Matérias Mais Lidas

imagemMarcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

imagemRegis Tadeu explica porque o vinil e o Spotify vão despencar e o CD vai bombar

imagemDavid Gilmour surpreende ao responder se o Pink Floyd pode voltar a fazer shows

imagemGene Simmons faz passagem de som antes de show do Kiss com roupa inusitada

imagemBill Hudson comenta sobre falta de público de Angra e outras bandas nos EUA

imagemMax Cavalera e o conselho dado por Ozzy Osbourne: "ambos nos sentimos traídos"

imagemPaul McCartney lista os cinco músicos que formariam sua banda dos sonhos

imagemJames Hetfield se emociona profundamente no show de BH e é amparado pelos amigos e fãs

imagemQuem Glenn Hughes considera digno de substituí-lo como "a voz do rock"

imagemMax Cavalera diz que Igor merece mais crédito entre os bateristas mundiais

imagemConheça a "melhor banda com as melhores músicas" para Robert Smith, do The Cure

imagemDez grandes músicas do Iron Maiden escritas pelo vocalista Bruce Dickinson

imagemMax Cavalera é criticado por ucranianos pelo apoio a Rússia em 2014

imagemBrian May revela o inesperado álbum do Queen que é o seu favorito

imagemMetallica em Belo Horizonte: Sorte de quem pôde ir


Dio: de onde ele tirou os tais "chifres" do Heavy Metal?

Por Arthur Belloni
Fonte: The New Wave Of Rock
Em 16/05/13

Press-release - Clique para divulgar gratuitamente sua banda ou projeto.

A simbologia é parte integrante da arte como um todo e com a música não poderia ser diferente. Muitas bandas e artistas se inspiram nela para compor suas obras ou adotar símbolos que acabam por se tornar a imagem visual de seu trabalho.

Quem nunca ouviu falar de "Eddie", mascote morto-vivo da banda Iron Maiden ou não se lembrou imediatamente do grupo Mottorhëad ao ver a famosa ilustração do "Snaggletooth" – a face monstruosa com presas imensas que se tornou símbolo da banda após aparecer na capa de seu primeiro álbum, o self-titled "Mottorhëad", lançado em 1977?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Indo um pouco mais além, um gesto inicialmente introduzido por um único homem mudou a cara e a história do rock. Não sabe do que estou falando?

Ronnie James Dio (1942-2010), um dos maiores ícones do rock de todos os tempos, foi o primeiro a utilizar "il malocchio", gesto que acabou difundido como o maior, e talvez único símbolo verdadeiro, do rock. Ainda não sabe do que estou falando? Tudo bem!

Quantas vezes em sua vida, durante um show, você levantou o braço com a palma da mão voltada para frente, fechou os dedos polegar, médio e anular deixando apenas o mindinho e o indicador estendidos? Meus parabéns, você também é um adepto ou adepta do "malocchio"!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O símbolo data da Idade Média e não tem nada a ver com demônios, satanismo nem nada parecido. "Il malocchio", olho mau/ruim em italiano, era utilizado como forma de proteção contra o mau olhado. Ao invés de apontar os dedos para cima, apontava-se para frente num ângulo reto, de forma a "furar os olhos" dos mal intencionados e invejosos de plantão. Dio disse, em entrevista, que aprendeu o gesto com a avó, que o fazia sempre, apontanto para tudo e todos que cruzassem seu caminho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Há quem diga que o rock só sobreviveu até hoje por causa do gesto. Nenhum outro estilo musical espantou tanto mau olhado durante a sua história! O rock está bem protegido por seus fãs e continuará popular por muito tempo, "furando os olhos" de todos os que invejam o seu sucesso.

Nota do editor: veja outra matéria sobre o tema no link abaixo, mencionando inclusive bandas que já teriam usado os "chifrinhos" antes de Dio.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Ex-Dio Rowan Robertson alerta contra aquecimento global em clipe de "The Heat is Rising"


Sobre Arthur Belloni

Conheci o Rock antes de entrar na escola, com 4 anos de idade quando meu pai trouxe o CD "Appetite For Destruction" do Guns N' Roses pra casa, desde então cresci ouvindo Rock. Conheci várias bandas e com 6 anos já estava escutando Slipknot. Depois de ter feito uma tentativa fracassada de ser baterista, comecei a me dedicar a guitarra, instrumento que toco há alguns anos. Dentre as bandas que mais gosto estão além de GN'R, Iron Maiden, Avenged Sevenfold, Metallica, Slipknot e Kiss. Hoje eu sou Redator e responsável pelo A7x Brazil Fan Club, um fã site do Avenged Sevenfold.

Mais matérias de Arthur Belloni.