Prong: Banda tão forte que se recusou a ficar na sepultura

Resenha - Carved Into Stone - Prong

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcos Garcia
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Tem bandas cujo trabalho é tão forte que se recusam a ficar na sepultura por muito tempo, e acabam voltando à ativa com toda carga, mantendo fidelidade ao estilo que cunharam, e com coragem, disposição e criatividade suficientes para deixar muitos novatos assustados com tamanha garra e energia em seus trabalhos. E o trio mais bruto que as ruas de Nova York já conheceram, o PRONG, é desses que esbanjam garra, energia e criatividade, inclusive com seu recém-lançado 'Carved Into Stone'.

Prong: ouça "End Of Sanity", nova música da bandaDane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhor

O estilão do trio é o mesmo que o tornou famoso: uma pancadaria pós-Thrash agressiva, com fortes influências de Hardcore, Industrial e mais alguma coisa que não se sabe dizer, mas que atente pelo nome PRONG, e continua tão original como na época áurea dos discos 'Beg to Differ' e 'Prove You Wrong'.

Sob a batuta do experiente produtor Steve Evetts (que já trabalhou com bandas como SEPULTURA, SYMPHONY X, entre outras), que soube dar peso, agressividade e corpo ao som do trio, sem perder a clareza necessária para uma banda de personalidade tão diversa do que se vê por aí, e a arte, feita por Vance Kelly (que já trabalhou com DOWN e OSMIUN), sempre evocando o tridente clássico da banda (daqui a pouco, alguns fanáticos vão gritar que 'é coisa do capeta'), dá um toque especial ao que o caro leitor irá ouvir.

São mais de 42 minutos de pura pancadaria bem tocada, com melodias muito bem sacadas, vocais ora agressivos e ríspidos, ora mais melodiosos, riffs de guitarra que prendem o ouvinte, baixo e bateria bem variados, mas sem deixar que a massa sonora da banda se perca em nada, como se pode ver em faixas como a pancadaria de 'Eternal Hit', que abre o CD com um pique Thrasher bem convidativo ao slam dancing, com bases de guitarra bem ríspidas, e trabalho firme da cozinha, especialmente pela variação de andamentos; a groovy e 'sabbáthica' 'Keep on Living in Pain', com destaque para o refrão ganchudo, mesmos elementos encontrados em 'Ammunition', com partes de guitarra arrasadoras; a avassaladora 'Revenge... Best Served Cold', faixa com vídeo oficial (que se encontra abaixo), com um clima que mixa Thrash com influências industriais, que lembra bastante suas composições mais antigas; a grudenta 'Put Myself to Sleep', que prende a atenção do ouvinte do início ao fim, pois é uma música muito bem trabalhada, quase minimalista; a climática 'Carved into Stone', bem mais cadenciada, que tem um clima denso e opressivo, com um trabalho ótimo de baixo e bateria, e as vocalizações dando uma aula de abrangência musical; e a peso-pesado 'Subtract', outra pancada cadenciada, forte e com melodias bem sacadas. A versão vinílica ainda tem um cover para 'Feuer Frei', do RAMMSTEIN.

Um disco que entrará no top 10 de muitos em 2012, inclusive no de vosso escritor favorito, e que deve restabelecer o PRONG como uma das vigas mestras do Metal moderno. E que esperemos que tenha sua versão nacional, por favor!!!!

E aqui vai o vídeo oficial de 'Revenge... Best Served Cold'

Carved Into Stone - Prong
(2012 - Branch Records - Importado)

Tracklist:
01. Eternal Heat
02. Keep on Living in Pain
03. Ammunition
04. Revenge... Best Served Cold
05. State of Rebellion
06. Put Myself to Sleep
07. List of Grievances
08. Carved Into Stone
09. Subtract
10. Path of Least Resistance
11. Reinvestigate

Formação:
Tommy Victor - Vocais e guitarras
Tony Campos - Baixo
Alexei Rodriguez - Bateria

Contatos:
http://www.prongmusic.com
http://www.facebook.com/prongmusic
http://www.myspace.com/prong
https://twitter.com/#!/prongmusic


Outras resenhas de Carved Into Stone - Prong

Prong: O novo disco dos caras é uma verdadeira pedrada




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Prong"


Prong: ouça "End Of Sanity", nova música da banda

Madonna: quando Monte Pittman ensinou um Riff do PanteraMadonna
Quando Monte Pittman ensinou um Riff do Pantera


Dane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhorDane-se Bruce Dickinson
Simone Simons no metrô é muito melhor

Covers: alguns dos mais legais feitos por bandas de MetalCovers
Alguns dos mais legais feitos por bandas de Metal


Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336