Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu e os cinco grandes vocalistas que o mundo do Rock não dá valor

imagemA música do Metallica que James não queria apresentar aos outros integrantes

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemDez músicas de outros estilos que ganharam ótimas versões rock/metal - Parte I

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemJô Soares comprou uma obra de arte do Rock por causa do Regis Tadeu

imagemAngra e Shaman, Edu Falaschi fala sobre a treta que havia entre as bandas

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemFilme que conta a história de Dio será exibido nos cinemas em setembro

imagemBruno Sutter explica semelhança problemática entre Ayrton Senna e Fausto Fanti

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemDiretora de escola censurada por pais por foto com camisa do Iron Maiden se arrepende

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"


Stamp
2022/07/09

Sepultura: Max Cavalera fala de suas tatuagens em vídeo

Por Fernando Portelada
Fonte: Blabbermouth
Em 30/11/12

O frontman do SOULFLY e ex-SEPULTURA, Max Cavalera, falou sobre algumas de suas tatuagens para o "Behind The Ink". O vídeo abaixo foi filmado em 11 de outubro de 2012 em Berlim.

Behind The Ink: O que a tatuagem significa para você?

Max: "Entrei nesse mundo bem jovem, sabe? Eu tinha provavelmente uns 12 anos... quando fiz minha primeira. Foi um tatuador famoso que estava em minha cidade, Belo Horizonte, onde eu vivia no Brasil [...]. Um amigo fez uma tatuagem e eu achei muito legal, e eu precisava de dinheiro, então vendi minha coleção do KISS. Eu tinha toda a coleção do KISS em vinil, acho que uns 30 álbuns. Então eu vendi minha coleção e fui lá ver o cara e ele fez sem a permissão da minha mãe, você sabe... você precisa da permissão dos seus pais, e aí os problemas começaram. Eu cheguei em casa e tive que esconder da minha mãe, porque ela não queria que eu fizesse tatuagens. Eu me desenhava com canetas tentando contar a verdade: ‘Eu vou fazer uma tatuagem...’ E ela dizia ‘Não, você não vai!’."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Meu erro foi não ser um bom mentiroso. Antes de dormir troquei os curativos da tatuagem e deixei o antigo, cheio de sangue, em cima da pia. Minha mãe abriu a porta do quarto mais ou menos à meia noite gritando: ‘Mostre o seu braço! ’ [...]. Nessa noite eu dormi na varanda... ela me fez dormir fora de casa. Hoje ela já tem três tatuagens. Eu devia fazê-la dormir na varanda também."

Behind The Ink: Onde foi sua primeira tatuagem?

Max: "Ela não está mais comigo... Eu a cobri. Era um dragão, mais ou menos deste tamanho (Max faz um sinal com as mãos). Mais ou menos como o Godzilla, e você pode vê-la no ‘Schizofrenia’, o álbum do SEPULTURA. Há uma foto minha atrás, tocando guitarra. A tatuagem com o dragão ainda estava lá."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Behind The Ink: Você acha melhor ter tatuagens com significado, ao invés de só desenhos?

Max: "Quando você é bem jovem, você não pensa tão profundamente sobre elas. Acho que quando você envelhece tudo começa a fazer sentido e você começa a fazer coisas com mais significado em seu corpo. Os meus tribais (mostra o pescoço) foram feitos após visitar uma tribo no Brasil, os Xavantes, peguei esse design deles. Fiz para me lembrar de minha aventura com os índios [...] Acho mais interessante quando você faz algo com significado."

Behind The Ink: Qual sua tatuagem mais importante?

Max: "Provavelmente esta, porque está no pescoço, sabe? Você não pode escondê-la. [...] Está no seu pescoço... é uma das minhas favoritas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Behind The Ink: E as outras?

Max: "Tenho o nome de meus filhos nos meus punhos. Fiz essa quando Zyon nasceu, 18 anos atrás, e Igor [...]. É o nome do meu irmão e do meu filho. Tem também meu enteado, que foi morto em 1996. Todas as outras são mais diferentes, de coisas da minha carreira, como o tribal."

(Max mostra o braço esquerdo, com o Taz, personagem do Looney Tunes)

Max: "Esta eu fiz bêbado na Filadélfia. Nem me lembro de fazê-la. Lembro de acordar na manhã seguinte e ela estava lá."

Max: "Esta e uma das minhas favorita, os globos oculares. É obra de Paul Booth. Ele é de Nova York, famoso por sua arte sombria. Nós andávamos juntos nos anos 1990. Ele saiu em turnê conosco, tatuou vários caras nesta turnê. Tem uma boa história: Nós estávamos em um hotel e ele ia me tatuar, mas a janela estava aberta e podíamos ver uma Igreja. Ele queria fechar a janela porque dava para ver a Igreja. Este olho na verdade é baseado em Laranja Mecânica. [...]

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

(No braço Direito)

Max: "Esta é SEPULTURA em Japonês. Já está sumindo, esta aqui é design de Igor, foi minha segunda tatuagem. É uma caveira com uma espada com asas que o atravessa. Eu tinha provavelmente uns 13 anos."

Max: "Esta aqui é onde o dragão estava. Eu o cobri com esta. Era mais ou menos deste tamanho e eu acho que não valeu minha coleção do KISS".

Max: "Esta aqui é de Jonathan Shaw, um tatuador famoso dos Estados Unidos. Ela é quase como um grafite, não tem realmente um significado. Esta (mostrando o pulso) foi um presente para minha esposa. É um coração verde. Tem escrito M e G. Max e Glória. Ela fez um coração aqui no peito e eu queria fazer algo para ela. Tem esta outra (mostrando o outro coração) com seu nome."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Max: "No peito tenho esta outra de Paul Booth, um Gárgola. Ainda não foi finalizada, tenho que adicionar algumas coisas, mas não tive tempo de me encontrar com Paul."

Max: "Tenho o símbolo do SEPULTURA em minhas costas... Ainda tenho que fazer um do SOULFLY."

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/08/18


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Três novas bandas serão anunciadas como atrações do Knotfest Brasil

Max Cavalera quer reunir formação original do Soulfly para turnê em 2023

Iggor Cavalera relembra quando Max foi para delegacia e delegado palmeirense o salvou

"Eu sou um músico abençoado", afirma Max Cavalera

Cinco álbuns marcantes de heavy metal que estão quase fazendo 30 anos - Parte I

Cinco músicos que começaram vida nova após saírem de grandes bandas de heavy metal

Max e Iggor Cavalera: setlists, fotos e vídeos de shows na Audio, em São Paulo

Iggor Cavalera relembra jogo do Palmeiras que viu na torcida do River e quase deu ruim

Se não fosse o Queen, Max Cavalera provavelmente não existiria

Sepultura: setlist, fotos e vídeos de show no Sesc Pompeia, em São Paulo

João Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

Resenha - Max e Iggor Cavalera (Audio, São Paulo, 07/08/2022)

Discos do Sepultura serviram de inspiração para novo álbum do Soulfly? Max responde

Sepultura: resenha do show em Jundiaí (Sesc Jundiaí, 29/07/2022)

Por que Max Cavalera acha que "Roots" do Sepultura foi rotulado como Nu-Metal

Max Cavalera: ele pensa em aposentadoria?

Andreas Kisser: Guitarras, guitarristas e suas experiências tocando ao redor do mundo

Resenha - Machine Messiah - Sepultura

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada.