Resenha - Algo Para os Momentos Difíceis - Astoria

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Carnovale
Enviar Correções  

8


Os paulistas do Astoria começaram sua trajetória em 2002, quando se juntaram para tocar um punk rock descolado e divertido. Inicialmente a banda se chamava Arsenal, mas por problemas de direitos autorais acabaram adotando este que é o nome de uma tradicional casa de shows inglesa. Nada mal para uma banda. E cá entre nós, punk rock é sempre um estilo legal. Depois de figurarem em várias compilações de bandas independentes, passaram o ano de 2005 preparando este "full lenght", que agora nos é apresentado. E a banda não economizou no pacote, disponibilizando no próprio CD dois vídeos de suas músicas, uma ótima idéia.

Botando o CD prá rolar o que temos é um punk rock bem direto e bem produzido: "Dias Como Este" e "Aprender A Te Odiar" estão dentro do que podemos chamar de punk-pop. Já "Bolor" é mais rápida e direta, assim como "A Ciência Por Trás Do Fracasso" (que lembra em muito o Raimundos). A banda foge bem do que chamaríamos de emocore ao apresentar faixas mais pesadas e com essência punk como "Retilíneo Uniforme" e a faixa título.

publicidade

Ecos de Garotos Podres são ouvidos na ótima "Ninguém Alguém Como Você", enquanto que o Bad Religion influencia a boa "Quase Tentar". O lado mais pop aparece na suave "Fulana" e na acústica "Sem Sequer Olhar Para Trás".

Um CD de estréia bem acima da média e uma banda talentosa. Sabem exatamente o que funciona em seu som e isso permitirá que alcem vôos mais altos.

publicidade

Formação:
Léo – Vocais/Guitarras
Júlio – Bateria
Leandro – Baixo/Vocais

F Records – 2006 – NACIONAL

Site Oficial: http://www.astoriaonline.com.br




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Censura: 53 nomes que você não pode dizer em uma rádioCensura
53 nomes que você não pode dizer em uma rádio

Solos de guitarra: lista dos 50 melhores segundo a NMESolos de guitarra
Lista dos 50 melhores segundo a NME


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin