Matérias Mais Lidas

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemRádio canadense está tocando uma música do Rage Against The Machine sem parar

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemRush: Geddy Lee comenta as dificuldades da gravação de "Hemispheres"

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe

imagemDave Mustaine, eufórico, compara James LoMenzo com Cliff Burton


Stamp

Do Indie-Rock ao Black Metal: seis releituras do Pet Shop Boys

Por Ronaldo Celoto
Em 11/12/13

Abaixo uma lista com seis releituras de um clássico do PET SHOP BOYS, "It's a Sin":

1 - O METRIC é uma banda canadense de indie rock formada em 1998 na cidade de Toronto.

Com uma sonoridade que, na minha opinião e pelos vídeos e discos que ouvi, flerta com bandas como SONIC YOUTH, VIVE LA FETE, GARBAGE, BELLY, entre outras, destacando os álbuns "Grow Up and Blow Away", "Live It Out" e o último "Synthetica", eles construíram uma cover semi-acústica de "It's a Sin", a clássica canção dos reis da música eletrônica, de forma despretensiosa, mas no mínimo, curiosa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

2 - Já o introspectivo KEARNSY é um artista underground, que recria versões estranhíssimas e extremamente pessoais (algumas, muito boas).

Em sua página, há versões que vão de NEW ORDER a ROY ORBISON, com uma roupagem muito pessoal. Confira a releitura quase que gótica da canção dos PET SHOP BOYS e diga você mesmo o que achou. Pessoalmente, eu enxerguei ali algo que, se explorado por bandas tradicionais do gênero soturno, como SISTERS OF MERCY, BAUHAUS, ou, o próprio PETER MURPHY, renderia frutos que poderiam ser considerados superiores à versão original. A letra de "It's a Sin" sempre foi muito boa, com uma forte crítica religiosa sobre a liberdade individual de todos os seres humanos, e, a visão da igreja e da humanidade sobre o que vem a ser o pecado diante da escolha de ser feliz e a obrigação de ser massacrado por dogmas sociais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

3 - VINCENT JAMES TURNER (nascido em 09 de outubro de 1985), mais conhecido pelo seu nome artístico FRANKMUSIC, é um músico Inglês synthpop.

O nome "Frank" é derivado do sobrenome de seu avô, cujo nome ele tomou no tributo. A sua versão para "It's a Sin" foi inserida no lado B do single "Confusion Girl", e, é uma releitura regada a pianos iniciais e uma batida crescente que poderia muito bem ser remetida às épocas onde "I Will Survive" era hino do aclamado STUDIO 54.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

4 - O SENSUOUS ENEMY é uma banda puramente eletrônica, com algumas guitarras e teclados, e, uma voz muito limpa da vocalista JAI, uma poderosa frontwoman, literalmente falando.

Chamada por muitos de "Indie Glam" e de "Gothic Industrial", a sua sonoridade em algumas músicas que ouvi, trouxe lembranças do sempre importante CASSANDRA COMPLEX (banda gótica venerada por muitos, e, também esquecida por muitos). Pessoalmente, seu trabalho merece ser conhecido. O álbum de estréia, intitulado "Deadly Sins" venceu o prêmio de melhor música eletrônica na MADISON ERA MUSIC AWARDS. Em seguida, lançaram o disco "Fragments", e, recentemente, o muito bom "Sirens of the Sea".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

5 - Agora, temos a gutural banda de "gothic death black metal" como eles mesmos se intitulam, chamada THE PROPHECY.

Natural da cidade de Varazdim, na Croácia, a banda recriou à sua maneira, e, evidentemente, dentro da sua sonoridade, a canção que já fez muitos marmanjos que hoje dizem-se rockers dançarem nas discotecas no final da década de 80. Vejam abaixo, a versão.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

6 - E por fim, o DARKEST OATH, originário da cidade de Atenas (Grécia).

A banda também é da vertente do black metal, já conhecida pelos trabalhos "Invocation", "Paradise of the Infernal Torment", "De Occulta Philosophia" e o mais recente "Libations to the Ancient Goat", e resolveu aderir (eventualmente, pela força e o impacto da letra, que gera, realmente, múltiplas interpretações e pode ser reescrita para qualquer gênero e com qualquer ritmo musical, sem perder a sua essência). Ruidosa, pouco traduzível para os menos pacientes, o fato é que ela também merece fazer parte desta pequena matéria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Aqui está a prova de que a música é uma linguagem tão universal, talvez a primeira linguagem humana de que se tenha conhecimento (se levarmos em conta as lendas e escrituras que vão além das traduções bíblicas direcionadas a um público que deveria ser temente a tudo e a todos, especialmente, à igreja que na época, assava na fogueira quem dela discordasse), que, dependendo da força com que se constroem as palavras sobre uma melodia aparentemente simples (embora eu ache que "It's a Sin" tem, dentro da música eletrônica, um capítulo especial e de extrema força melódica - embora alguns radicais não entendam o que digo aqui) pode ser explorada para além do bem e do mal. Cabe a cada um escolher a sua direção.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Ronaldo Celoto

Natural do Estado de São Paulo, é escritor, professor, poeta e consultor em direito, política e gestão pública. Bacharel em Direito, com Mestrado em Ciência Política, atualmente cursa Doutorado em Direito, Justiça e Cidadania pela Universidade de Coimbra. Além destas atividades, dedica diariamente parte de seu tempo à pesquisa e produção de artigos científicos, contos, romances, matérias jornalísticas, biografias e resenhas. Seus interesses pessoais são: cinema, política, jornalismo, literatura, sociologia das resistências, ética, direitos humanos e música.

Mais matérias de Ronaldo Celoto.