Resenha - Freak ‘n'Roll… Into The Fog - Black Crowes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rodrigo Simas
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Não devem existir hoje muitas bandas que traduzam melhor que o Black Crowes o significado do Rock ‘n’ Roll. Dito isso, foi com extrema felicidade que a notícia de uma turnê de reunião (tá, a banda não tinha se separado há tanto tempo assim) foi recebida. “Freak ‘n’Roll… Into The Fog” é o documento em DVD desta turnê, gravado no histórico Fillmore, em São Francisco, em 2005, na noite de sábado (durante uma série de 5 apresentações na casa, onde foram tocadas 57 músicas diferentes – da própria banda - e 27 covers!).
65 acessosMagpie Salute: sai LP da banda de ex-Black Crowes5000 acessosGuitarristas: os sete mais influentes de todos os tempos

Com qualidade de imagem e som excelente, a edição, sem ser muito rápida, consegue captar toda emoção e energia de Chris Robinson e cia. E bota emoção e energia nisso. Os irmãos Robinson comandam a banda que conta ainda com o auxílio de duas backing vocals (que garantem a execução perfeita dos clássicos da época do cultuado “Southern Harmony and Musical Companion”) e um naipe de metais, o Left Coast Horns, em algumas músicas.

O repertório abrange toda carreira da banda, mas algumas faltas são sentidas, como não podia deixar de ser. A obrigatória “Sometimes Salvation” é deixada de lado, mas o que mais chama atenção é a presença de apenas uma faixa do maravilhoso “Lions” (o último CD de estúdio lançado), a contagiante “Soul Singing”.

O show começa pra cima, com um Chris Robinson inspirado (ele não mantém a mesma performance de estúdio, mas seu carisma, sua presença de palco e seu feeling já valem o DVD) e uma sequência matadora com “(Only) Halfway to Everywhere”, “Sting Me”, “No Seak No Slave”, a já citada “Soul Singing”, “Welcome To The Goodtimes” e “Jealous Again”, mas esfria na parte acústica, só conseguindo esquentar novamente no clássico “Hard to Handle”. Mesmo assim, é difícil citar outras falhas na apresentação.

Lançado também em CD duplo, “Freak ‘n’Roll… Into The Fog” é um lançamento indispensável para qualquer fã da banda, mas fica a vontade de ouvir algum trabalho inédito. O jeito é esperar para que a turnê de reunião não acabe por aqui, já que seria uma pena perder novamente uma banda que talvez tenha nascido na década errada, mas que por sorte nossa, está viva e ainda tem muito trabalho a fazer.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

65 acessosMagpie Salute: sai LP da banda de ex-Black Crowes77 acessosThe Magpie Salute: vídeo de banda com membros do Black Crowes0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Crowes"

Groupie DirtGroupie Dirt
A vida íntima de Bon Jovi, Biohazard, Black Crowes e Blur

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Black Crowes"

GuitarristasGuitarristas
Os sete mais influentes de todos os tempos

HumorHumor
As 101 regras para ser um fã da NWOBHM

MetalheadMetalhead
As mulheres mais sexys do Heavy Metal

5000 acessosJared Leto: a reação ao se ver no papel do Coringa5000 acessosElectra Mustaine: a linda filha do Sr. Dave Mustaine5000 acessosNamore um cara que goste de Metal5000 acessosVan Halen: a música que retrata o suicídio de Kurt Cobain5000 acessosMarilyn Manson: cantor admite que já chorou por falta de drogas5000 acessosConfissões de uma groupie - a autobiografia de Pamela Miller

Sobre Rodrigo Simas

Designer, carioca e tricolor. Começou a ouvir música aos 11 anos, com Iron Maiden, Metallica e Rush. Tem como hobby quase profissional, a música. Além de produzir shows e eventos, trabalhou por 5 anos em loja especializada em Heavy Metal, e já escreveu para alguns sites e revistas de música. Hoje escuta de tudo um pouco, e cada vez mais descobre que existem apenas dois tipos de música: a boa e a ruim, independente do estilo. Bandas e artistas favoritos: Dave Matthews Band, Peter Gabriel, Rush, Iron Maiden, Led Zeppelin, Ben Harper, Radiohead, System of a Down... e a lista continua…

Mais informações sobre Rodrigo Simas

Mais matérias de Rodrigo Simas no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online