Matérias Mais Lidas

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemKiko Loureiro explica efeito colateral da saída de Andre Matos que o fez crescer

imagemComo foi 1º encontro de Nando Reis e Cássia Eller, ocorrido na casa de Marisa Monte

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemLuciana Gimenez tentou aprender com Mick Jagger algo que não funcionou para ela

imagemÁlbum histórico do Iron Maiden estampa capa da revista Metal Hammer

imagemRitchie Blackmore comenta o instrumental que lançou como homenagem a Jon Lord

imagemA definição de rock n roll segundo quem melhor entende do assunto: Mick Jagger

imagemTodos os discos do Nightwish, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer


Madonna: quando Monte Pittman ensinou um Riff do Pantera

Por André F. Vascontim
Fonte: Decibel Magazine
Em 20/02/14

Já falamos deste assunto antes (link abaixo).

Madonna: cover do Pantera com guitarra pesada

Porém, em uma entrevista exclusiva para a revista Decibel Magazine publicada em 20 de Janeiro, MONTE PITTMAN (MADONNA, PRONG), falou de sua familiaridade com o Pantera e o que o Dimebag Darrell (PANTERA, DAMAGEPLAN) teve a ver com toda essa história envolvendo a "polêmica" de Madonna tocando o riff de "A New Level". Confira a seguir.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Há muitos detalhes que levaram a isto. Não foi algo que apenas aconteceu do nada. Aquilo foi quando eu estava tocando no Prong. Houve um show em Dallas, e lá foi o lugar mais próximo que já tocamos de onde eu vim (Longview, Texas). Dimebag foi ao show. Ele chegou cedo, na passagem de som para dizer oi a todos. Tommy Victor (PRONG, DANZIG, MINISTRY) foi me apresentar a Dimebag. Era só eu, Tommy e Dime nos bastidores do Galaxy. Tommy dizia: "Este é o cara novo. Ele está tocando guitarra com a gente.". Dime meio que sabia sobre mim por causa da minha banda que era do Texas. Sterling Winfield (antigo produtor do Pantera) fez o nosso último álbum, então havia um pouco de familiaridade. E Dime dizia: "Vocês tocam ‘Cut Rate’?". E a gente tipo, "Claro". E ele, "Esta é uma das minhas músicas favoritas do Prong, cara." E ele ficava olhando pra mim tipo, "Você consegue tocar o solo, certo? Você sabe aquela parte?". E ele ficou fazendo o solo com a boca. E eu disse, "Claro, esta provavelmente é uma das coisas mais difíceis que eu já toquei porque esta música é muito agitada". E ao vivo, nós tocamos esta música bem mais rápida. Então ele disse, "Você tem que ficar em cima daquela corda!". E eu fiquei tipo, "Sim, eu sei."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Alguns anos mais tarde, eu estava tocando baixo no Prong. Nós estávamos tocando na cidade de Oklahoma e estávamos exaustos, fazendo muitas viagens e tocando todos os dias. Nós tocamos essa música, e eu tive que tocá-la no baixo, o que é ainda mais difícil [do que tocá-la na guitarra]. E eu fiquei pensando, "Como Paul Raven (Baixista do Prong) toca isso?". Então uma voz ecuou na minha cabeça: "Você tem que ficar em cima daquela corda". Eu fiz aquilo que ele havia me dito. Quando você toca rápido, sua palheta naturalmente se afasta da corda, mas ela não precisa se afastar tanto. Então eu meio que percebi o que Dime quis dizer, e aquilo mudou minha técnica da mão direita de tocar para sempre.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Agora avançando mais para frente novamente, nós estávamos nos preparando para uma turnê da Madonna (Sticky and Sweet). Ela e eu praticávamos guitarra. Nós trabalhávamos em algumas coisas com a mão esquerda, então nós começamos a trabalhar com a mão direita. Eu disse, "Vamos trabalhar na sua mão direita. Aqui estão algumas técnicas.". Então eu contei a ela a história do que Dime me disse, "Você tem que ficar em cima daquela corda.". Isso meio que me levou a contar toda a história do Pantera e como aquilo estava relacionado a mim. Eles não eram apenas uma banda que eu descobri por acaso, eles eram nossos heróis de nossa cidade natal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No dia seguinte, ela voltou, e eu posso dizer que ela vinha praticando na guitarra o que eu disse. Ela estava palhetando chugga chugga chugga na guitarra. Eu estava tipo, "Uau! Isso está bem melhor! É uma grande diferença.". Ela disse, "Sim. Você tem que ficar em cima daquela corda.".

E assim, ao mesmo tempo, ela tinha começado uma nova direção musical. Ela queria fazer sua música "Hung Up" com sua guitarra. Mas ela é em Ré menor. Aquilo poderia ser uma grande oportunidade para eu mostrar a ela a afinação em Ré dropada na guitarra. Então eu estava mostrando a ela o som, e eu disse, "Você quer saber de uma coisa? Vou te ensinar a tocar Pantera." Então eu mostrei para ela o riff de "A New Level" porque eu pensei que seria fácil lembrar como as notas se movem cromaticamente, uma de cada vez. Ela adorou aquilo. Ela continuou tocando aquilo o tempo todo. Quando estávamos em ensaios da banda tocando "Hung Up", toda vez que terminava esta música ela começava a tocar o riff do Pantera. O resto da banda de Madonna não era familiarizada com aquele tipo de música, então eles apenas começaram a tocar que ela estava tocando. Todos os dias em ensaios quando nós terminávamos aquela música, nós começávamos a tocar aquele riff. Eu pensei, "Ei, isso é legal, é divertido.".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas então, de repente, você começa a ver, o gerente de turnê entrar nos ensaios. Todas essas pessoas de produção e etc. começaram a aparecer nos ensaios enquanto estavam trabalhando, mas apenas colocando a cabeça na porta, tipo, "Ei, eu quero ver Madonna tocar aquela parte do Pantera de novo."

Então isto se tornou parte do show ao vivo dela. Eu fiquei muito surpreso dela ter mantido isto nos shows. Claro, eu não vou dizer que não. Quando mais eu iria começar a tocar Pantera no palco de um estádio? Mas foi isso. Essa foi a origem da história."

Aqui podemos ver Madonna e Pittman tocando "Hung Up" e o começo do riff de "A New Level" em 4:27.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Spirit Drift: banda homenageia Pantera com versão de "Hollow"; confira aqui


Pantera: banda esteve próxima de se reunir, diz Rex Brown


Exodus: "Rick Rubin é uma verdadeira fraude", diz Gary Holt


Sobre André F. Vascontim

André F. Vascontim, nascido em 1991, vive em São Paulo. Começou ouvindo Grunge e hoje é adorador de Metal pesado (para não citar gêneros e derivados). Guitarrista desde 2004 tendo como suas principais influências Dimebag Darrell, Marc Rizzo, Zakk Wylde e Kirk Hammet. Além de guitarrista, é Web Designer e estuda Design Gráfico. Gosta também de trabalhar com gravação e edição musical de áudio e vídeos amadores para fim próprio.

Mais matérias de André F. Vascontim.