RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO hit da Legião Urbana que traz crítica contra "Escolinha do Professor Raimundo"

imagemA banda que desbancava Roberto Carlos na época da Jovem Guarda, segundo Miguel Plopschi

imagemNarrador Luiz Carlos Jr. manda ver em cover de "Holy Diver"; assista vídeo

imagemA opinião curta e grossa de Tony Iommi sobre documentário de Ronnie James Dio

imagemPrince "não sabia lidar com as pessoas", segundo seu antigo empresário

imagemA banda que Mustaine achou que pudesse ser a nova encarnação dos Beatles (e não foi)

imagemSete canções de Rock que citam a Rainha Elizabeth II na letra

imagemBillie Joe Armstrong acorda antes de setembro acabar e mostra o corpo em Miami Beach

imagemAnthrax: Scott Ian revela qual música ele apagaria da história da banda

imagemJoão Gordo e Casagrande conversam sobre soluções inteligentes para a Cracolândia

imagemMetallica queria que o Mars Volta tocasse uma música. Não tocaram. O Metallica tocou.

imagemSalgadinho, ex-Katinguelê, diz que não tem como ouvir Legião Urbana e ser conformado

imagemOs dois filmes que deram origem ao título do novo álbum do Megadeth, segundo Mustaine

imagemSteve Harris explica a mudança no tracklist do "The Number of the Beast"

imagemThe Cure: 5 bandas que o vocalista Robert Smith já declarou odiar


NFL Steve Harris

Anette Olzon: menos originalidade e mais peso em segundo álbum solo

Resenha - Strong - Anette Olzon

Por Victor de Andrade Lopes
Em 15/09/21

Nota: 6

Depois de participar de vários projetos da Frontiers Music Slr (dois lançamentos com o The Dark Element, um disco de duetos com Russel Allen e uma metal opera de Magnus Karlsson), era um tanto óbvio que a cantora sueca Anette Olzon aproveitaria a "deixa" para prosseguir com sua carreira solo pela gravadora italiana.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Essa perspectiva deixaria qualquer um um tanto apreensivo, conhecendo o modus operandi da gravadora e a natureza extremamente formulaica, repetitiva e comercialesca de suas produções. Contudo, para alguém que sequer tem a música como principal ganha pão, a profissional da saúde se saiu muito bem na arte de imprimir sua personalidade na obra.

Sacrificando a originalidade e a diversidade em nome do peso, a sueca faz um álbum condizente com seu nome ("forte", em inglês). Temos faixas bombásticas de power metal sinfônico e até vocais guturais, gritados por seu marido Johan Husgafvel, que também assume o baixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Se Shine era um disco "iluminado" que lançou luz (se me permitem o trocadilho em dose dupla) às emoções e sentimentos da cantora, Strong percorre uma direção contrária, no sentido de que ele expressa a visão de Anette sobre questões como relacionamentos abusivos ("Sick of You"), relacionamentos com os pais ("I Need to Say"), a pandemia ("Strong"), corrupção e mentiras ("Parasite"), perdas familiares ("Sad Lullaby"), terror noturno ("Catcher of My Dreams") e até a sua saída do Nightwish ("Bye Bye Bye").

O ponto forte do trabalho é justamente o seu peso, especialmente porque ele pode ser o que faça os fãs que a conheceram pelo Nightwish sorrirem. É uma roupagem agressiva que combina com a acidez das letras.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por outro lado, o retrocesso nos quesitos "originalidade" e "diversidade" é gritante. Talvez pelo fato de Magnus, o coringa da Frontiers, ter sido o coautor das faixas, elas parecem ter a mesma cara, a mesma produção, enfim, tudo excessivamente devoto a uma zona de conforto que permitiu à vocalista cantar sobre muita coisa, porém quase sempre do mesmo jeito.

De qualquer forma, Strong é sim interessante e tem seus momentos memoráveis (como "Sick of You", "Parasite" e "Catcher of My Dreams"), sendo o melhor trabalho de Anette pela Frontiers até o momento. Ela diz pretender trabalhar no terceiro solo em breve; veremos se será mais do mesmo ou se ela conseguirá manter sua personalidade no sucessor desta obra.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Abaixo, o vídeo de "Parasite":

FONTE: Sinfonia de Ideias
https://sinfoniadeideias.wordpress.com/2021/09/13/resenha-strong-anette-olzon/

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Russell Allen e Anette Olzon lançarão álbum em setembro; confira tracklist e faixa

Nightwish: Anette não queria Floor Jansen na banda em 2012

Nightwish: Tarja fala de relação com Anette Olzon e Floor Jansen

Nightwish: a sincera opinião da ex-vocalista Anette Olzon sobre atual som da banda

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São Paulo

Oh, não!: clássicos do Rock Heavy Metal e que foram "estragados" pelo tempo


Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes.