Matérias Mais Lidas

Limp Bizkit: Fred Durst muda visual e surpreende ao ficar parecido com Jon Bon JoviLimp Bizkit
Fred Durst muda visual e surpreende ao ficar parecido com Jon Bon Jovi

Iron Maiden: Eles detonaram muitas bandas, diz Garry Pepperd, guitarrista do JaguarIron Maiden
"Eles detonaram muitas bandas", diz Garry Pepperd, guitarrista do Jaguar

ZZ Top: baixista substituto só está barbudo por causa da pandemia, conta GibbonsZZ Top
Baixista substituto só está barbudo por causa da pandemia, conta Gibbons

Slipknot: vídeo de 2005 previu a morte de Paul Gray e Joey Jordison?Slipknot
Vídeo de 2005 "previu" a morte de Paul Gray e Joey Jordison?

R.I.P.: lista de músicos do rock e metal falecidos nos últimos 40 dias impressionaR.I.P.
Lista de músicos do rock e metal falecidos nos últimos 40 dias impressiona

Paulo Sergio: Alguém explica o nome desta banda polonesa?Paulo Sergio
Alguém explica o nome desta banda polonesa?

ZZ Top: quais eram os problemas de saúde de Dusty Hill, segundo Billy GibbonsZZ Top
Quais eram os problemas de saúde de Dusty Hill, segundo Billy Gibbons

Joey Jordison: esposa de Corey Taylor se pronuncia sobre morte do bateristaJoey Jordison
Esposa de Corey Taylor se pronuncia sobre morte do baterista

Guns N' Roses: veja vídeos e setlist do 1º show pós-pandemia, com vacina no telãoGuns N' Roses
Veja vídeos e setlist do 1º show pós-pandemia, com vacina no telão

ZZ Top: TV alemã libera show que tornou os texanos famosos na EuropaZZ Top
TV alemã libera show que tornou os texanos famosos na Europa

Doutrinador: Bruce usa camiseta de anti-herói brasileiro para falar sobre novo álbumDoutrinador
Bruce usa camiseta de anti-herói brasileiro para falar sobre novo álbum

Slipknot: campeã do BBB diz que Corey Taylor já pediu nudes dela; saiba reaçãoSlipknot
Campeã do BBB diz que Corey Taylor já pediu nudes dela; saiba reação

Dio: o Sabbath era um navio fantasma quando entrei, disse em autobiografia póstumaDio
"o Sabbath era um navio fantasma quando entrei", disse em autobiografia póstuma

Iron Maiden: em vídeo, Bruce zoa sobre novo álbum chamar-se Belshazzar's FeastIron Maiden
Em vídeo, Bruce zoa sobre novo álbum chamar-se "Belshazzar's Feast"

Metallica: todos os álbuns da banda, do pior para o melhor, segundo o Ruthless MetalMetallica
Todos os álbuns da banda, do pior para o melhor, segundo o Ruthless Metal


Stamp

Ceremonya: Entrevista exclusiva com Demiam Tiguez e Danilo Lopes

Por Richard Navarro
Em 10/11/04

Desde a terceira edição do BMU (Fev/2003), quando o fenomenal Danilo Lopes, ex baterista e vocalista do Eterna, e o talentosíssimo Demian Tiguez, guitarrista e vocalista do Symbols, fizeram suas últimas apresentações ao lado de suas bandas de origem, seus fãs aguardam por notícias desses dois grandes ídolos do cenário do Metal undergorund brasileiro, para o qual ambos tanto contribuíram.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Eis que finalmente esses talentosos músicos se juntam e formam o Ceremonya, uma banda de Heavy Metal com temática católica, seguindo a missão de Danilo no Eterna, com instrumental e vocais poderosos e fortes influências do Metal tradicional da década de 80, destacando o sensacional dueto de vocais, característico das formações clássicas do Symbols e Eterna.

A banda surgiu com o nome de Storm Master, quando finalmente mudou para Ceremony e estabilizou sua formação, que conta também com o excelente tecladista Francis Botene e o grande baixista Marcelo Fleming. Esta é a primeira entrevista oficial com o Ceremonya, que fará seu show oficial de estréia neste próximo domingo, 31 de outubro, no Blackmore Rock Bar em São Paulo, ao lado dos brasilienses do Khallice, e levando em conta o talento dos músicos envolvidos e o que nomes como Danilo Lopes e Demian Tiguez representam para o cenário do Heavy Metal no Brasil e o que conquistaram ao lado de suas bandas originais, podemos dizer que sem dúvidas o Ceremonya já nasceu vencedor e se transformará rapidamente no próximo grande ícone do Metal nacional. Conheçam em primeira mão a espetacular e promissora banda Ceremonya.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Whiplash - Embora ainda seja uma banda muito nova, o Ceremonya traz em sua formação músicos de grande renome do cenário Metal nacional, como Danilo Lopes, ex baterista e vocalista do Eterna, e Demian Tiguez, guitarrista e vocalista do Symbols. Como surgiu essa parceria e qual o objetivo de vocês com o Ceremonya, um projeto ou uma banda mesmo?

Danilo Lopes / O objetivo do Ceremonya (antes chamado Storm Master) sempre foi de ser uma banda e ainda, o é. Três meses após sair do Eterna, ou seja, em junho de 2003, eu estava pedindo a Deus, uma direção sobre quais seriam os próximos passos de minha vida musical. E muito claramente, a primeira pessoa que me veio à mente, para a guitarra e voz, foi o Demian. Além de ser um guitarrista bastante respeitado no meio metal, ele vem de uma família católica, sendo ele, também praticante de nossa religião; e sempre teve vontade de trabalhar com metal cristão. Liguei para ele e o lance rolou.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Demian Tiguez / Já fazia um tempo que eu tinha vontade de tocar com o Danilo, tanto pelo lado musical, quanto pela questão de tocar para Deus. Como ele falou, vivo a fé católica e já toquei com minha família em grupos da Renovação Carismática Católica. Sendo assim, esperava uma oportunidade para fazer este tipo de trabalho com o Metal na Igreja. Quando recebi o convite, aceitei no ato e estou bastante satisfeito com o estamos fazendo juntos.

Whiplash - Como chegaram aos demais integrantes? Fale sobre eles.

Danilo Lopes / O Francis Botene, tecladista, veio ainda antes do Demian. Nos conhecemos há um bom tempo, já que ele já tocou em duas bandas no meio Metal Católico: Ministerium e Skylord. Ele chegou a ser convidado para entrar no Eterna, na época em que o Douglas Codonho saiu da banda, e não pode assumir o trampo, porque havia começado a cursar a UNICAMP e tínhamos muito trampo marcado que exigiria dele, dar-nos exclusividade. O Marcelo Fleming, baixista curiosamente, também foi convidado para fazer teste no Eterna, na época da saída do Alexandre Emanuel Cláudio (B/V) e também não pôde por causa da faculdade, que tomava-lhe muito tempo na época. Atualmente, ele também toca com o Pe. Marcelo Rossi.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Whiplash - Danilo, você gravou 4 álbuns ao lado do Eterna e sempre teve uma participação muito ativa nas composições e shows da banda. Por que afinal deixou o Eterna logo após fechar de forma brilhante a primeira noite do BMU 2003?

Danilo Lopes / Na época, também não entendi. Porém, hoje, após um ano e meio de minha saída, vejo que tudo encaixou-se perfeitamente. Eles gravaram um novo álbum, que estou esperando o lançamento para conferir, mas pelo talento deles, que conheço muito bem, deve estar maravilhoso. De minha parte, estou com uma banda nova e estou muito feliz com o que estamos fazendo. Além disso, assumi definitivamente minha missão de pregador, algo que tem me dado a oportunidade de visitar muitas partes do Brasil, conhecendo ainda mais a minha Igreja e as ações de Deus através dela. Resumindo, para tudo, há um tempo na vida (Ecle 3). Fico muito feliz por tudo que fiz com o Eterna e tenho saudades de tudo que vivemos em sete anos de missão.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Whiplash - Demian, desde a terceira edição do BMU (2003), não tivemos mais notícias do Symbols. Na época vocês já estavam com o disco novo totalmente gravado e inclusive apresentaram uma música inédita que teve uma ótima aceitação. Por que motivo ainda não lançaram o disco e não fizeram mais shows? Qual a atual formação do Symbols e quando finalmente teremos novidades da banda e do terceiro disco?

Demian Tiguez / Após aquele show, tivemos problemas com empresários que trabalhavam com o Symbols. Tais problemas impediram que o disco fosse lançado como previsto. Alguns meses depois, a banda separou-se e precisei convidar novos músicos para recompor o time e seguir caminho. Em relação ao terceiro CD, seu lançamento deve acontecer até o final do ano. Muito em breve, estarei divulgando tudo o que estamos fazendo, tipo lançamento do novo CD, nova formação, shows, etc.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Whiplash - Tanto a formação clássica do Symbols quanto a do Eterna, era caracterizada pela presença de duetos de grandes vocalistas, o que tornava diferente das demais bandas. Vocês pretendem levar essa característica única nos discos e shows do Ceremonya?

Demian Tiguez / Pode crer. Eu já estou bastante acostumado com isto e não poderemos deixar isto de lado no Ceremonya.

Danilo Lopes / Com certeza, teremos dois vocalistas. Eu e o Demian estamos dividindo os vocais, em praticamente, todas as composições. Estamos no barato de explorar isto ao máximo.

Whiplash - De que forma poderíamos comparar a música do Ceremonya com o trabalho de vocês no Eterna e Symbols? Falem sobre a música do Ceremonya e suas principais influências.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Danilo Lopes / O Ceremonya está bastante diferente do Symbols e do Eterna, em termos sonoros. Partiu do princípio de que desejávamos fazer um som um pouco mais pesado, objetivo e agressivo. Além disto, a participação de toda a banda nas composições e arranjos. Como já é de praxe, é uma banda nova com elementos novos e diferentes, uns dos outros. Podemos citar que estamos tomando como base, bandas mais novas com bandas de Metal Tradicional.

Whiplash - As músicas do Ceremonya seguem temática cristã tal como o Eterna. Podemos então dizer que trata-se de uma banda White Metal e que todos os membros são católicos, incluindo o Demiam?

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Demian Tiguez / Com certeza, cara. O lance de tocar para Deus, está sendo muito bom pra mim, como citamos na primeira pergunta.

Danilo Lopes / Sim. O principal motivo de nosso trabalho é o Evangelho de Jesus Cristo. Todos os membros são católicos.

Whiplash - A propósito, a banda já vem fazendo algumas apresentações em eventos do cenário católico. Como seus antigos fãs do Eterna tem recebido o Ceremonya?

Danilo Lopes / Graças a Deus, os shows têm sido bem legais em relação ao público. Tá rolando um clima bem interessante. Ainda não tocamos nenhuma música de nossas antigas bandas e é como se eles já conhecessem o nosso som. Estamos bastantes contentes com este fato.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Demian Tiguez / Não podemos esquecer também, que fizemos um show em Campinas, em agosto, que para um público quase 100% secular e foi bem legal.

Whiplash - Este show no Blackmore está sendo considerado a estréia oficial do Ceremonya no cenário Metal, o que vocês esperam desse show? O que os antigos fãs do Eterna e Symbols podem esperar dessa nova banda? Além das músicas próprias, vocês pretendem tocar algo de suas bandas originais?

Danilo Lopes / Será bem legal tocar nesta casa. O curioso é que já estávamos programando-nos para marcar uma data lá, quando recebemos o convite da organização. Acho que a galera que conhece o trampo de nossas antigas bandas vai conhecer algo bem diferente do que fazíamos. Pelo menos, é o comentário que temos ouvido de quem já nos viu ao vivo. Quanto a tocar músicas do Eterna e do Symbols, é bem provável que role...

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Whiplash - Quantas músicas do Ceremonya já possuem? Quando pretendem lançar um CD?

Danilo Lopes / Estamos atualmente, com cerca de quinze músicas prontas e algumas outras em andamento. A intenção é fazer mais algumas para podermos escolher as melhores, para o CD de estréia, que deverá sair em 2005.

Whiplash - Muito obrigado pela entrevista, o espaço está aberto para as considerações finais.

Demian Tiguez / Muito obrigado pela força galera!! Espero que a galera compareça no Blackmore, dia 31/10 e curta o nosso trabalho. Fiquem com Deus.

Danilo Lopes / Valeu!! Muito obrigado pela força. E, mais uma vez, ao Blackmore Bar e ao Whiplash!, parabéns pelo apoio e atenção que sempre dedicaram às bandas nacionais. Deus os abençoe!!!!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Pentral
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Edu Falaschi: os dez vocalistas brasileiros preferidos deleEdu Falaschi
Os dez vocalistas brasileiros preferidos dele


Slayer: quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanistaSlayer
Quando o católico pai de Tom Araya descobriu que a banda era satanista

Guitarristas e vocalistas: os 10 melhores casamentosGuitarristas e vocalistas
Os 10 melhores "casamentos"


Sobre Richard Navarro

Jornalista e Produtor de Eventos, responsável pelo festival ¨BMU¨ (Brasil Metal Union) e o antigo fanzine Heavy Melody. Foi co-fundador da Brasil Music Press, e por muitos anos colaborador oficial da revista Roadie Crew, onde se especializou em matérias com bandas nacionais.

Mais matérias de Richard Navarro.