Gov't Mule: com o espírito dos antigos power trios

Resenha - Live at Roseland Ballroom - Gov't Mule

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ricardo Seelig, Fonte: Collectors Room
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade


Warren Haynes e Allen Woody entraram na Allman Brothers Band em 1989 e foram dois dos principais responsáveis pelo rejuvenescimento do som do lendário grupo, como atestam gerando álbuns muito bons como "Seven Turns", de 1990.

Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estiloDuff McKagan: "Justin Bieber é um roqueiro de verdade!"

Paralelamente ao trabalho com os Allmans, Haynes e Woody começaram a tocar com o baterista Matt Abts, levando a cabo o projeto de uma banda que trouxesse de volta o espírito dos antigos power trios que foram fundamentais para o rock, como o Cream e o Jimi Hendrix Experience. Assim nasceu o Gov't Mule, e a receptividade do público foi tamanha que em 1997 Warren e Allen decidiram sair da Allman Brothers Band e focar o trabalho apenas em seu próprio grupo.

"Live at Roseland Ballroom" é o segundo disco do Gov't Mule, e sucede sua auto-intitulada estréia, de 1995. O álbum foi gravado ao vivo na virada de 95 para 96, nos tradicionais shows que o trio sempre realizou nessas datas. O que chama a atenção, logo de cara, é o som do baixo de Allen Woody, na cara e praticamente por cima dos outros instrumentos. O que pouca gente sabe é que o canal que captaria o som de Woody não funcionou corretamente, e a banda teve que pegar o som do baixo a partir dos microfones que captavam os outros instrumentos do palco. Ou seja, por aí dá pra ter uma idéia do volume absurdo com que Woody tocava.

O disco abre com uma versão fenomenal de "Trane", composição dedicada ao lendário saxofonista John Coltrane, com mais de 16 minutos de duração. É de cair o queixo, com o som iniciando em uma espécie de jam jazzy e evoluindo para um hard rock complexo, repleto de influências de gêneros como o jazz e o blues. S-e-n-s-a-c-i-o-n-a-l!

Na sequência o Gov't Mule mostra a sua competência absurda no palco com a clássica "Temporary Saint" e a sonzeira de "Painted Silver Light". "Don't Step on the Grass, Sam", cover do Steppenwolf gravado pelo Mule para a compilação "Hempilation - Freedom is Norml", lançada em 1995, vem a seguir, e é mais um exemplo do poder que Haynes e sua gangue tem em revitalizar e fazer composições alheias soarem como se fossem suas. O álbum fecha com "Kind of Bird" e "Mule", faixa estupenda que dá nome ao grupo e aqui está em uma de suas melhores versões.

"Live at Roseland Ballroom" é um disco fundamental, que capturou uma das melhores bandas dos anos 90/00 ainda sem seus primeiros passos. Para os colecionadores, um aviso: em 2007 a gravadora norte-americana Evil Teen lançou uma versão do álbum com uma bonus track especialíssima (Cat# ETCD05): "Voodoo Chile", de Hendrix.

Altamente recomendado!

Line-up:
Warren Haynes - Guitarra e Vocal
Allen Woody - Baixo
Matt Abts - Bateria

Faixas:
1. Trane - 16:34
2. Temporary Saint - 5:50
3. Painted Silver Light - 7:11
4. Don't Step on the Grass Sam - 8:06
5. Kind of Bird - 9:45
6. Mule - 8:56




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Govt Mule"


Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1998Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 1998

Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 1995Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 1995

Pra ouvir e discutir: os melhores discos lançados em 2001Pra ouvir e discutir
Os melhores discos lançados em 2001


Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estiloMetalcore
Os dez trabalhos essenciais do estilo

Duff McKagan: Justin Bieber é um roqueiro de verdade!Duff McKagan
"Justin Bieber é um roqueiro de verdade!"

Freddy Frenzzy: O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentaçãoFreddy Frenzzy
O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentação

Heavy Metal: cristãos podem aprender muito com o gêneroHeavy Metal
"cristãos podem aprender muito com o gênero"

Capas de álbuns: 30 das piores artes da históriaCapas de álbuns
30 das piores artes da história

Judas Priest: Análise vocal de Rob HalfordJudas Priest
Análise vocal de Rob Halford

Steel Panther: se pudesse ressuscitar um músico, seria Vince Neil, diz Michael StarrSteel Panther
"se pudesse ressuscitar um músico, seria Vince Neil", diz Michael Starr


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336