Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemMorre Alan White, baterista do Yes e que gravou a clássica "Imagine", de John Lennon

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemMichael Anthony diz que "Van Halen III" foi "a coisa mais louca que a banda já fez"


Alice in Chains: Lado mais acústico com temas mais mórbidos

Resenha - Alice In Chains - Alice In Chains

Por Rodrigo Noé de Souza
Em 28/09/13

Nota: 7

Após o aclamado acústico gravado pela MTV, a Alice In Chains ainda resistia bravamente no cenário, enquanto as bandas contemporâneas, Soundgarden e Pearl Jam, continuavam no auge, apesar da moda grunge se esfacelar aos pedaços (vide a morte de Kurt Cobain, em 1994).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Seu terceiro disco, intitulado simplesmente com o nome da banda (que ficou conhecido como Tripod, ou a capa do cão de três pernas), ficou conhecido como o último álbum lançado, com Layne Staley nos vocais.

Mesmo não sendo tão bem sucedido como foi o Dirt (1992), Alice In Chains possui destaques como Heaven Beside You, Grind e Again. Ouvindo-o, dá para sacar que a banda absorveu mais seu lado acústico, enquanto, liricamente, Staley se deu bem ao abordar temas mais mórbidos. Mas, o destino seria mais cruel daqui em diante.

Com isso, o álbum estreou muito bem na Billboard, na 1ª posição. A revista Rolling Stone descreveu-o, como um "renascimento musical", enquanto The New York times comentou que o som era "claramente delineado e meticulosamente coberto por camadas acústicas".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Porém, o futuro da banda foi selado quando o Alice In Chains interrompeu suas atividades, dando início a um hiato que duraria 14 anos, contando com um episódio que mudaria os rumos. Seu vocalista, Layne Staley, foi encontrado morto, em seu apartamento, em Seattle (EUA), em estado de decomposição. Coincidentemente, ele morreu no dia 8 de abril de 2002, devido à uma overdose de heroína; exatos oito anos depois do suicídio de Kurt Cobain.

Formação:

Layne Staley – vocal
Jerry Cantrell – guitarra/vocal
Mike Inez – baixo
Sean Kinney – bateria

Tracklist:

1-Grind
2-Brush Away
3-Sludge Factory
4-Heaven Beside You
5-Head Creeps
6-Again
7-Shame In you
8-God Am
9-So Close
10-Nothin Song
11-Frogs
12-Over Now

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Confiram os vídeos abaixo.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Fonte:
http://www.instagram.com/esporropublico


Outras resenhas de Alice In Chains - Alice In Chains

Resenha - Alice In Chains - Alice In Chains

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemMike Portnoy compara 5 de abril com 8 de dezembro e relembra rockstars falecidos

imagem5 de abril: uma das datas mais tristes da história da música pesada

imagemAlice In Chains: Jerry Cantrell diz que está 100% nem aí para os haters da Internet

imagemJerry Cantrell: confira vídeo animado de "Siren Song", lançado nesta quarta-feira

imagemAlice In Chains: como era a cena de Seattle na época do grunge, segundo Jerry Cantrell

imagemAlice In Chains: de Bee Gees até Iron Maiden, as bandas que influenciaram Jerry Cantrell

imagemJerry Cantrell elogia Elton John; "Um talento incrível e um ser humano lindo"

imagemAlice In Chains: todos os álbuns, do pior para o melhor, em lista da Metal Hammer

imagemLista: cinco bandas de rock e heavy metal que possuem mais de um vocalista

imagemTúnel do Tempo: 100 grandes músicas lançadas na inesquecível década de 90

imagemDream Theater: de U2 a Pantera, as influências de "Six Degrees Of Inner Turbulence"

imagemLoudwire: 50 álbuns de rock and roll e heavy metal que completarão 30 anos em 2022

imagemAlice In Chains: como a combinação entre Jerry Cantrell e Layne Staley deu tão certo

imagemDe Alice In Chains até Darkthrone, 15 álbuns que completarão 30 anos em 2022

imagemAlice In Chains: a curiosa origem do nome da banda, segundo Jerry Cantrell




Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don't Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza.