In Flames: em 2016, um duplo ao vivo que esquece do passado

Resenha - Sounds From The Heart of Gothenburg - In Flames

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9

"Sounds From The Heart of Gothenburg" é o segundo disco ao vivo do In Flames, lançado em 23 de setembro de 2016. O álbum duplo é o último registro do baterista Daniel Svensson, que participou da formação mais duradoura da banda.

In Flames: banda anuncia lançamento de whiskey personalizadoRestart: Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 2010

Na época, o In Flames estava divulgando 'Siren Charms", décimo primeiro disco de estúdio. Por este motivo, o ao vivo conta com sete músicas do então lançamento mais recente, a grande maioria presente na primeira parte do trabalho. Na verdade, o disco retrata muito mais o que a banda fez neste século e praticamente esquece do passado glorioso vivido por Björn Gelotte e sua turma.

Se você for aquele fã true, preso na trilogia formada pelos maravilhosos "The Jester Race", "Whoracle" e "Colony", talvez vá achar o trabalho uma bela de uma desgraça. Por outro lado, se você já presenciou alguma apresentação da banda, sabe que os caras são competentes ao extremo, e são capazes de transformar a mais enfadonha das músicas em uma usina de energia. De fato, "Sounds From The Heart of Gothenburg" mostra toda a competência da banda em cima de um palco.

Apesar de eu, particularmente, achar "Siren Charms" o disco mais chato e sem alma lançado pelo grupo, suas canções funcionam ao vivo, com destaque para a balada "With Eyes Wide Open", a explosiva "In Plain View", "Everything's Gone", "Paralyzed" (um dos melhores momentos do show) e "Rusted Nail". Até mesmo a vexatória "Through Oblivion" acaba ficando audível.

Ainda falando sobre os discos mais recentes, o maravilhoso "Sounds Of a Playground Fading" é muito bem representado pelas ótimas "Fear Is the Weakness", "Where the Dead Ships Dwell", "Ropes" e "Deliver Us". O não menos competente "A Sense Of Purpose" é lembrado com "Delight And Angers", a imensa e emocionante "The Chosen Pessimist" e o hit "The Mirror's Truth".

Já a fase de transição da banda traz clássicos como "Take This Life", "The Quiet Place", "Trigger" e "Cloud Connected". Já da fase "Clayman" pra trás, só temos "Only For The Weak" e "Resin".

Gravado na cidade natal da banda em 2014, "Sounds From The Heart of Gothenburg" é um excelente registro, que mostra não apenas o poder do In Flames ao vivo, mas as razões pelas quais a banda sueca é um dos maiores nomes de sua geração.

Seja você fã da velha guarda, seja admirador dos trabalhos, mais novos, vale a pena ouvir. Se você tem o azar de não conhecer o trabalho dos caras, esse ao vivo é uma excelente oportunidade!

Ano de lançamento: 2016

Faixas:

Disco 1:

"In Plain View"
"Everything's Gone"
"Fear Is the Weakness"
"Trigger"
"Resin"
"Where the Dead Ships Dwell"
"With Eyes Wide Open"
"Paralyzed"
"Through Oblivion"
"Ropes"

Disco 2:

"Delight and Angers"
"Cloud Connected"
"Only for the Weak"
"The Chosen Pessimist"
"The Quiet Place"
"When the World Explodes"
"Rusted Nail"
"The Mirror's Truth"
"Deliver Us"
"Take This Life"

formação:

Anders Fridén: vocal
Björn Gelotte: guitarra
Niclas Engelin: guitarra
Peter Iwers: baixo
Daniel Svensson: bateria




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "In Flames"


In Flames: banda anuncia lançamento de whiskey personalizadoIn Flames: lançado lyric video para "Follow Me"; assista

In Flames: todos os álbuns da banda, do pior para o melhorIn Flames
Todos os álbuns da banda, do pior para o melhor

Em 03/09/2002: In Flames lançava o álbum Reroute To RemainEm 27/08/1975: nascia Björn Gelotte, guitarrista do In FlamesCyhra: segundo álbum da banda de ex In Flames será lançado em breve

Pabllo Vittar: Com camiseta do In Flames no programa de Tatá WerneckPabllo Vittar
Com camiseta do In Flames no programa de Tatá Werneck

In Flames: todos os álbuns da banda, do pior para o melhorIn Flames
Todos os álbuns da banda, do pior para o melhor

Metal Hammer: As melhores músicas da história do Death MetalMetal Hammer
As melhores músicas da história do Death Metal


Restart: Trecho de Enter Sandman do Metallica no VMB 2010Restart
Trecho de "Enter Sandman" do Metallica no VMB 2010

Show de Rock: as diferenças entre os anos 80 e 2010Show de Rock
As diferenças entre os anos 80 e 2010

Guns N' Roses: o Chinese Democracy que você nunca viuGuns N' Roses
O "Chinese Democracy" que você nunca viu

Raul Seixas: Perguntas e respostas e curiosidades diversasRaul Seixas
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Metallica: NME elege as 10 melhores músicas do grupoMetallica
NME elege as 10 melhores músicas do grupo

DJ Ashba: guitarrista do Guns diz que Axl Rose é um piadistaDJ Ashba
Guitarrista do Guns diz que Axl Rose "é um piadista"

Guns N' Roses: Ron Bumblefoot Thal explica origem de apelidoGuns N' Roses
Ron "Bumblefoot" Thal explica origem de apelido


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

adGooILQ