Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagem"Stranger Things" traz cena com "Master of Puppets", do Metallica

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemAndreas Kisser conta quais os dez álbuns que mudaram a sua vida

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemO álbum do The Who que Roger Daltrey achou "uma m*rda completa

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemAndreas Kisser explica por que o Sepultura mistura Metal com música brasileira

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"


Stamp

Resenha - Trial Of Tears - Final Tragedy

Por Thiago Sarkis
Em 04/11/99

Trial Of Tears (Final Tragedy)
Site Oficial - http://perso.wanadoo.fr/finaltragedy

Delphine Cochand (Vocais & Backing Vocals) --- Jean-Luc Millot (Guitarras, Teclados, Bateria, Baixo)

Com uma boa produção e um heavy metal progressivo com vocais femininos, "Trial Of Tears", vem para colocar o Final Tragedy no 'mercado' e mostrar o que a dupla francesa é capaz de fazer.

São quatro faixas, dando, no total, cerca de 21 minutos de um instrumental bom, com muitas variações, mas, também, de um vocal fraco, que atrapalha e MUITO, principalmente nas partes mais rápidas e pesadas das músicas. Traduzindo... o vocal prejudica em 3 das 4 faixas presentes, já que apenas a última, "The Wait", é mais lenta. Aliás, essa é a melhor música.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

As três primeiras canções, "On A Fall's Night", "Evil Game" e "Cold Sun, respectivamente, têm um bom instrumental, com boas harmonias e melodias, mas, com Delphine Cochand nos vocais, fica difícil. A moça é a autora de todas as letras, que, por sinal, são excelentes. Porém, poderia ficar só nisso mesmo, pois, como vocalista, ela é bem limitada.

Uma banda, que se insistir com essa formação, não vai muito a frente.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Garimpeiro das Galáxias: Beldades globais e sua paixão pelo rock


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis.