Pennywise: pérola recheada de hits do hardcore americano

Resenha - Reason To Believe - Pennywise

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Marcos Garcia
Enviar correções  |  Ver Acessos


Falar no Hardcore norte-americano é algo trabalhoso, pois por lá, o estilo, cuja origem é um pouco incerta, já que várias bandas clamam sua paternidade, sendo quase comum acordo entre a maioria dos fãs que o pai por direito é o BLACK FLAG, em 1979, sofreu incríveis mutações, aglutinou influências e influenciou muitos outros estilos musicais, mais notadamente o Metal. Ou alguém ainda acredita que o Thrash Metal é algum tipo de dádiva divina, que o Black Metal subiu dos infernos, ou que o Death Metal foi vomitado por algum zumbi vindo dos filmes de John Carpenter?

Metal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gêneroMax Cavalera: A opinião de Lemmy, Kiko Loureiro, Vinnie Paul e outros

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É de lá que vem bandas clássicas, que influenciaram gerações, e que ainda influenciam em muito, como o já citado BLACK FLAG, DEAD KENNEDYS, SOCIAL DISTORTION, NOFX, BAD RELIGION, e obviamente, o já lendário PENNYWISE, bem conhecido no Brasil e que se prepara para mais uma tour por aqui.

Adeptos de um estilo mais melódico dentro do Hardcore, com várias pitadas de Metal aqui e ali, mostrando que a banda tem compromisso apenas pelo que quer fazer, numa real atitude, eles nem necessitam muito de uma apresentação. E ouvir o último deles, 'Reason to Believe', é um ótimo aquecimento para os shows.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Capitaneados na época pelo elétrico vocalista Jim Lindberg (que deixou a banda após o lançamento deste CD) e tendo ainda nas guitarras Fletcher Dragge tocando riffs extremamente empolgantes, solos melodiosos e agressivos na medida certa, Randy Bradburry (baixo) e Byron McMackin (bateria) na base rítmica, o quarteto aquela altura estava extremamente bem afiado e entrosado, disparando críticas sociais, embasada nas atitudes anti-comerciais deles, pois na época em que muitas bandas conterrâneas estavam assinando com gravadoras majors e, de certa forma, aceitando ordens, eles preferiram continuar sempre sendo senhores de si mesmo, tanto que este CD inteiro foi disponibilizado para download pela banda na época, em uma parceria entre a Myspace Records, a Textango (distribuidora de músicas para celular) e a banda. E foi baixado mais de 400.000 vezes!

Isso mesmo, 400.000 vezes, e talvez este seja o motivo da versão física não ter ido tão bem, o que não impediu a banda de excursionar como louca por todo mundo, pois foram de 26 de Março até 28 de Setembro de 2008.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O CD em si é uma pérola recheada de grandes hits do estilo, tendo três Singles, 'The Western World' (esta, uma música mais cadenciada e cheia de energia), 'Die for You', e 'One Reason', mas há bem mais nesse full lenght do que estas, como as pancadas rasga-coturnos de 'Faith and Hope', 'Something to Live For', que é de empolgar, sair pogando sozinho em casa ou na rua, se você usa fones, e cantarolar o refrão; 'All We Need', onde as performances de Fletcher e Jim são algo de assustar. Há também momentos mais Rock'n'Roll, como em 'We'll Never Know', outra que empolga demais; outros mais cadenciados e intensos, como em 'Confusion', 'Affiliction' e Die For You'.

Um CD extremamente bem feito, honesto, e que merece rolar em qualquer aparelho de som, fora as letras da banda, sempre ácidas críticas às práticas aristocráticas das elites governamentais e empresárias que tendem a retorcer o saco escrotal dos menos abastados.

Politicamente incorreto, sonoramente empolgante, e que se danem os malditos rótulos, pois a banda é das boas!

E estarei na primeira fila em um de seus shows por aqui, com certeza!

Tracklist:
01. As Long as We Can (Intro)
02. One Reason
03. Faith and Hope
04. Something to Live For
05. All We Need
06. The Western World
07. We'll Never Know
08. Confusion
09. Nothing to Lose
10. It's Not Enough to Believe
11. You Get the Life You Choose
12. Affliction
13. Brag, Exaggerate & Lie
14. Die for You

Contatos:
http://www.myspace.com/pennywise
http://www.pennywisdom.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Pennywise"


Punk Rock: 21 logos conhecidos e suas históriasPunk Rock
21 logos conhecidos e suas histórias


Metal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gêneroMetal
Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero

Max Cavalera: A opinião de Lemmy, Kiko Loureiro, Vinnie Paul e outrosMax Cavalera
A opinião de Lemmy, Kiko Loureiro, Vinnie Paul e outros


Sobre Marcos Garcia

Marcos Garcia é Mestrando em Geofísica na área de Clima Espacial, Bacharel e Licenciado em Física, professor, escritor e apreciador de todas as subdivisões de Metal, tendo sempre carinho pelas bandas mais jovens e desconhecidas do público, e acredita no Underground como forma de cultura e educação alternativas. Ainda possui seu próprio blog, o Metal Samsara, e encara a vida pela máxima de Buda "esqueça o passado, não pense no futuro, concentre-se apenas no presente".

Mais matérias de Marcos Garcia no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336