Paradise Lost: Os verdadeiros reis do Doom Metal

Resenha - Plague Within - Paradise Lost

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Faustino de Oliveira Torres
Enviar Correções  

10

Depois de lançar grandes clássicos do Doom Metal como "Icon" [1993] e "Draconian Times" [1995] e dividir os fãs após passar por uma fase eletrônica com os álbuns "Host" [1999] e "Belive in Nothing" [2001], os britânicos do Paradise Lost lançaram "Faith Divides Us - Death Unites Us" [2009] e "Tragic Idol" [2012], sendo estes últimos um nostálgico retorno para o estilo característico inicial, o qual trouxe ao grupo um reconhecimento como um dos maiores ícones do estilo.

Paradise Lost: ouça Obsidian, novo álbum da banda inglesaScorpions: a história por trás da música "Wind of Change"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Dia 01/06/2015, eis que após um hiato de três anos encerrou-se após o lançamento de "The Plague Within", décimo quarto álbum da carreira dos ingleses.

Após a excelente repercussão de "Tragic Idol", e do lançamento da compilação "Tragic Illusion 25" [2013] , ficou nítido e evidente o flerte do retorno aos primórdios, trazendo novamente elementos sombrios e soturnos ao cardápio.

"The Plague Within" coroa a grande fase em que se encontra a banda, que mantém a formação estável desde 2009, quando o baterista Adrian Erlandsson passou a fazer parte do quinteto.

Incia-se a audição do álbum com "No Hope in Sight", já mostrando que a proposta é realmente um flerte aos tempos iniciais, um som lento, cadenciado, dando evidência aos vocais de Nick Holmes que regem magistralmente seus quase cinco minutos, mesclando as linhas vocais entre limpo e gutural, remetendo em alguns momentos a "Shades of God" [1992], sendo esta a primeira divulgação oficial do novo lançamento, trazendo uma lyric vídeo oficial.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Prosseguindo temos "Terminal", que segue a premissa da faixa anterior, porém com um pouco mais de velocidade, evidenciando um rebuscado trabalho de bateria de Adrian, tendo um grade auxílio do veterano baixista Stephen Edmondson, fazendo um uníssono poderoso e empolgante.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dando continuidade, vêm "An Eternity Of Lies", faixa que apresenta violinos e passagens de teclado sinuosas e suaves, impressionando na mescla de elementos e principalmente nos backing vocals, incorporando uma energia gótica a sonoridade, trazendo a memória trechos memoráveis do intocável "Gothic" [1991].

Passando a diante, "Punishment Through Time", traz novamente o lado cadenciado e arrastado, mostrando a grande interação entre os guitarristas Gregor e Aaron, riff pesados com algumas passagens melódicas que trazem brilhantismo e personalidade única ao petardo.

A quinta faixa, "Beneath the Broken Earth" segue a linha das anteriores, sendo esta a premiada para ser o vídeo-clipe de divulgação do disco, composição que faz uma crítica aos reinos que não valorizam o sonho e as vontades de seu povo, mostrando a face mais melancólica e reflexiva do álbum.

Não com menos polidez e genialidade temos as faixas "Sacrifice the Flame", "Victim of the Past", "Cry Out", "Flesh from Bone" e "Return to the Sun".

Em tratando-se de um dos mais evidentes nomes do Doom Metal, "The Plague Within", mantém o Paradise Lost no Hall dos grandes lançamentos atuais, e como já é de praxe, os verdadeiros REIS, nunca perdem a sua MAJESTADE.

Formação :
Nick Holmes : Vocais
Aaron Aedy : Guitarra Base
Gregor Mackintosh : Guitarra Base/Solo e Teclados
Adrian Erlandsson : Bateria
Steve Edmondson: Baixo

Participações Especiais :
Daniel Quill : Violino
Liam Byrne : Viola da Gamba
Heather Thompson : Vocais Femininos.

Faixas :
No Hope in Sight
Terminal
An Eternity of Lies
Punishment Through Time
Beneath Broken Earth l
Sacrifice the Flame
Victim of the Past
Flesh from Bone
Cry Out
Return to the Sun


Outras resenhas de Plague Within - Paradise Lost

Resenha - Plague Within - Paradise LostResenha - Plague Within - Paradise Lost



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Paradise Lost: ouça Obsidian, novo álbum da banda inglesaParadise Lost
Ouça Obsidian, novo álbum da banda inglesa

Paradise Lost: assista vídeo oficial de Darker Thoughts , música do novo álbumParadise Lost
Assista vídeo oficial de "Darker Thoughts ", música do novo álbum

Paradise Lost: ouça "Ghosts", mais uma música do próximo discoParadise Lost: assista o lyric video de "Ghosts"

Paradise Lost: assista lyric video oficial de Ghosts, nova música da bandaParadise Lost
Assista lyric video oficial de "Ghosts", nova música da banda


Capas: mais feias e ridículas feitas por artistas dos quadrinhosCapas
Mais feias e ridículas feitas por artistas dos quadrinhos

Bandas extremas: 10 álbuns que causaram surpresaBandas extremas
10 álbuns que causaram surpresa


Scorpions: a história por trás da música Wind of ChangeScorpions
A história por trás da música "Wind of Change"

Slipknot: Ana Maria Braga surpreende em abertura do Mais VocêSlipknot
Ana Maria Braga surpreende em abertura do Mais Você


Sobre Bruno Faustino de Oliveira Torres

Idealizador e chefe do grupo e página Musikkaos e Brazilian Metal Br, estudante de engenharia civil na FATEC/SP, eterno fã de rock e metal assim como colecionador de CDs, LPs e DVDs, tenho gosto musical amplo, desde clássicos como Elvis e Hendrix, até Black Metal e Grindcore.

Mais matérias de Bruno Faustino de Oliveira Torres no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280