Nosferatu: gente talentosa e séria na cena

Resenha - Returning to the Slaughter - Nosferatu

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Glauco Silva
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


Taí uma banda que vi há anos atrás, ao vivo, e não gostei nem um pouco... mas felizmente tem gente talentosa e séria na cena, e o quinteto campineiro optou por aprender ralando na estrada - o resultado não podia ser outro: evolução, identidade e presença de palco melhorando a níveis (com o perdão do trocadilho) assombrosos.

Ghost: uma foto assustadora dos bastidores do Rock In RioSlayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dado que só atualmente conheci o som da banda, chega quase a ser sacanagem comentar uma demo editada em 2004... por outro lado, é a confirmação de que aproveitaram com plenitude seu potencial (então) latente. As 6 faixas são calcadíssimas na NWOBHM, em especial o Maiden dos 2 primeiros álbuns. De prima, o trabalho de Gustavo Lúcio nas 4 cordas chama a atenção - muita pegada e fraseados criativos, dando base firme e segurança ao competente Diego Xavier na batera. Sem dúvida, este baixista é uma revelação!

Andherson Némer às vezes exagera na dose quando solta agudos, mas sua voz em tom "normal" agrada aos ouvidos e casa bem com o instrumental. Hussein Salim e Anderson Frias dão um show de entrosamento e harmonia nas guitarras... nada genial ou cheio de originalidade nesta gravação, mas que já demonstrava coragem pra ousar/arriscar. Vale ressaltar que Hussein recentemente assumiu os vocais da banda também - com maestria, diga-se de passagem - e arrebenta ao vivo.

Quanto às faixas em si: boa qualidade de gravação, que alternam andamentos extremamente empolgantes ('Nosferatu', 'Night Walker'), refrões grudentos e belíssimos duetos de guitarras (a longa instrumental 'Warrior', com uma pegada lembrando 'Genghis Khan', do Iron). Mas eu destacaria mesmo a 3ª faixa, a ótima 'Execution', que resume todas as boas qualidades da banda.

Só acho que poderia haver mais capricho no encarte (inexistente) e na apresentação de informações sobre a banda: passei por uns 4 sites diferentes e não consegui descobrir a atual formação - fora os guitars e baixo, que continuam os mesmos. Mais atenção a esse detalhe, e o Nosferatu já demonstra ter dado passos o suficiente pra sair da categoria 'banda de garagem' a conquistar seu merecido espaço ao sol.

Em tempo: essa demo deve ser editada em vinil ainda esse ano via Dark Sun Records, em 500 cópias limitadas. Ótima iniciativa - mas dado o que presenciei ao vivo semanas atrás, demorou pra lançarem algo novo de estúdio, pois a banda hoje em dia se encontra MUITO melhor. Corra atrás!

Faixas:
1. Intro (2:08)
2. Night Walker (7:51)
3. Execution (6:29)
4. Warrior (4:28)
5. Full Moon Night (8:14)
6. Nosferatu (6:42)

Tempo total - 35:52

Contatos: nosferatublood@bol.com.br

Sites:
http://nosferatumetal.cjb.net
http://www.myspace.com/NosferatuBrazil




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Nosferatu"


Ghost: uma foto assustadora dos bastidores do Rock In RioGhost
Uma foto assustadora dos bastidores do Rock In Rio

Slayer: Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismoSlayer
Araya fala sobre fé e sua relação com o cristianismo


Sobre Glauco Silva

36 anos, solteiro, estudou Linguística e Engenharia de Alimentos na UNICAMP. Tem sua sobrevivência (CDs, cigarro e cerveja) garantida no trabalho em uma multinacional. Iniciado no Metal em 1988, é baixista/vocal do LACONIST (Death Metal) e acredita fielmente que o SARCÓFAGO é a melhor banda do universo.

Mais informações sobre Glauco Silva

Mais matérias de Glauco Silva no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336