Brujeria: bruxaria, assassinatos no México e tráfico?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Celso Pereira, Fonte: Revista Top Rock 1993
Enviar correções  |  Comentários  | 

Imagine você, nos início dos anos 90, muito antes que se pudesse ter qualquer informação sobre qualquer artista como é hoje com a internet, muitos antes da imagem associada ao medo e a influência do lado obscuro do Metal ter se tornado mais "POP" quando o Marilyn Manson aparecia na MTV e antes mesmo do Slipknot e suas máscaras aguçarem a imaginação dos fãs de filmes do Stephen King. A falta de boa informação influenciou na forma que nós aprendemos a gostar de música, e em particular de bandas com histórias tão absurdas e associadas a cultos de bruxaria e facções criminosas como é o caso do Brujeria. Era uma época em que os mitos sobre as bandas ganhavam grandes proporções e tudo o que sabíamos a respeito das bandas era por revistas especializadas que juntamente com as gravadoras influenciavam na divulgação de mitos e histórias por ajudarem na vendas de discos.

490 acessosNapalm Death, Brujeria: travando pescoços no sul da Alemanha5000 acessosFãs de Rock: você conhece o estilo de se vestir de cada um

Leiam essa matéria extraída da revista Top Rock de 1993 e você vai entender qual foi a primeira imagem que tive de uma das mais conhecidas bandas de Grindcore mundial que é o Brujeria:

BRUJERIA

Em um dos massacres mais horríveis da história mexicana, mais de vinte pessoas foram encontradas brutalmente assassinadas na pequena Matamorros no México. Entre as vítimas estavam vários moradores da cidade, além de um grupo de quatro universitários americanos que foram declarados desaparecidos pouco tempo depois. Todos os corpos estavam esquartejados e os quatro americanos foram decapitados. A polícia mexicana começou a investigar mas só tem uma pista - escrito em sangue perto da cena do massacre estava a palavra BRUJERIA.

A antiga arte da Brujeria (Bruxaria, ou Magia Negra) é uma das religiões mais poderosas e misteriosas conhecidas pelo homem. Nascida em tempos remotos, Brujeria é o satanismo em sua forma mais pura - a crença e prática devotada ao lorde das trevas e todo o seu poder. Um dos fatos mais fortes desta religião é como os seguidores mantém em segredo rituais e cerimônias eternas.

Praticado ao redor do mundo todo esta religião se deu melhor com pessoas de descendência latina. Cultuada no Caribe e até em certas partes dos EUA, Brujeria é muito conhecida ao redor do México sendo algumas das pessoas mais religiosas do mundo moram nesse país.

A nacionalidade mexicana, como muitas nacionalidades mundiais, sempre teve um respeito pelo desconhecido e sabedoria das forças ocultas que nos rodeiam diariamente, então parece lógico o fato de algumas histórias favoritas do Brujeria venha desta área tão rica em surpestição e crença.

A lenda por trás dos notórios traficantes de drogas conhecidos por Brujeria é muito surpreendente. Construindo uma reputação de psicopatas satânicos, estre grupo homicida fez parte da história de centenas de mortes ao redor do México e de muitas outras no oeste dos EUA. Os sete homens que formam o alto escalão da Brujeria são conhecidos só entre grupos especiais e nunca ninguém sobreviveu para dizer quem são.

Uma união de fugitivos das mais duras penitenciárias do México, Brujeria se transformou num dos maiores pesadelos dos Federales. Responsáveis pela morte de mais de 100 policiais mexicanos, eles se transformaram em parte predominante nas pequenas cidades que formam o interior mexicano.

Pouco é conhecido sobre sua origem verdadeira - algumas pessoas dizem que se juntaram na cadeia, outros acreditam que todos são possuídos por demônios e foram concebidos na terra para matar e destruir.

O único rastro que o Brujeria deixou é o de violência. Este grupo conseguiu se estabelecer como uma organização de traficantes muito lucrativa que não pode ser parada e é conhecida pela quantia de drogas que taficou. Levar "ilegais" para os EUA, também se tornou um passatempo lucrativo para este grupo de vilões que não tem restrições quando se trata de poder e dinheiro.

Durante os anos em que este grupo de foras da lei aumentou seu poder, um desafio continuou a lhes interessar. Há muito tempo o Brujeria admira o cenário de metal underground e querem dominá-lo da mesma forma que fizeram dos EUA e México seu próprio terreno. Estes monstros não tem o mínimo interesse em sucesso comercial, sua intenção é espalhar a palavra do satã e suas opiniões extremamente doentias e perversas.

Isso que você acabou de ler nada mais é que parte de um release distribuído pela gravadora para a imprensa mundial.

Incrível deste Death Metal feito por pessoas que fazem questão de permanecer incógnitas até mesmo para o próprio staff da gravadora.

As letras em espanhol são doentias e satânicas e o modo como são cantadas reforça ainda mais a veia do mal que rola pelos sulcos do vinil.

Depois do lançamento do seu segundo 7" single, Machetazos, o Brujeria conseguiu um contrato de gravação com o selo Roadrunner. O contrato foi assinado depois de uma série de encontros secretos entre os membros da banda e um representante do selo, Monte Conner. Conner teve seus olhos vendados e foi levado a vários lugares secretos para que ele e o Brujeria pudessem resolver os assuntos do contrato - mais tarde Conner admitiu que em certos instantes durante a conversa sentiu medo de perder sua vida, mas queria ter certeza de pegar esta banda antes que sua música poderosa e suja se esvaísse fora do cenário underground.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 19 de outubro de 2012

490 acessosNapalm Death, Brujeria: travando pescoços no sul da Alemanha0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Brujeria"

BrujeriaBrujeria
Bruxaria, assassinatos no México e tráfico?

Justin BieberJustin Bieber
Montagens detonam popstar com Pantera e Metallica

BrujeriaBrujeria
O tão falado show da "favela" carioca

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Brujeria"

Fãs de RockFãs de Rock
Você conhece o estilo de se vestir de cada um

Bruce DickinsonBruce Dickinson
Ouça o alcance de quatro oitavas do vocalista

Heavy MetalHeavy Metal
As piores capas dos grandes artistas do gênero

5000 acessosPoison: Bret passa o cambão na mãe da Hannah Montana?5000 acessosCristina Scabbia: "Símbolo sexual? Fico surpresa com isto!"5000 acessosBlack Sabbath: As 10 melhores músicas da banda segundo a Ultimate Classic Rock4894 acessosMegadeth: fundindo a arrogância de Mustaine em Vic Rattlehead5000 acessosEsquisitices: algumas exigências bizarras para shows5000 acessosJohnny Depp: nunca mais deve beber em noitadas com Keith Richards

Sobre Rafael Celso Pereira

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online