Accept: Dez faixas do mais puro Heavy Metal

Resenha - Stalingrad - Accept

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Willian Blackwell
Enviar Correções  


O Accept voltou com tudo em 2010: com Mark Tornillo (ex-TT Quick) nos vocais, os alemães lançaram ‘Blood of the Nations’, que foi considerado por muitos um dos melhores álbuns de metal do ano, provando que existia vida para a banda sem a marcante voz esgarniçada de seu antigo vocalista, Udo Dirkschneider.

Accept: banda está trabalhando em músicas de novo discoCapas de álbuns com ilusões de ótica

Porém, ao mesmo tempo em que estes ‘soldados do metal’ se "reinventaram", conseguindo cumprir com honras essa "árdua missão" (que para muitas bandas é algo impossível), acabaram também criando um novo obstáculo na carreira, já que seria difícil superar a aceitação alcançada com o registro.

E foi nesse clima de expectativa e desafio que a trupe liderada pelo guitarrista Wolf Hoffmann e pelo baixista Peter Baltes (com Herman Frank/guitarra, Stefan Schwarzmann /bateria e o já citado Tornillo/vocal) apresentou ao mundo o seu décimo terceiro álbum de estúdio, ‘Stalingrad’ (2012).

Como o próprio título já denota, a atmosfera do disco possui ares grandiosos, com uma tonalidade épica presente em seus temas, o que de certa maneira o diferencia de seu antecessor. No entanto, a banda não abdicou em momento algum de suas características naturais, fazendo o que sabe fazer de melhor: equilibrou peso, velocidade e melodia de maneira perfeita, criando 10 faixas do mais puro Heavy Metal.

Mesmo assim, não me sinto confortável em afirmar com 100% de certeza que ‘Stalingrad’ superou (em qualidade) ‘Blood of the Nations’. Com pouco tempo separando os dois, posso dizer que são ótimos álbuns com "propostas diferentes".

Acredito que o acerto maior do Accept aqui, seja o fato dos caras não se limitarem à apenas clonar o sucesso de 2010, deixando claro que os méritos conquistados nesta nova fase do grupo não são ocasionais, e muito menos passageiros.

@blackwill >> keeptrue!
http://willblackwill.tumblr.com/


Outras resenhas de Stalingrad - Accept

Resenha - Stalingrad - AcceptResenha - Stalingrad - Accept




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Accept: banda está trabalhando em músicas de novo discoAccept
Banda está trabalhando em músicas de novo disco

Arquivo do Rock: Cinco anos do festival Monsters of Rock de 2015Arquivo do Rock
Cinco anos do festival Monsters of Rock de 2015


Billy Corgan: revelando seus álbuns favoritos de MetalBilly Corgan
Revelando seus álbuns favoritos de Metal

Accept: banda não precisa mais tocar Balls To The Wall, diz Wolf HoffmannAccept
Banda não precisa mais tocar "Balls To The Wall", diz Wolf Hoffmann


Capas de álbuns com ilusões de óticaCapas de álbuns com ilusões de ótica

Derek Riggs: Eddie vende mais do que Mickey MouseDerek Riggs
"Eddie vende mais do que Mickey Mouse"


Sobre Willian Blackwell

Leitor/colecionador de HQs e livros. Apreciador de cinema e boa música. Autodidata. Um espírito livre. Adepto de um perspectivismo experimentalista com tendência a gostos bizarros e atividades grosseiras. Boa gente.

Mais matérias de Willian Blackwell no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin