Age of Taurus: Uma das maiores revelações do doom metal

Resenha - Desperate Souls of Tortured Times - Age of Taurus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

9


Formado por Richard Bruce (baixo), Darius Claydon (bateria), Alastair Riddell (guitarra) e Toby W. Wright (vocal e guitarra), o AGE OF TAURUS está na estrada desde 2009 e, por ser uma banda tão nova, chega a impressionar pela qualidade atingida nesse seu debut.

Guns N' Roses: a história da saída de cada integranteRock, Revolução e Satanismo

Se a belíssima capa do álbum, retirada da obra "Uma Avalanche nos Alpes" (1803), de Phili James De Louthbourg, já chama a atenção, quando apertamos o play a coisa se torna ainda mais interessante!

Misturando de forma bem peculiar o doom metal mais tradicional, obscuro e arrastado, com elementos de hard rock setentista, o quarteto londrino se mostra muito competente no que se propõem a fazer, criando uma sonoridade pesadíssima, arrastada, densa e cheia de personalidade, e que não se tornar monótona no decorrer da audição, o que, infelizmente, é comum em bandas que estão iniciando sua carreira neste estilo tão "difícil" da música pesada.

A temática lírica da banda, embora não trate explicitamente de temas satânicos, pode ser enquadrada com ocultista, tendo em vista os temas obscuros tratados.

"Rush of Power", que abre o disco, é uma das faixas mais pesadas do álbum, com uma levada hipnótica e brutal, sendo um dos grandes destaques do álbum ao lado da matadora "Embrace the Stone", que conta com riffs memorais, um clima melancólico de assustar, e mostra ainda todo o talento de Toby como vocalista. Mas não se engane, pois o disco é inteiro muito bom, e merece uma audição mais apuradas em todo seu interregno.

Outro fator que chama a atenção é a excelente produção, realizada por Jaime Gomez Arellano, que embora mantendo um clima mais retro, deixou tudo bem audível e agressivo, chamando a atenção o ótimo resultado atingido com a sonoridade do baixo, bem presente e encorpado, soando como se um martelo estivesse atingindo constantemente nossos tímpanos.

Assim, com esse primeiro álbum, o AGE OF TAURUS já figura como uma das maiores revelações do doom metal dos últimos tempos, tendo tudo para, em um futuro não tão distante, se tornar referência no estilo, pois os caras entendem do assunto.

Desperate Souls of Tortured Times – Age of Taurus (2013 – Importado - Rise Above/Metal Blade)

Tracklist:
1. A Rush of Power
2. Sinking City
3. Always in the Eye
4. Walk with Me, My Queen
5. Desperate Souls of Tortured Times
6. Embrace the Stone
7. The Bull and the Bear

Lineup:
Richard Bruce - Bass
Darius Claydon - Drums
Alastair Riddell - Guitars
Toby W. Wright - Vocals, Guitars




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses: a história da saída de cada integranteGuns N' Roses
A história da saída de cada integrante

Rock, Revolução e SatanismoRock, Revolução e Satanismo


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin