Made In Brazil: Nome marcado na história do rock nacional

Resenha - Discografia comentada - Made In Brazil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fábio Cavalcanti, Fonte: Rock em Análise
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Muita gente não sabe, mas a banda paulista Made in Brazil está entre as mais antigas do Brasil, quando se fala de rock. Formada pelos irmãos Oswaldo Vecchione e Celso Vecchione no final dos anos 60, e marcada por incontáveis mudanças em sua formação, o grupo lançou apenas oito álbuns de inéditas, mas deixou seu nome marcado entre os apreciadores do mais puro rock 'n' roll nacional. Se você ainda não ouviu falar nos caras, a hora é agora!

183 acessosRolando Castelo: baterista do Made in Brazil lança crowdfunding5000 acessosMötley Crüe: a ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

Made in Brazil (1974)


O primeiro álbum do Made in Brazil mostra um grupo que ainda está tentando moldar seu estilo, tanto a nível de sonoridade quanto a nível de produção. O interessante é que a banda conseguiu deixar bem claro, através de cada música, que todos os seus integrantes se divertiram horrores neste processo. Como resultado, este 'debut' conseguiu seu espaço entre os discos mais clássicos do rock nacional.

Jack o Estripador (1976)


Contrariando algumas expectativas, o álbum "Jack o Estripador" traz um pouco mais de peso e uma produção mais direta do que a do álbum de estréia. Pode-se dizer que a banda tinha acabado de encontrar a sua veia mais "hard rocker", embora esta ainda se encontrasse em seu estágio inicial...

Paulicéia Desvairada (1978)


Mais uma vez, contrariando as expectativas daqueles que apreciaram o direcionamento musical do segundo álbum, o 'Made' mostrou, através de "Paulicéia Desvairada", o caminho mais inusitado da sua carreira até então: uma sonoridade mais "light", com rocks de letras mais maduras e um bom número de baladas. Como o resultado foi apenas mediano, o grupo voltou a se focar mais naquele velho rock 'n' roll...

Minha Vida É Rock and Roll (1981)


Com os pés no chão novamente, Oswaldo Vecchione e companhia lançaram "Minha Vida É Rock and Roll". Apesar do seu título quase auto-indulgente, o álbum se mostrou como um trabalho consistente de hard rock, com uma produção sem firulas, além de músicas realmente grudentas. Definitivamente um dos melhores trabalhos da banda!

Deus Salva... O Rock Alívia (1985)


Em 1985, o hard rock dominava o cenário musical mundial. O "Made" aproveitou a onda e lançou seu álbum mais pesado: "Deus Salva... O Rock Alívia". A produção é absurdamente crua - ao ponto de trazer alguns momentos de "clipping" -, mas o resultado final é um "crocante" disco de rock "com atitude", daqueles que podem satisfazer as necessidades de qualquer pessoa que aprecie uma música sem frescuras.

In Blues (1992)


Após o seu primeiro longo período de inatividade criativa, o Made in Brazil resolveu se "reinventar", ao apostar em um som calcado no blues rock. O resultado é o mediano álbum "In Blues", que foi gravado ao vivo, mas funciona como um disco de estúdio. Apesar da sua boa proposta, o resultado final é um disco lento, longo e arrastado, com poucos traços da antiga dinâmica musical do grupo.

Sexo, Blues & Rock 'n' Roll (1998)


Seis anos se passaram até que o grupo finalmente lançou "Sexo, Blues & Rock 'n' Roll", o segundo álbum da sua fase mais "blueseira". Mas, ao contrário do que aconteceu no álbum anterior, a banda solidificou com maestria o seu blues rock, o que resultou em um álbum divertido, bem produzido e com uma boa dose de canções "sacolejantes". Temos aqui mais um trabalho de destaque na discografia do grupo.

Rock de Verdade! (2008)


Após absurdos 10 anos sem lançar material novo, o Made in Brazil lançou "Rock de Verdade!", seu álbum mais recente até o momento. Oswaldo Vecchione e sua trupe parecem ter tratado este projeto com o devido carinho, visto que toda a essência "rock e blues" do Made in Brazil está condensada ao longo do disco. Se este for o último trabalho do 'Made', a sua discografia estará muito bem encerrada!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Metal nacionalMetal nacional
Quinze álbuns clássicos de bandas brasileiras

183 acessosRolando Castelo: baterista do Made in Brazil lança crowdfunding92 acessosRolando Castello Junior: Made in Brazil, Quantum e Eduardo Araújo68 acessosVitrola Verde: 1ª parte da entrevista com Rolando Castello Junior0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Made In Brazil"

Ao vivoAo vivo
Álbuns clássicos que você deveria conhecer

Metal nacionalMetal nacional
Quinze álbuns clássicos de bandas brasileiras

Virada CulturalVirada Cultural
O Metal entrou em peso na programação

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Made In Brazil"

Mötley CrüeMötley Crüe
A ousada tattoo de modelo paulista em tributo à banda

SlashSlash
Saul Hudson explica qual a origem de seu apelido

SabatonSabaton
Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda sueca

5000 acessosKirk Hammett: "Mustaine toca rápido e eu, melódico"5000 acessosAngra: banda errou na escolha de Fabio Lione?5000 acessosShaman: baixista desabafa sobre cena brasileira5000 acessosBlack Metal: o lado mais negro da cena brasileira5000 acessosMegadeth: Dimebag Darrell quase foi guitarrista da banda5000 acessosAndreas Kisser: não tenho por que não ouvir as bandas do Max

Sobre Fábio Cavalcanti

Baiano, sempre morou em Salvador. Trabalha na área de Informática e ¨brinca¨ na bateria em momentos vagos, sem maiores pretensões. Além disso, procura conhecer novas - e antigas - bandas dos mais variados subgêneros do rock. Por fim, luta para divulgar, sempre que possível, o pouco conhecido cenário rocker da tão sofrida ¨Terra do Axé¨.

Mais matérias de Fábio Cavalcanti no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online