências do guitarrista Kerry King3124 acessosUltraje a Rigor: Pastor Adelio entrevista Roger5000 acessosKiss: quando eles resolveram abandonar a maquiagem5000 acessosAC/DC - o dia em que a comunidade do Rock 'n Roll ficou abalada

Sobre LC Pereira

LC Pereira começou a ter preferência pelo rock já com 17 anos, por influência de amigos. Até que escutou o lendário álbum Powerslave da banda britânica Iron Maiden, e tudo mudou. A partir daí vieram o hard rock, o melódico, etc., e ele decidiu que o heavy metal seria uma de suas maiores paixões, assim como a literatura, a poesia e uma boa cerva gelada. Sete anos se passaram desde a primeira audição do álbum e LC trabalha atualmente como professor de Inglês e também como tradutor.

Mais matérias de LC Pereira no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online