Gamma Ray: Uma das bandas mais importantes do power metal

Resenha - Skeletons & Majesties Live - Gamma Ray

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Uma das bandas mais importantes do power metal, e do metal em geral, o GAMMA RAY sempre foi reconhecido como uma das melhores bandas ao vivo do mundo. E assim, sempre que pode, Kai Hansen e sua trupe procuram registrar seus shows para eternizar suas apresentações, como ocorre novamente agora com esse material, cujo show principal ocorreu no Z7, em Pratteln, Suíça, ocorrido no dia 29 de abril de 2011.

Metallica: corrigindo a injustiça contra Jason NewstedMetal: por que os metalheads vivem presos no passado?

Como você já sabe, amigo leitor e fã da banda, o GAMMA RAY já registrou material ao vivo de clássicos, de músicas não tão tocadas em shows, e diversos outros momentos. E dessa vez os caras resolveram fazer uma mescla de clássicos e músicas não tão "famosas", mas não menos excelentes, além de conter várias outros atrativos para os fãs. Assim nasceu "Skeletons & Majesties Live", que acaba de sair em CD e DVD duplos, e em breve terá também sua versão em Blu-Ray.

O show principal foi realizado em um clube pequeno, o que deixou a apresentação ainda mais intimista. A qualidade do som (com opção 5.1 no DVD) e a captação das imagens é excelente, destacando bem todos os membros da banda e, como não poderia deixar de ser, dando um "pouquinho" a mais de atenção ao chefe.

E um dos grandes destaques do material é a participação do vocalista Michael Kiske, que encontras-se em ótima forma nessa sua "volta" ao metal, cantando muito, e interagindo com Kai de forma divertidíssima enquanto está no palco, seja em "Time to Break Free" (música cantada por Kiske na versão original, constante do álbum "Land of the Free"), ou na clássica "Future World", do HELLOWEEN, sem dúvida um dos maiores hinos da história do Metal Melódico. Mas o melhor momento de Kai e Kiske é quando fazem um dueto na fantástica "A While in a Dreamland" (do EP "Silent Miracles"), que ficou muito emocional, embora Kiske por várias vezes erre a letra da música, mas como Hansen adverte, eles quiseram mesmo fazer uma versão espontânea, e não perfeita, pois ser sempre perfeito é entediante. Palmas para a dupla.

No mais, temos aqui temos clássicos como a balada "Farewell" e as pesadíssimas "Anywhere in the Galaxy"e "Dethrone Tyranny", além de versões acústicas para "Rebellion in a Dreamland" e "Send Me a Sign"; e outras não tão comuns no set da banda, como as ótimas "The Spirit", "Hold Your Ground" e "Watcher in The Sky", música composta por Hansen para o IRON SAVIOUR, quando ainda fazia parte da banda.

Além disso, há ainda muito material bônus, com partes de um show realizado em Bochum, na Alemanha, bem como entrevistas e um breve documentário.

Trata-se, pois, de um registro mais do que indispensável para qualquer fã do gênero, pois registra uma das melhores (senão a melhor) bandas do estilo, em sua melhor forma, e trazendo vários outros atrativos inéditos, que tornam o material ainda mais obrigatório.

Skeletons & Majesties Live - Gamma Ray
(2012 - EarMusic - Importado)

Track List:

1. Anywhere in the Galaxy
2. Men, Martians and Machines
3. The Spirit
4. Wings of Destiny
5. Farewell
6. Gamma Ray (Birth Control Cover)
7. Money
8. Time to Break Free
9. Rebellion in Dreamland
10. Send Me a Sign
11. Dethrone Tyranny
12. Watcher in the Sky
13. Hold Your Ground
14. A While in Dreamland
15. Rise
16. Brothers
17. Insurrection
18. Future World (Helloween cover)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Gamma Ray"


Helloween: Future World em mashup com os três vocalistasHelloween
"Future World" em mashup com os três vocalistas

Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Anos 90: 10 shows pouco comentadosAnos 90
10 shows pouco comentados


Metallica: corrigindo a injustiça contra Jason NewstedMetallica
Corrigindo a injustiça contra Jason Newsted

Metal: por que os metalheads vivem presos no passado?Metal
Por que os metalheads vivem presos no passado?

Bruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl RoseBruce Dickinson
Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose

Fotos de Infância: Steven Tyler, do AerosmithFotos de Infância
Steven Tyler, do Aerosmith

Occult Rock: dez novas ótimas bandas para você conhecerOccult Rock
Dez novas ótimas bandas para você conhecer

Rock Of Ages: um sensacional mashup de clássicosRock Of Ages
Um sensacional mashup de clássicos

Lamb of God: garota indonésia de 15 anos faz cover de HourglassLamb of God
Garota indonésia de 15 anos faz cover de "Hourglass"


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336