Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemO clássico dos Rolling Stones que levou mais de 30 anos para ser tocado ao vivo

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemApós resposta de Malmsteen, Jeff Scott Soto rebate guitarrista e diz que deseja paz

imagemFreddie Mercury revelou em 1985 como foi conciliar carreira solo e o Queen

imagemRitchie Blackmore revela como o impactou a chegada de Jimi Hendrix na Inglaterra

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemComo Max Cavalera aprendeu inglês tendo abandonado a escola aos 12 anos de idade

imagemOzzy Osbourne é visto caminhando com dificuldade ao sair de estúdio

imagemVocalista do Gwar diz que integrantes do Maiden são "um bando de velhas britânicas"

imagemLuciano Hang processa vocal do Fresno e quer indenização de R$ 100 mil por danos morais

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"


Stamp

Tuatha de Danann: uma ponte aérea entre Brasil e Irlanda

Resenha - In Nomine Éireann - Tuatha de Danann

Por Alexandre Veronesi
Em 22/01/21

Nota: 8

O subgênero Folk Metal definitivamente não está posicionado entre os mais populares no Brasil, mesmo dispondo de uma sólida base de fãs por aqui. A despeito disso, o grupo Tuatha de Danann, oriundo da mística cidade de Varginha/MG, simplesmente transcendeu o estilo e se tornou uma das maiores referências quando se fala em Heavy Metal no nosso país. Cada passo da banda é efusivamente comemorado, e não foi diferente com "In Nomine Éireann", lançado em Novembro de 2020, mais de 5 anos após seu antecessor, "Dawn Of A New Sun", de 2015 (isso considerando apenas álbuns cheios, pois em 2019 tivemos o EP "The Tribes Of Witching Souls").

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda, que hoje é composta pelos excepcionais musicistas Bruno Maia, Giovani Gomes e Edgard Britto, fez em "In Nomine Éireann" um lindo tributo à música tradicional da Irlanda, país bastante rico e peculiar quando o assunto é folclore, e cuja cultura popular influencia diretamente a sonoridade do Tuatha de Danann desde os seus primórdios.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A audição do disco se revela uma experiência bastante sensorial e intrigante. Há o balanço perfeito entre peso e harmonia, muito bem representados dentro do direcionamento Celta/Folk proposto, e a sempre presente inserção de instrumentos incomuns na música pesada, como banjo, bouzouki, whistle, bodhrán e gaita irlandesa. Bruno Maia, líder e mente criativa por trás do grupo, é amplamente reconhecido por seu talento e engenhosidade descomunais, e o que ouvimos aqui faz total jus a tal reputação.

Dentre as 11 escolhas do repertório, que alternam-se entre canções tradicionais irlandesas e composições próprias, destacam-se, em especial, temas como a divertida "Molly Maguires", a intensa "Guns And Pikes", a bela "The Wind That Shakes The Barley" (que conta com a participação especial da cantora Daísa Munhoz, integrante das bandas Soulspell e Vandroya), a variada e poderosa "The Devil Drink Cider", além das boas instrumentais "Nick Gwerk's Jigs" e "The Dream One Dreamt", faixas que ostentam admirável riqueza melódica e elevado primor técnico.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em suma, "In Nomine Éireann" é um álbum empolgante, prazeroso e recheado de vibrações positivas, tornando-se instantaneamente peça obrigatória na coleção dos fãs da banda e do gênero. Mais do que isso, um gratificante presente aos apreciadores da boa música em geral.

A versão física do material foi lançada no Brasil pelo selo Heavy Metal Rock, no formato CD, em embalagem digipack que evidencia um trabalho gráfico de alta qualidade.

Tuatha de Danann - In Nomine Éireann (2020)
Gravadora: Heavy Metal Rock
Data de lançamento: 25/11/2020

Tracklist:
01 - Nick Gwerk's Jigs
02 - Molly Maguires
03 - Guns And Pikes
04 - Moytura
05 - The Calling
06 - The Wind That Shakes The Barley
07 - Newry Highwayman
08 - The Master Reels
09 - The Devil Drink Cider
10 - The Dream One Dreamt
11 - King

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Formação:
Bruno Maia - voz, guitarra, violão, banjo, bouzouki e whistle
Giovani Gomes - baixo e backing vocal
Edgard Britto - teclado e escaleta

Convidados:
Raphael Wagner - guitarra
Nathan Viana - violino
Rafael Delfino - bateria e bodhrán
Alex Navar - gaita irlandesa (faixas 1,3,4 e 10)
Kane O'Rourke - violino (faixas 1,2,4 e 8)
Finn Magill - violino (faixa 10)
Daísa Munhoz - voz (faixa 6)
Keith Fay - voz (faixa 2)
Folkmooney - voz (faixa 3)
Marcell Cardoso - bateria (faixa 6)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Folk Metal: dez dicas oriundas da América do Sul



Sobre Alexandre Veronesi

Colaborador sem descrição cadastrada.

Mais matérias de Alexandre Veronesi.