Matérias Mais Lidas

Ozzy Osbourne: O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!Ozzy Osbourne
"O Rio de Janeiro é uma porra duma merda!"

Gilby Clarke: Axl Rose foi quem te demitiu, certo?Gilby Clarke
"Axl Rose foi quem te demitiu, certo?"

Guns N' Roses: por que Bumblefoot errou Welcome to the Jungle no Rock in Rio 2011Guns N' Roses
Por que Bumblefoot errou "Welcome to the Jungle" no Rock in Rio 2011

Metallica: Bob Rock vendeu direitos de várias músicas, incluindo faixas do Black AlbumMetallica
Bob Rock vendeu direitos de várias músicas, incluindo faixas do "Black Album"

Fear Factory: carro de Dino Cazares é baleado; guitarrista não sofreu ferimentosFear Factory
Carro de Dino Cazares é baleado; guitarrista não sofreu ferimentos

Nervosa: ouça o novo álbum Perpetual Chaos, primeiro com nova formaçãoNervosa
Ouça o novo álbum "Perpetual Chaos", primeiro com nova formação

Foo Fighters: comentário repudiando a banda viraliza e gera piadasFoo Fighters
Comentário repudiando a banda viraliza e gera piadas

Angra: banda anuncia turnê para comemorar os 20 anos do clássico RebirthAngra
Banda anuncia turnê para comemorar os 20 anos do clássico "Rebirth"

Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Rock In Rio
Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

Axl Rose: Sobe na porra do palco ou você vai morrer!Axl Rose
"Sobe na porra do palco ou você vai morrer!"

Eddie Van Halen: ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truqueEddie Van Halen
Ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truque

Dallton Santos: Guitarrista brasileiro é o primeiro a tocar com duas palhetasDallton Santos
Guitarrista brasileiro é o primeiro a tocar com duas palhetas

Foo Fighters: eles estão felizes por ajudarem a demitir aquele palhaço do TrumpFoo Fighters
Eles estão felizes por "ajudarem a demitir aquele palhaço do Trump"

Jon Bon Jovi: veja-o cantar Here Comes the Sun, hit dos Beatles, na posse de BidenJon Bon Jovi
Veja-o cantar "Here Comes the Sun", hit dos Beatles, na posse de Biden

Iron Maiden: vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%Iron Maiden
Vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%


Matérias Recomendadas

Lita Ford: cantora admite suruba com Bon Jovi e Richie SamboraLita Ford
Cantora admite suruba com Bon Jovi e Richie Sambora

Slipknot: para cada Mustaine falando merda há um HetfieldSlipknot
"para cada Mustaine falando merda há um Hetfield"

Capas de disco: como seriam se fossem gifs animadosCapas de disco
Como seriam se fossem gifs animados

Plágio ou coincidência: trechos semelhantes no rock/metalPlágio ou coincidência
Trechos semelhantes no rock/metal

Top 5 Metallica: About.com elege os cinco melhores álbunsTop 5 Metallica
About.com elege os cinco melhores álbuns

Stamp
Tunecore
Malvada

Entrevista: Elias Holmlid, tecladista do Dragonland

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Paula Witchert e Juliana Aguiar, Fonte: Souza Lima
Enviar Correções  




Tecladista da banda de power metal sueca Dragonland, Elias Holmlid conquistou seu espaço no mercado musical, apresentando-se com artistas de renome como o grupo King Diamond. Elias fala de sua carreira e de suas influências nesta exclusiva para a Souza Lima Revista Eletrônica.

Traduções: Juliana Aguiar
Fotos: Century Media Records

Qual o conceito que levou a criação do nome da banda?

Elias Holmlid - O nome da banda foi idealizado pelo Nicklas Magnusson. Quando bolou, ele criou o conceito e fundou a banda perto do fim do século passado. Dragonland é o lugar onde toda a ação ocorre nos dois primeiros álbuns (que juntos formam as Crônicas de Dragonland). Basicamente, é uma história de bem contra o mal, da batalha entre homens e as malévolas hordas de orcs. Hoje em dia, escrevemos letras sobre praticamente qualquer coisa, mas é claro que mantemos nosso antigo nome.

O que o motivou a entrar na banda?

Elias Holmlid - Eu ouvi a demo deles e percebi que eram exímios músicos e gostei das músicas. Na verdade foi Nicklas quem me perguntou se eu gostaria de fazer um teste para a banda (eu tocava bateria numa banda de death metal com ele naqueles tempos, então nos conhecíamos). Eles também estavam em vias de assinar um contrato de gravação com a Black Lotus Records e eu só havia tocado em bandas demo até aquela época.

Sobre o processo de composição, como ele funciona? Quem compõe mais, quem faz os arranjos, quem é mais participativo?

Elias Holmlid - Praticamente todas as músicas são escritas por mim, Olof e Nicklas. No álbum Starfall, eu e Olof fizemos a maior parte, mas isso tem variado de álbum pra álbum. Quando o assunto são os arranjos, nós os fazemos juntos enquanto compomos as músicas. Já que fazemos pré-produções de todas as músicas em meu estúdio pessoal em casa, é muito fácil ouvir o que vai funcionar ou não antes de entrar no estúdio.

Você tomou parte em alguns projetos da banda King Diamond. A musicalidade deles influencia na sua forma de compor as músicas do Dragonland?

Elias Holmlid - Pessoalmente eu nunca fui um fã de King Diamond, apenas toquei algumas faixas de teclado para uma turnê que eles fizeram. Eu não participei em nenhum álbum mesmo tendo Andy conversado comigo sobre isso na época. Eu acho que alguns dos caras da banda foram sim influenciados pelo King Diamond. Minhas influências são música clássica (Beethoven, Bach, Mendelsson etc), compositores de trilhas para filmes como Hans Zimmer e Klaus Badelt e bandas como Bal Sagoth e Einhejer. Mas eu ouço muita música de vários gêneros, já que não vejo diferença entre uma música pop e uma música de black metal. Os acordes e melodias podem ser os mesmos, apesar de obviamente a diferença no som ser crucial para como você percebe a música. Se você tem essa forma de enxergar as coisas, você pode tirar inspiração de muito mais músicas do que você poderia de outra forma.

Fale-me sobre outras influencias musicais, de onde elas vêm etc.

Elias Holmlid - Olof e eu tendemos a dividir as mesmas preferências musicais, por exemplo, temos a mesma paixão pelo compositor Felix Mendelssohn. Nicklas ouve muito mais metal que eu e tem um conhecimento impressionante de bandas de metal. Mas eu não estou certo sobre o que ele chamaria de influências para esta banda.

A Suécia não é um país grande, mas é cheia de bandas e músicos de sucesso, como Yngwie J. Malmsteen, Pain of Salvation, Evergrey, Hammerfall, e muitas outras. O que você acha que poderia ter disparado esse 'boom' das bandas de metal suecas?

Elias Holmlid - Essa não é uma pergunta fácil de responder. Uma das razões pode ser que durante a escola você pode ser ajudado para conseguir um local para ensaio se quiser começar uma banda. Pelo que eu tenho entendido, é muito mais fácil conseguir um local para ensaio na Suécia do que em qualquer outro país. Você é encorajado a tocar.

Fantasia medieval parece ser um tópico abordado pelas suas músicas. Quais são suas histórias e escritores favoritos?

Elias Holmlid - J R R Tolkien, H P Lovecraft, Robert Jordan etc. Eu não escrevo nenhuma letra embora eu saiba que os responsáveis por isso (Olof, Jonas and Nicklas) gostam desses autores. Pessoalmente eu sou um grande fã dos dois primeiros.

Você tocou em algumas cidades no Japão. Qual a sua opinião sobre a estrutura das casas de shows japonesas? E sobre o público japonês, eles gostaram do seu trabalho?

Elias Holmlid - Eu devo dizer que ficamos extremamente satisfeitos com os locais em que tocamos. Tudo foi extremamente bem organizado e o som estava ótimo. Os fãs japoneses são incríveis!

Você já ouviu alguma banda brasileira? Quais você gosta?

Elias Holmlid - A única banda brasileira que conheço é o Sepultura. Eu ouvi muito eles na época do Chaos AD. Eles eram uma banda fabulosa naqueles tempos e uma das primeiras que gostei de ouvir.

Os álbuns da banda são distribuídos no Brasil pela Century Media. Como as pessoas estão reagindo ao seu trabalho? Alguma previsão sobre o lançamento de um novo álbum no Brasil?

Elias Holmlid - Eu não sei realmente, pelo que eu tenho ouvido ele foi lançado recentemente. O que eu sei por quem eu tenho conversado é que as pessoas tendem a curtir a nossa música aí no Brasil, então tomara que o álbum seja bem recebido.

Há planos para shows no Brasil?

Elias Holmlid - Está havendo discussões sobre isso, mas nada está marcado. Vamos ver o que acontece!

Obrigado, Elias. Estamos esperando ver vocês tocando por aqui!

Elias Holmlid - Obrigado pela entrevista, foi um prazer responder as suas perguntas. Valeu!


Dead Daisies
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Whiplash.Net: Contribua para manter o site como éWhiplash.Net
Contribua para manter o site como é

Megadeth: fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeoMegadeth
Fã tem siricutico ao encontrar Mustaine; veja vídeo


Sobre Paula Witchert

Paula Witchert é cantora profissional, vocalista das bandas Rush Trails, Pop Machine e Lyric Flames e editora da SL Revista Eletrônica.

Mais matérias de Paula Witchert no Whiplash.Net.

Sobre Juliana Aguiar

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.