RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Summer Breeze 2024

Apocalyptica: Instrumentais são destaque em álbum com vocal fixo

Resenha - Shadowmaker - Apocalyptica

Por Victor de Andrade Lopes
Fonte: Sinfonia de Ideias
Postado em 01 de maio de 2015

Nota: 8

Após 4,5 anos sem um álbum de inéditas, o quarteto pioneiro do cello metal lança um álbum apostando em uma nova fórmula: em vez de convidar vários vocalistas, ficaram com apenas um: o estadunidense Franky Pérez, que já cantou com vários artistas consagrados (Slash, Scars on Broadway e outros) e tem também três álbuns solo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Ele não é considerado membro oficial, mas trabalhou com a banda desde o início das gravações, auxiliando inclusive nos arranjos. A escolha de um único vocalista torna as coias mais práticas, especialmente quando se fala em uma turnê, mais sua integração ao disco não fica muito acima de projetos com vários convidados diferentes e não-compromissados com a banda, como os próprios álbuns anteriores do Apocalyptica. Mas talvez seja questão de tempo, caso eles decidam manter a parceria nos próximos lançamentos.

Lembrando que isso não quer dizer que ele não seja bom vocalista, muito pelo contrário. Eicca Toppinen, um dos violoncelistas, disse que a voz dele era perfeita para a banda por ser bem dinâmica, o que é essencial para se encaixar na variada lista de composições do quarteto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

O curioso de Shadowmaker é que as faixas instrumentais continuam sendo as melhores. A própria faixa título fica muito mais interessante devido ao interlúdio instrumental. "Reign of Fear" (não disponível na edição regular) e "Riot Lights" se juntam a este grupo de instrumentais competentes.

Mas não pensem que o álbum é um 8 ou 80. O nível geral é bom. Das faixas com vocal, os singles "Shadowmaker" e "Cold Blood", juntamente a "House of Chains" ajudam a tornar este um exemplar digno na discografia da banda. Mas a melhor faixa com vocal é, sem dúvidas, o encerramento "Dead Man's Eye", cuja primeira metade termina com uma linha melódica quase tão tocante quanto o encerramento de "Farewell", do álbum Apocalyptica, antecedendo um longo encerramento que revisa os principais riffs das outras faixas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

Os 4,5 anos de espera certamente fizeram a ansiedade acumular nos fãs, e o resultados final é, no mínimo, satisfatório. A escolha do vocalista único agrada, mas pode talvez melhorar com lançamentos posteriores. Um agrupamento de boas peças de cello metal - o que mais esperar dos fundadores do estilo?

Abaixo, o vídeo de "Shadowmaker":

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

Track-list:
1. "I-III-V-Seed of Chaos"
2. "Cold Blood"
3. "Shadowmaker"
4. "Slowburn"
5. "Reign of Fear" (faixa bônus)
6. "Hole in My Soul"
7. "House of Chains"
8. "Riot Lights"
9. "Come Back Down" (faixa bônus)
10. "Sea Song (You Waded Out)"
11. "Till Death Do Us Part"
12. "Dead Man's Eyes"


Outras resenhas de Shadowmaker - Apocalyptica

Apocalyptica: soando mais convencional em nova fase da carreira

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Luan Lima | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 77507/SP) formado pela PUC-SP com extensões em Introdução à História da Música e Arte Como Interpretação do Brasil, ambas pela FESPSP, e estudante de Sistemas para Internet na FATEC de Carapicuíba, onde mora. É também membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil e responsável pelo blog Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cultura pop, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados e misturas. Toca piano e teclado nas horas livres.
Mais matérias de Victor de Andrade Lopes.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS