Apocalyptica: Instrumentais são destaque em álbum com vocal fixo

Resenha - Shadowmaker - Apocalyptica

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Victor de Andrade Lopes, Fonte: Sinfonia de Ideias
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Após 4,5 anos sem um álbum de inéditas, o quarteto pioneiro do cello metal lança um álbum apostando em uma nova fórmula: em vez de convidar vários vocalistas, ficaram com apenas um: o estadunidense Franky Pérez, que já cantou com vários artistas consagrados (Slash, Scars on Broadway e outros) e tem também três álbuns solo.
357 acessosApocalyptica: banda vem pela primeira vez à capital gaúcha5000 acessosRock e Heavy Metal: E se as capas dos álbuns fossem honestas?

Ele não é considerado membro oficial, mas trabalhou com a banda desde o início das gravações, auxiliando inclusive nos arranjos. A escolha de um único vocalista torna as coias mais práticas, especialmente quando se fala em uma turnê, mais sua integração ao disco não fica muito acima de projetos com vários convidados diferentes e não-compromissados com a banda, como os próprios álbuns anteriores do Apocalyptica. Mas talvez seja questão de tempo, caso eles decidam manter a parceria nos próximos lançamentos.

Lembrando que isso não quer dizer que ele não seja bom vocalista, muito pelo contrário. Eicca Toppinen, um dos violoncelistas, disse que a voz dele era perfeita para a banda por ser bem dinâmica, o que é essencial para se encaixar na variada lista de composições do quarteto.

O curioso de Shadowmaker é que as faixas instrumentais continuam sendo as melhores. A própria faixa título fica muito mais interessante devido ao interlúdio instrumental. "Reign of Fear" (não disponível na edição regular) e "Riot Lights" se juntam a este grupo de instrumentais competentes.

Mas não pensem que o álbum é um 8 ou 80. O nível geral é bom. Das faixas com vocal, os singles "Shadowmaker" e "Cold Blood", juntamente a "House of Chains" ajudam a tornar este um exemplar digno na discografia da banda. Mas a melhor faixa com vocal é, sem dúvidas, o encerramento "Dead Man's Eye", cuja primeira metade termina com uma linha melódica quase tão tocante quanto o encerramento de "Farewell", do álbum Apocalyptica, antecedendo um longo encerramento que revisa os principais riffs das outras faixas.

Os 4,5 anos de espera certamente fizeram a ansiedade acumular nos fãs, e o resultados final é, no mínimo, satisfatório. A escolha do vocalista único agrada, mas pode talvez melhorar com lançamentos posteriores. Um agrupamento de boas peças de cello metal - o que mais esperar dos fundadores do estilo?

Abaixo, o vídeo de "Shadowmaker":

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Track-list:
1. "I-III-V-Seed of Chaos"
2. "Cold Blood"
3. "Shadowmaker"
4. "Slowburn"
5. "Reign of Fear" (faixa bônus)
6. "Hole in My Soul"
7. "House of Chains"
8. "Riot Lights"
9. "Come Back Down" (faixa bônus)
10. "Sea Song (You Waded Out)"
11. "Till Death Do Us Part"
12. "Dead Man's Eyes"

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

ApocalypticaApocalyptica
Turnê sul-americana em novembro, 4 shows no Brasil

357 acessosApocalyptica: banda vem pela primeira vez à capital gaúcha0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Apocalyptica"

OriginalidadeOriginalidade
10 Bandas ou Projetos Inusitados

MetallicaMetallica
Oito grandes covers feitas por outras bandas de Rock e Metal

ApocalypticaApocalyptica
"Natal na Finlândia é um período negro"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Apocalyptica"

Rock e MetalRock e Metal
E se as capas dos álbuns fossem honestas?

Rock In Rio 2017Rock In Rio 2017
Ausência do "Dia do Metal" é compreensível

SlayerSlayer
O que acontece quando tentam tocar com um violão?

5000 acessosKurt Cobain: fotos inéditas mostram a arma que ele usou para se suicidar5000 acessosOasis: Noel Gallagher acusa Green Day de plágio5000 acessosKing Diamond: vetado por Dave Mustaine em show do Volbeat5000 acessosScorpions: "não estamos presos nos anos 80"5000 acessosGaleria - Musas - Simone Simmons5000 acessosBruce Dickinson: "Não entrei na música para pegar mulher"

Sobre Victor de Andrade Lopes

Victor de Andrade Lopes é jornalista (Mtb 0077507/SP) formado pela PUC-SP e membro do Grupo de Usuários Wikimedia no Brasil. Paulistano e morador de Carapicuíba (Granja Viana), tem um blog de resenhas musicais e outros assuntos chamado Sinfonia de Ideias. Apaixonado por livros, ciências, cinema, games, viagens, ufologia, e, é claro, música: rock, metal, pop, dance, folk, erudito e todos os derivados. Além de ouvir, também toca piano e teclado, compondo algumas bobagens de vez em quando.

Mais matérias de Victor de Andrade Lopes no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online